Resultado de imagem para feio x bonito

Vejo muitas pessoas dizerem sobre o quanto se sentem sozinhas. Constantemente tem alguém murmurando que vive em solidão a anos, triste, isolado, desmotivado. Uns buscam nas drogas ou nas bebidas alcoólicas o entorpecimento de seus cérebros, a fim de que parem de enxergar suas mazelas pessoais, porque dói demais ser seu próprio inimigo e não ter coragem de sair de sua zona de conforto para mudar esse cenário. Eu mesmo tenho feito isso comigo por longos anos. Eu mesmo menti pra mim. O ruim disso é que não bebo nem me drogo, então minha mente metralha meu ego e me põe espelhos por todo lado que eu me vire. Prefiro assim, jamais usei artifícios para minha mente viajar e eu fugir dos impactos de minhas escolhas ruins, porque a pessoa viaja com entorpecentes e bebidas alcoólicas, mas num momento adiante volta à realidade - que sempre esteve lá - e muitas vezes encontra o cenário pior do que deixou a poucas horas antes. Eu tenho o conceito de que estamos vivendo num mundo de propaganda, aliás, sempre vivemos este conceito, desde a mitologia grega, o tempo todo nos salta aos olhos essa verdade. Ninguém compra nem ideia nem um par de sapatos num lugar feio, com alguém feio, tampouco um sapato feio. Tudo precisa estar agradável aos olhos primeiro. Nos primórdios da fé, penso que João Batista seria um homem que andava esculhambado, pois seus valores não eram materiais, e sim espirituais. Mas hoje não se vê homens da fé aos moldes desse João, que anunciou a vinda de Cristo. A beleza é vendida em tudo, nos animais, na fachada da casa, na roupa que se veste, no penteado do cabelo, na maquiagem, no cargo num trabalho, em tudo se busca a beleza, até no alimento que se põe no prato. E não penso que seja errado, pois é o rumo que a humanidade sempre seguiu: a aparência. A natureza se perpetua dessa forma, os animais chamam atenção pela beleza que possuem, as flores, tudo o que há tem seu ajuste de beleza. Estamos em busca do que é belo pra gente, mas dizemos que nos aceitem como somos. A vida não permite esse tipo de desajuste. Ainda que se aceite o feio, algo de atraente e belo tem em sua aparência. Vê-se em rostos feios, e corpos bonitos, e vice-versa. Sempre terá alguma singela beleza latente ou discreta na parte aceita. Geralmente, as pessoas que levantam a bandeira do conceito de que elas devem ser aceitas como são, porque se não for assim o sentimento não é verdadeiro é, com certeza, um blefe dos menos honrosos possíveis que usam, como um jogo de cartas, blefam mentindo sobre si mesmas e querem que acreditem nisso. Pessoas que fazem uso dessa justificativa são aquelas que se dizem não ser interesseiras e nem exigentes, mas esquecem de que deveriam ser, antes de qualquer coisa, interesseiras e exigentes com elas mesmas. Pessoas seletivas se dividem em duas características: as que sabem porque selecionam e as que não fazem ideia que estão se autossabotando. As que sabem porque selecionam são aquelas que exigem de si para dar o seu melhor e querem, por direito de conquista, o melhor para si também. Uma troca justa: "-Eu exijo de mim por interesse de ser aparentemente melhor e atraente, e é justo que quem me quiser terá que ser exigente e interesseiro consigo mesmo". Já as que não fazem ideia do porquê são seletivas, são as que se autossabotam com o conceito: "-Eu exijo que aquela pessoa bonita goste de mim como sou, porque se não for assim não será com sentimento verdadeiro", então vivem se alimentando de uma ilusão, uma incoerência. Não exigem de si e nem têm interesse de arrancar de suas entranhas preguiçosas a força que precisam para sair da zona de conforto. Preferem se vitimar, sentir pena de si mesmas e ficar alí, estacionadas enquanto o mundo evolui e se desenvolve freneticamente. O tempo passa, os anos passam, e aquelas pessoas que sustetam o conceito autossabotador de serem aceitas como são continuam como sempre estiveram: sozinhas, frustradas, conformadas e amarguradas. Não conseguiram abrir mão da autopiedade e tampouco se deram conta de que precisam mudar o velho e nocivo conceito. Há quem transfira seu esforço de beleza pessoal nas cifras de seu patrimônio, acreditando que se há quem queira comprar, há quem queira se vender. São duas partes inimigas de si mesmas, mas conformadas de suas mediocridades. Eu mesmo sou um desses que está cansado de insistir no erro de buscar o belo sem dar em troca o belo em mim. É por isso que escrevo essa reflexão, porque sinto enorme necessidade de exigir da outra parte o melhor dela, pois terei dado o melhor de mim, ainda que isso custasse um sacrificante e doído recomeço, porque sair da zona de conforto, antes de tudo, dói. Dói primeiramente no orgulho, no pensamento de que era uma coisa que deveria ter sido feita há anos. Depois dói, e dói muito mesmo, o corpo, os ossos, a pele. Mas não existe mudança sem dor. Mudar de casa dói ter que dessarrumar e arrumar novamente toda bagunha. Até para o dente nascer a criança sente dor. A mudança precisa doer, e por isso se torna uma pessoa interesseira de si mesma, por querer buscar o melhor de si, e exigente com quem se coloca para conquistar a pessoa de seu interesse. É isso, quem quiser começar a mudar, que faça agora, ou resmungue para sempre.

