Oi Rodrigo, bom dia!?? Sou Tábata de Alencar, estou a morar em Gaia - Portugal e meus pais são brasileiros. Sou portuguesa mas aprendi a falar mais o português brasileiro do que de portugal. Estou com 26 anos e a desenvolver a profissão de nutricionista. Estou a navegar assiduamente pelo teu sítio e sempre quis saber sobre uma coisa, mas tu nunca te pronunciaste a respeito directamente. Se tu puderes reflectir sobre o que se pode estar a fazer enquanto não se encontra a pessoa exacta que valha a pena amar desmedidamente. Ficarei demasiadamente grata.

Respondendo à Tábata em: 29/09/2015

Tábata, obrigado pelo comentário e mensagem carinhosos de sua parte. Vou tentar esboçar aqui os meus pensamentos, tirando um pouco de minhas experiências estritamente pessoais, que tanto posso estar vivendo isso atualmente ou não, isso ficará sob icógnita para que você possa tirar suas conclusões por si mesma, ok?!

Enquanto o amor não vem se apaixone por si mesma, pelos seus vazios, seus incompletos e seus defeitos. Crie manias de organização, higiene e cuidados pessoais, mas cuidado para não desenvolver o TOC. Pense alto, converse consigo, ria à toa sem medo de estar rindo sozinha. Dê gargalhadas, mesmo que se envergonhe de estar pagando mico, fodam-se os sagûis, leões-dourados, estrela e todos os demais micos. Se purifique se tornando mais maliciosa, beije na boca, use a boca para experimentar novidades, deguste, morda, exercite a boca, os ouvidos também. Ouça músicas, a internet permite que você copie músicas diretamente no pendrive, então faça seu álbum de músicas preferidas, e ouça, sem pressa. Aprenda a ouvir mais o silêncio, do que as músicas, dos que as pessoas, os barulhos que você faz, e descubra o quanto de zoada existe dentro do silêncio. Assista TV com o "mudo" ligado, só cenas, ou experimente assistir a TV desligada, não tenha receio de parecer maluca, experimente. Ande de bicicleta, patins ou patinete, sei lá, tênis com molas, faça amizades novas, vá à biblioteca saborear um bom livro. Não o leve para casa, deixe-o lá para poder voltar e criar o hábito de estar lá sempre. Vá ao cinema sozinha, se ficarem te olhando ria discretamente deles, certamente estão invejando sua independência e capacidade de ser sua melhor companhia. Compre peças íntimas ousadas, use-as para você mesma. Busque algo "porra-louca" pra fazer, uma descida pelo paredão de um precípício com uma equipe de alpinistas, descer correntezas num bote inflável, se dê a chance de se arrepender de estar em cada lugar desses, quando estiver lá. Trabalhe, mude de emprego, invente algo para ganhar um trocado a mais, quem sabe é seu feeling e você nem sabia?! Reaprenda a se alimentar corretamente, detox, própolis, saladas sem temperos cremosos, só limão e sal, às vezes sem nada, para sentir o sabor real das plantas. Compre livros em sebos, muitos daqueles de 1 real e leve-os consigo em parques, metrô, parada de ônibus e os deixe lá com um recadinho especial bem seu, que quem o encontrar por favor leia e devolva onde achou, coisas assim. Seja voluntária de alguma coisa, sei lá, tem tanta gente que precisa da gente! Vá em igreja e templos, sei lá, tem tantos, vá para apreciar as diferenças, as desigualdades da busca de fé, e perceberá que todos buscam o mesmo Deus, falam do mesmo amor, aclamam o perdão e a caridade, cantam e se alegram com a mesma espiritualidade. Enquanto o amor não vem, ame-se, perdoe-se, tolere-se, esqueça-se, ignore-se, faça as pazes consigo, louve-se, venere-se, seja simplesmente simples com você mesma. Selecione suas amizades, delete aqueles que nada trazem de felicidade para você, mas se esses deletados te procurarem, abra espaço para entrarem de volta, acolha-os e considere a possibilidade de ter se equivocado a seu respeito, e aproveite para aprender mais com cada pessoa que te procura. Não se arrisque em roubadas, não invente manobras que ninguém ousa fazer, não se drogue, não entre no universo dos entorpecentes, não se machuque por fora, nem por dentro, nem mais dentro ainda na mente. Não fique viciada em bebidas alcóolicas, nem a balada atrás de balada (isso estraga a pele, envelhece o rosto principalmente), beba menos café e prefira mais sucos ou frutas. Não compre confusão, onde estiver uma se afaste, você só tem uma vida. Evite contar tudo de si para não ser refém de pessoas mau intencionadas, oportunistas e dissimuladas. Goste dos animais, mas não saia catando bichos aqui e ali, apenas goste dos que estiverem a seu alcance e os que estiverem na rua a natureza cuida deles, não desperdice seu tempo querendo salvar o mundo, você não conseguirá e poderá não conseguir salvar a si mesma. Seja sexy, sensual, sensorial. Aprenda a seduzir com inteligência, ganhe experiências, mas não se exponha, tem gente que não merece e não sabe como administrar sua intimidade, tampouco sua privacidade. Faça poemas, poesias, viaje na maionese de suas indagações, há sites que você pode se cadastrar para mostrar seus talentos. Invente uma utilidades para potinhos de iogurte em sua casa, plante algumas sementes, veja a vida surgindo dali, irrigue, fotografe o nascimento das mudinhas, e as dê de presente para as pessoas de boa vontade. Faça um blog contando suas proezas, mas não vá na onda daquelas pessoas que falam asneiras no youtube, só para atrair "curtições" e ganhar dinheiro sendo estúpidas e idiotas, ou mesmo falando asneiras regadas a muitos palavrões, são pessoas hipócritas e incultas, você não precisa imitá-las, não oferecem nada de bom, por mais engraçadas que se tornem. Alguém precisa ser ridículo, nem que ganhe pra isso, mas você procure ser sóbria, pois hoje é uma coisa, amanhã são as escolhas que você faz hoje. Ontem são as escolhas que você fez hoje, agora a pouco e serviram para alguma coisa. Estude, estude, estude, aproveite para estudar e conquistar títulos, pois seu futuro depende dos títulos que conseguir, vai por mim. E se, de repente, surgir alguém para entrar e bagunçar a sua vida, entenda que você não poderá abrir mão de suas conquistas, seus títulos e das oportunidades que vierem por causa deles, só para viver a paixão com a pessoa amada. Não vale a pena. Abra mão da paixão, e não se preocupe, a Vida enviará outra pessoa para tornar a sua vida mais bela, será uma questão de tempo e enquanto o amor não vem, vá até você e se ame mais.

