Um Anônimo enviou seu depoimento e dúvida para compartilhar conosco uma situação bem comum em homens que perderam seus casamentos e se viram forçados a voltar à vida sexual como solteiros e, em se tratando de frequentar motéis, isso pode ser um desestímulo total para que a noite com a gata tenha sucesso. Assim foi a mensagem dele (que está listada na coluna de mensagens aqui do blog): "...caramba muito bom o blog! Preciso compartilhar com vcs a minha preocupação, eu saí de um casamento frustado há pouco tempo e acabou, diríamos, contra a minha vontade. Desde a separação não consigo ter uma ereção decente. estou retomando a vida de solteiro agora porém estou me queimando com quase toda mulher que saio. Sempre odiei moteis, desde quando eu era casado, pois na minha cabeça passa milhões de pensamentos do tipo: de que tem funcionários do lugar espiando, de que ali é um lugar sujo, de que a mulher que estou levando já esteve ali com outro cara, enfim realmente não sou fã de motel. Gostei da ideia do Hotel, porém onde moro tem um bairro só de motéis com tipo uns 50 moteis e essa competitividade torna bem mais baratos quando comparado com os hoteis, queria saber se tem alguma técnica que eu poderia usar para tentar me sentir mais a vontade em moteis, e parar de brochar nesses lugares?". Em resposta, digo: Caro amigo, obrigado por compartilhar com sua experiência aqui no blog e posso dizê-lo com propriedade: bem vindo ao clube. Tive a mesma experiência, tanto no término do casamento, como na readaptação à vida social, e isso inclui a vida sexual também. Compactuo de alguns pensamentos seus sobre o quanto o motel é um lugar indigesto, mas eu consegui resolver esse problema escolhendo motéis elegantes. Motéis fuleiros eu nem passo perto, são brochantes. Escolha motéis pela internet, veja as fotos com detalhe e se possível faça uma reserva de pernoite. Use o motel como se fosse um hotel, com direito a levar mala de viagem contendo revistas da Playboy, preservativos de sua preferência, óleos de banho, jogos de brincadeiras sexuais como dados, cartas, raspadinhas, também um vinho com taças e frutas, canetinhas hidrocolor, doce de leite em saquinho plástico (daquele que tem que cortar a pontinha com o dente) e um vidro de óleo Jhonson. Para não soar estranho com a gata, prefira combinar com ela o que você quer levar - ainda que você já tenha tudo. É só para que ela não pense que você anda com o kit-motel a tiracolo. Ao tirar a mala do carro você já sentirá que estará se fazendo passar por hóspede, e não usuário de motel, pois a mala causa uma sensação de conforto no seu subconsciente. Pernoitar também causa a sensação confortável. Se quiser explicar para a parceira que você faz isso pois está voltando à vida de solteiro, já que se tornou recém-solteiro, e bla bla bla bla você foi orientado por sua terapeuta e tal. Geralmente a mulher se amarra nesse jeito politicamente correto de ser, mas é só para você criar uma situação. Então explore o lugar. Obviamente, procure um local com banheira e já coloque-a para encher com água quente até a metade. Enquanto ela enche só com água quente (procure dosar com um pouco de água fria para não ficar pelando, mas não deixe tão temperada, pois você não usará a banheira neste primeiro momento. Coloque as colônias na água e deixe curtir). Não tire as roupas, sente-se na cama com ela, converse coisas em comum, naturais entre pessoas normais e de repente solte um famoso: "...nossa, como você é cheirosa", e dá uns beijinhos até virar beijão e ambos deitarem na cama. Depois de ter praticamente deixado a moça seminua e você estar num tesão por ela, se contenha, vista-a. Isso a deixará curiosa e tentando sacar sua segurança. Mulheres até gostam de caras seguros demais. Vá até a mala e tire algumas coisas como o vinho, as taças, as revistas, os joguinhos, o óleo e vá colocando