Publicado por Rodrih às 03:18 | Link do post
Oi Rodrigo! Tudo bem?
Isso que vc descreveu aconteceu muito na minha adolescência. Eu só queria namorados lindos, desprezando os que gostavam de mim verdadeiramente. Foi um período de tanto sofrimento pois eu conheci pessoas lindas por fora e horríveis por dentro. Então eu passei muito tempo sozinha, não queria me relacionar com ninguém. Nesse período eu passei a me olhar mais, me sentia tão feia e não merecedora de amor e nada de bom. Depois de aprender a cuidar de mim, me olhar com carinho e amor próprio as coisas mudaram. Terapia me ajudou muito. Me olhei no espelho e procurei o que havia de bonito em mim e passei a valorizar minhas qualidades e cuidar daquilo que eu não achava legal. Depois disso tudo mudou. Passei a atrair as pessoas mais bonitas e os amigos mais legais. Tudo é uma questão de energia. Você atrai pessoas semelhantes para sua vida... e partir daí aquele que para outras era feio, ou não tão bonito, parecia belo para mim. Aprendi que ninguém é totalmente bonito e nem totalmente feio. Pessoas que ainda vivem a perseguir uma beleza ilusória sofrem muito. Eu acho melhor me relacionar com alguém nem tão bonito, pois beleza não dura para sempre, mas que venha a acrescentar coisas boas em minha vida do que um bonito burro ou um bonito vulgar. Além disso tem muito cara lindo por aí que são péssimos na cama. Muito cara rico e "feio" que está a procurar a mulher "bibelô" ou a mulher "troféu" e esquece de procurar a mulher companheira, aquele vai ajudá-lo a subir mais na vida. Acabam casando com alguém que está com ele somente pela grana. Tudo é uma questão de energia pois é muito difícil se relacionar com alguém que não tem autoestima. Amor próprio é fundamental.
Drika a 19 de Março de 2017 às 21:08
Oi Drika, bem vinda de volta e novamente ao blog de todos nós! Obrigado pelo carinho (e paciência hehe) de ler o que escrevo. São textos só para os fortes, creio. rsrs... Fiquei estupefato com seu depoimento, não porque me foi incomum, mas porque me vi no espelho do seu espelho. Fiz o mesmo no derradeiro casamento e amarguei anos de angustiante decepção, muito embora o casório tenha durado menos de dois anos, foi o suficiente para arrebentar minha vida de ponta a ponta, com toda riqueza de crueldade possível e imaginável. E seu depoimento (sim, porque está longe de ser um comentário, ainda bem) caiu sobre mim como um elefante sentando sobre uma formiga. Sou tão grato ao que escreveu, que você nem imagina. No mais, suas observações sobre ter muitos homens que deixam a desejar ou que buscam sustentar um status de conquista (o que me identifiquei também nessa relação que já nasceu apodrecida) é a pura verdade. Muito embora eu ame a beleza na mulher, com seu comentário vou continuar amando, só que com o tempero de suas palavras. 
Rodrih a 20 de Março de 2017 às 22:48
Oi Rodriguinho! Fica assim não, migo! A gente está na terra pra ser feliz! A vida passa muito rápido, tem que aproveitar e amar! Mete os peito! Assim que carioca fala... 😄
Então, aquele comentário do tipo de homem rico que só procura a mulher troféu, é isso mesmo! O cara acha que só porque tem dinheiro e status, tem o direito de usufruir ou comprar a beleza de outra pessoa. Então seu interesse (tão mesquinho e vulgar) acaba atraindo uma mulher bonita, mesquinha e vulgar. Se vc parar para pensar, esse é um jogo de interesses onde não há vítima nem vilão. Os dois são culpados. Pois os dois foram movidos por interesses.
E quando eu penso no tempo que eu me fechei para o mundo, lembro que um monte de gatinho me deu mole mas eu não percebi pois me achava feia, e não merecedora. Mas na verdade eu nunca fui verdadeiramente feia, isso era a maneira que eu me via. Depois que eu passei a ver a verdade, e me cuidar um pouco mais 😉, as coisas melhoraram muito! Hoje eu não saio de casa sem batom ou sem perfume! Vai que a alma gêmea passa e me acha esculhambada (risos). Faço unha e cabelo todo final de semana (risos).
Então, vamos acreditar na parada? Sei o que estou falando 😄. Cuide da sua energia pois é tudo o que temos e faz com o que queremos seja atraído ou repelido.
Uma boa semana para vc 😘
Drika
Drika a 20 de Março de 2017 às 23:19
Tirando a curiosidade despertada depois de "Faço unha e cabelo todo final de semana (risos)", suas observações tem muito fundamento. Meter os peito é uma boa ideia! Deste seu comentário vou tirar um texto dizendo a respeito do que disse sobre "O cara acha que só porque tem dinheiro e status,(...)" e "Vai que a alma gêmea passa e me acha esculhambada (risos)". Aguarde e acredito que achará interessante. Pelo Rodriguinho com meus 1,93m... obrigado! rsrs
Rodrih a 21 de Março de 2017 às 11:44
Você está nos Estados Unidos, que top! Pois tá, se quiser contatar pelo mail vai ser top, já que o blog rodou com sapo e tudo rsrs 
Rodrih a 21 de Março de 2017 às 13:50
Então tá, Rodrigão... dá uma licencinha aqui porque agora o nome deste blog mudou! Agora isso aqui é o blog da Drika. O sapo deu mole e rodou! Perdeu, perdeu, sapão!

