“Solteiro não é um status. É uma descrição para uma pessoa forte o suficiente para viver e aproveitar a vida sem depender dos outros”

Existem muitos artigos, textos, posts sobre a coisa de ser solteiro, viver sozinho. No entanto são textos prolixos ou acadêmicos, até mesmo jornalísticos, que já dão canseira já no começo. A menos que esteja fazendo uma pesquisa a respeito do assunto, o tema que vou refletir aqui é meramente de opinião pessoal. Tenho muito mais amigas do que amigos homens, ainda que a maioria seja virtual e vivam em outros estados ou países, e tenho gostado de ter maioria feminina no meu leque de amizades, porque amizade com homem os assuntos são previsíveis, repetitivos, sem novidade alguma. Já com as mulheres sou bombardeado com assuntos de toda natureza, principalmente sexual - que gosto muito. Elas me fazem perguntas, que muitas vezes tenho que pedir um help a algum amigo ou amiga mais inteirado do assunto antes de responder. Gosto absolutamente DA mulher, como também gosto inegavelmente DE mulher, então nada melhor do que ter a mulher como o melhor núcleo referencial de amizade. Já homem... eu digo que homem que gosta de homem é jogador de futebol, algo que não serviria para mim, porque se a cada gol vem aquele monte de macho pular em mim e se esfregar comigo como um rolo compressor, cheio de suor, sal e cheiro de macho, não, não... seria terrível. Bom, enfim, e nos diálogos que tenho, geralmente as mulheres estão carentes e não querem ficar sozinhas, ou por medo, ou por não suportar a ideia de que estão a sós consigos. E isso é um mal sinal de tipo de pessoa para se relacionar. São mulheres que se tornam dependentes do outro, quase sufocantes, incapazes de viverem suas vidas deixando o outro viver a vida dele, ainda que juntos possam tocar a vida mais felizes e envolvidos. Não conseguir viver no silêncio de você é não saber quão é confortável ouvir-se de dentro pra fora, conhecer-se, observar-se. É ser seu carcereiro e não seu amigo, seu cobrador e não seu parceiro. É querer a validação de alguém, porque a sua não lhe serve nem para se banhar. É triste. É muito triste não saber curtir a vibe de estar sozinha. Ninguém poderia casar-se para não se sentir só, deveria se curtir só para depois casar-se. Ninguém deveria namorar sem antes namorar a si mesmo e no seu tempo sentir a evolução desse amor próprio. Eu não sou santo, sinto uma vontade imensa de estar com alguém por quem valha a pena abrir mão de todas as belezas da vida, mas por ser tão bom estar com essa pessoa ela simplesmente me permitiria ser eu e viver no meu silêncio, isto é, na minha privacidade também. A pessoa que aceita o desafio de viver consigo mesma em seu silêncio, não é aquela que estaria vivendo em solidão, mas saberia partilhar consigo o ser solitário, a pobreza de seu reflexo, porque não teria o outro para se refletir naquilo que sua metade não se completa. É estar em constante  aperfeiçoamento pessoal, recondicionamento físico e psicológico. E quando começar a sorrir de repente com a própria presença, então estará preparada para compartilhar com o outro a experiência de estar junto. Do contrário, lamento, nunca saberá o que é viver com alguém no melhor a receber pelo melhor a dar. Estará sempre no reflexo do outro, como dois cães amarrados pela coleira com a mesma corda, não terá decisões autênticas, nem nada criativo. Tudo será um esvaziar e preencher constante, que, quando se está só, a única pessoa que dá e recebe é você de si. E muito depois de você estar consigo no silêncio de você sentirá o poder de ser alguém para alguém ser pra você. É mágico, é único, é especial. Sim, volto a dizer, sinto minhas carências, mas com isso, ainda que com isso, eu desenvolvo a segurança pessoal de saber que não dependo de outra pessoa para ser feliz, e tampouco dependo dar tudo de mim para que ela seja feliz, porque a felicidade tem que ser somada para ser dividida, e isso só se consegue quando se consegue viver no silêncio de você!

Publicado por Rodrih às 00:02 | Link do post
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Rodrigo. Quero bem bem muitao! 
Ola..Aí vão algumas dicas...quando eu tinha 14 ano...
Oi Patrícia, obrigado por visitar o blog e compart...
Ando sendo devorada pelos meus mostros... preciso ...
Oi Ju, boa noite, vou procurar responder seus ques...
Obrigado Sarah! Gostaria que lesse os comentários,...
Olá Danielly, obrigado por vir ao blog se surpreen...
Caro Charles, obrigado por visitar o blog e compar...
Sr. Mário Malaquias, olá. Veja sobre a informação ...
Nossa, isso funciona mesmo, estou ate agora chocad...
- Bom Dia, Galera, me acabei de rir. Profundo a su...
Interessante
Amei, muito bom e muito bem explicado.
Aqui onde moro as pessoas dizem: "pick your battle...
Oi Juh, obrigado por acessar o blog e buscar nele ...
Boa noite! Estou estudando o comportamento humano ...
Infelizmente ainda tem gente para fazer isso e par...
Olá Gustavo, boa noite. Obrigado por comentar e co...
Estou estarrecida do tanto que estou fazendo tudo ...
Sr. Pedro Malaquias, eu havia postado a notícia so...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Dezembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
blogs SAPO