Abraços,

Rodrigo Caldeira

 

Publicado por Rodrih às 19:24 | Link do post
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Rodrigo. Quero bem bem muitao! 
Ola..Aí vão algumas dicas...quando eu tinha 14 ano...
Oi Patrícia, obrigado por visitar o blog e compart...
Ando sendo devorada pelos meus mostros... preciso ...
Oi Ju, boa noite, vou procurar responder seus ques...
Obrigado Sarah! Gostaria que lesse os comentários,...
Olá Danielly, obrigado por vir ao blog se surpreen...
Caro Charles, obrigado por visitar o blog e compar...
Sr. Mário Malaquias, olá. Veja sobre a informação ...
Nossa, isso funciona mesmo, estou ate agora chocad...
- Bom Dia, Galera, me acabei de rir. Profundo a su...
Interessante
Amei, muito bom e muito bem explicado.
Aqui onde moro as pessoas dizem: "pick your battle...
Oi Juh, obrigado por acessar o blog e buscar nele ...
Boa noite! Estou estudando o comportamento humano ...
Infelizmente ainda tem gente para fazer isso e par...
Olá Gustavo, boa noite. Obrigado por comentar e co...
Estou estarrecida do tanto que estou fazendo tudo ...
Sr. Pedro Malaquias, eu havia postado a notícia so...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
30
blogs SAPO