PS. 1: Pela minha marra dá pra perceber que eu sou carioca, né? 😄 Mas estou radicada nos Estados Unidos. Depois te conto minha trajetória de vida.

PS.2: o que mais é "ao" em você além dos seus 1,93 metros? Que loucura, hein? Nossa... "que iss"

Beijo 😘
Drika a 21 de Março de 2017 às 13:01
Top é a direção certa, um lugar que eu gosto. Aqui um artigo:

https://belezaaos50.blogspot.com/2015/11/semelhante-atrai-semelhante.html?m=1
Drika a 25 de Março de 2017 às 22:51
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Faz sentido...
É incrível, mas vc "desenhou" a imagem dele. Ele é...
Cuidado com a autossabotagem. A mente humana é cra...
Olá! Sou separada e ultimamente tenho pensado muit...
Fiquei mega curiosa sobre esses métodos não conven...
OI DIGOOBRGADA TBEMNAO VOU FALAR MTO MAS OBRIGADA ...
Oiiiii Rodrigo! Qto tempo moço! Lembras de mim? So...
eu tambem faco em casa nunca fui em academia come...
Com misógino não tem que entender o que se passa o...
Pelo jeito de escrever deduzo que seja uma mulher,...
Não sei o que dizer, Michele, mas agradeço sua obs...
Estou buscando compreender meu pai, e vejo a vida ...
Tenho acompanhado seu blog e acho você é um cara m...
Sabe de uma coisa, eu fiquei imaginando você e por...
Acho q casei com um misogino ? O problema q moro f...
Olá Quésia, obrigado por deixar seu comentário e c...
Olá Daniela, obrigado por participar com sua opini...
Muito interessante, obrigada por compartilhar!
Quanto mais você ajuda e tenta mostrar o caminho, ...
Danielly, bem vinda e obrigado por visitar o blog!...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Março 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
24
25
26
27
28
31
SAPO Blogs