sobre a cama. Vá na banheira ver se a água está na metade e desligue a torneira. Dá uns beijos na gata com direito a mamadinhas e sarrinhos só para deixá-la ansiosa. Abra o vinho, sirva às taças, brinde e dê um gole. Se ela quiser virar a taça deixe-a que vire, e reponha com mais vinho. Prefira vinhos doces, mas de boa qualidade como o Liebfrawmilch branco suave ou o Black Tower, ainda que seja uma garrafa menor. Comece o jogo de raspadinha, depois peça para ela jogar os dados e deixe a alegria tomar conta. Isso fará você esquecer de seus T.O.Cs (rsrsrs brincadeirinha) e curtir o momento, sem a necessidade de partir para a transa - o que já é bem óbvio que acontecerá, então para que a pressa? As revistas são só para decorar o ambiente e serem empurradas para fora da cama na hora do pega. Isso também causa um conforto à sua inteligência emocional. Se der tempo, pegue canetinhas hidrocolors e desenhe na pele dela, preferencialmente nos seios, na bunda, na virilha e tal. Sei lá, desenhe carneirinhos, a hello kitty, se vira. Mas não fique enrolando senão a gata dorme. Na virilha desenhe um sorvete de casquinha e brinque dizendo que o sorvete está derretendo e você precisa evitar e bla bla bla, passe a ponta da língua no grelinho e cause risadas na garota. Sorria também, justifique que é culpa do sorvete que está derretendo e você está acudindo, afinal quem manda ela ser tão quente e tal... Daí, meu caro, a noite é uma criança e você já perdeu o juízo faz tempo. Então é só aproveitar e dar os pegas iniciais. Geralmente a camisinha atrapalha essa volta ao Planeta dos Macacos, então se isso acontecer e você conhecer a moça um tanto quanto conheceria se tivesse sido recentemente apresentado à ela numa balada, molhe seu parceiro com o óleo se alisando até mantê-lo ereto e cai dentro. Até que esteja se sentindo confortável e confiante de que o sexo de recém-solteiro é a sua praia dê uma saidinha e encape-o voltando à festa já protegido e protegendo-a também. Depois vá para a banheira e dê banho nela. Tudo isso é um trabalho lento e sensual com a parceira, algo que você precisa sentir, pois é o mais próximo à um momento íntimo-conjugal, coisa que a sua mente precisará nesses começos de caminhada. Então é isso, tenha calma, frequente locais elegantes ou pelo menos bem apresentáveis, leve sua mala e seu kit-terapêutico, e seja muito feliz. Depois do gozo (dela primeiro, portanto se vira) e depois o seu, relaxem e durmam sem pressa, afinal estão pernoitando e dormir também faz parte de um momento bom com alguém. É isso, boa sorte! Qualquer coisa volte e nos conte como estarão sendo suas experiências. Sucesso!

Publicado por Rodrih às 06:47 | Link do post
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Faz sentido...
É incrível, mas vc "desenhou" a imagem dele. Ele é...
Cuidado com a autossabotagem. A mente humana é cra...
Olá! Sou separada e ultimamente tenho pensado muit...
Fiquei mega curiosa sobre esses métodos não conven...
OI DIGOOBRGADA TBEMNAO VOU FALAR MTO MAS OBRIGADA ...
Oiiiii Rodrigo! Qto tempo moço! Lembras de mim? So...
eu tambem faco em casa nunca fui em academia come...
Com misógino não tem que entender o que se passa o...
Pelo jeito de escrever deduzo que seja uma mulher,...
Não sei o que dizer, Michele, mas agradeço sua obs...
Estou buscando compreender meu pai, e vejo a vida ...
Tenho acompanhado seu blog e acho você é um cara m...
Sabe de uma coisa, eu fiquei imaginando você e por...
Acho q casei com um misogino ? O problema q moro f...
Olá Quésia, obrigado por deixar seu comentário e c...
Olá Daniela, obrigado por participar com sua opini...
Muito interessante, obrigada por compartilhar!
Quanto mais você ajuda e tenta mostrar o caminho, ...
Danielly, bem vinda e obrigado por visitar o blog!...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
27
28
29
30
31
SAPO Blogs