Conversando com uma amiga advogada que admiro e gosto, num pequeno "oi" no whatsapp recebi uma avalanche de opiniões, que sinceramente gostei muito e compartilho aqui no meu blog estendendo meu apoio nos pensamentos dessa inquietante pessoa.

Todos os direitos reservados. Permissão concedida.

Fico indignada com esse país. É uma hipocrisia achar que a solução do jovem meliante está na educação (entre os jovens de bem) e que reduzir a maioridade para 16 anos é contribuir para o aumento da criminalidade. O aumento da criminalidade vai ocorrer de qualquer forma, ante a impunidade de todo ato realizado de forma consciente pelo jovem. A nossa solução está na educação, porém deixar do jeito que está não vai contribuir para a diminuição do crime. Esse tipo de jovem não quer trabalhar e acredita que tudo pode - independente do respeito ao próximo, fazer para conseguir o que quer, para satisfazer qualquer tipo de desejo. A redução da maioridade penal não é a solução, mas a não redução também não é. Os presídios estão cheios de gente desocupada e se for essa a preocupação que se construam novos presídios. Ressocializar o menor infrator não depende da vontade do estado ou de terceiros, depende acima de tudo do menor e muitos não querem sair dessa vida de ganhos fáceis. Muito se diz sobre o perdão para que não seja aprovada a lei, mas será essa a solução? Claro que não, pois só há mudança se você buscar a mudança. Esse tema foi meu tema de especialização e quando comecei a escrever eu defendia a redução e ao estudar vários posicionamentos vi que não era isso devido ao sistema carcerário. Se passaram seis anos e nada mudou, seja sistema carcerário ou redução da criminalidade. Por isso hoje defendo a redução da maioridade, pois se queremos um país diferente temos que ter leis diferentes, tendo em vista que não houve mudanças benéficas e não haverá se não tivermos novas atitudes. Outra coisa também, muito questiono a mania que o brasileiro tem de elogiar outro país só nas coisas que lhes são favoráveis ao "marketing do momento", mas se analisassem de fato como é aplicada a lei em determinados países verificariam que a idade para a punição em muitos países e bem inferior a 16 anos e que o crime é realmente punido - sem recursos, como os tantos que há no Brasil. 

...Eu tô bem. Escutando os deputados falando tanta besteira.

Nossa fico vendo o povo apoiar com felicidade a não aprovação da PEC, achando lindo dizer não à redução. O nosso país é "não" pra tanta coisa. Tudo é o jeitinho brasileiro de ser. Não tem nada mais pra fazerem. Agora querem implantar igualdade de gênero. Isso não existe! 

- Qual sua opinião de fato?

...Minha opinião é redução para 12 anos.  Dezesseis ja foi há muitos anos. Punição através de prisão com trabalho na enxada. Escola no presídio. Obrigatoriedade de estudo. Punição através de prisão com trabalho na enxada. Escola no presídio. Obrigatoriedade de estudo.

- Tô com você nesse pensamento.

...Leitura obrigatória. Você acha que algum jovem que pensa na criminalidade quer estudar? Povo tá delirando! Achar que eles vão querer trabalhar pra ganhar nada, sendo que ganhar dinheiro com a droga é fácil. Roubar é fácil. Matar e estuprar também. A pessoa que quer vida fácil não vai querer estudar. Se não teve condições deve sim dar oportunidade. Mas tem que ser preso. E não é preso pra dormir e comer com nosso dinheiro. Mas preso pra levantar cedo ir pra escola do próprio presídio obter nota. Trabalhar em serviços braçais e assim ter direito ao sol. Eu acredito que passar a mão na cabeça de jovem - que é o que se tem feito está fazendo eles terem autonomia sobre os pais. Porque o Conselho Tutelar lhes dão essa autonomia. O filho tem que ir pra escola concordo. Mas se quer ser vagabundo tem que responder pelos seus atos para não achar que tem direito sobre tudo. Você vê o brasileiro apoiando os EUA só no que convém. Exemplo: casamento gay. E por que não imitam também na punição que é dada aos criminosos de lá? Fazem tanto alvoroço pela opção sexual do indivíduo, que isso é um problema para eles, mas não querem ser cópia de um país rígido e com leis? Então que adotem tudo! Esse Brasil tá ridículo. Mas eu moro nele e vou ser feliz nele. Entretanto, as pessoas têm que começar a enxergar que para as coisas funcionarem tem que haver mudanças radicais. Acho não, tenho certeza que os direitos humanos não é pra pessoas que trabalham. Palhaçada ler uma matéria onde se diz que após a PEC não ser aprovada tinha um monte de jovens lá fora aprovando (comemorando). Lógico! É porque eles não querem perder a liberdade de fazer o que sempre fazem. São os jovens olhando para o umbigo deles e com medo de se virem a cometer crimes serem responsabilizados e punidos. Ser pobre, sem condição financeira não é requisito para a pessoa não ser nada na vida. Conheço muitos que venceram assim. Claro que o meio influencia, a cultura e etc, mas a pessoa sempre pode ser melhor. É uma questão de opção de vida e não um destino imutável. Vou parando por aqui, que daqui a pouco começo outro tema que me deixa também furiosa, "p" da vida que é a cota para negros. Absurdo também. Cota é para quem não tem condições financeiras. Cor não é requisito de menos favorecido. A escravidão ja foi abolida a anos-luz e não justifica tal discriminação, até mesmo com a incapacidade de cada um. Nossa se eu fosse política te levaria pra trabalhar comigo.

- Deus não dá asa às cobras...

Publicado por Rodrih às 02:38 | Link do post
Em outros paises como EUA ninguém brinca com a lei?....
Anônimo(a) a 2 de Julho de 2015 às 13:03
Uma das coisas que mais me indignam é um comentário vindo de alguém que assina como "anônimo", e ainda faz perguntas sem nexo. Mas, muito embora isso me chateie, não deixarei de responder quem quer que seja, ainda que seja um anônimo. Veja bem, em que parte do texto você está dizendo o que você apontou? Ou eu não entendi o que você perguntou ou você não fez a pergunta mais adequada. Se quiser pontuar mais sobre sua indagação seria ótimo.
Rodrih a 3 de Julho de 2015 às 08:30
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Faz sentido...
É incrível, mas vc "desenhou" a imagem dele. Ele é...
Cuidado com a autossabotagem. A mente humana é cra...
Olá! Sou separada e ultimamente tenho pensado muit...
Fiquei mega curiosa sobre esses métodos não conven...
OI DIGOOBRGADA TBEMNAO VOU FALAR MTO MAS OBRIGADA ...
Oiiiii Rodrigo! Qto tempo moço! Lembras de mim? So...
eu tambem faco em casa nunca fui em academia come...
Com misógino não tem que entender o que se passa o...
Pelo jeito de escrever deduzo que seja uma mulher,...
Não sei o que dizer, Michele, mas agradeço sua obs...
Estou buscando compreender meu pai, e vejo a vida ...
Tenho acompanhado seu blog e acho você é um cara m...
Sabe de uma coisa, eu fiquei imaginando você e por...
Acho q casei com um misogino ? O problema q moro f...
Olá Quésia, obrigado por deixar seu comentário e c...
Olá Daniela, obrigado por participar com sua opini...
Muito interessante, obrigada por compartilhar!
Quanto mais você ajuda e tenta mostrar o caminho, ...
Danielly, bem vinda e obrigado por visitar o blog!...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
29
31
SAPO Blogs