o poder da comunicação.png

Anedota da Experiência
- Por mim.

O poder da comunicação

Estava há pouco num elevador. Um breve "olá" e já dentro estavam duas pessoas que murmuraram um cumprimento asmático.

Fiquei entre a mulher e um rapaz. Apertei meu destino, 2º andar, no painel com destinos marcados para o 8º e 10º. Mal o caixote tomou impulso em sua majestosa lerdeza e um oxigênio abafado ali, falei: "Que calor absurdo é esse?!" olhando para o cidadão ao meu lado, mais receptivo que a mulher - que não tirava os olhos do piso do elevador. Eis que ele começou a dizer: "Muito, mas parece que vai chover amanhã até o dia 15", e a mulher ressuscita "-Sério?! Nossa, tomaaara...".

Chegamos ao 2º andar e a prosa entre os dois sobre o clima. Após um breve até logo, antes da porta se fechar, ouço: "Estava na dúvida, eu acho que conheço você!" disse a mulher ao sujeito. E fui embora, seguindo meu rumo, certo de que nada como quebrar o gelo dentro de um elevador, onde as pessoas o confundem com um caixão e agem como mortas.

Publicado por Rodrih às 15:46 | Link do post
Prezado Rodrigo, bom dia
O que pensar do homem misógino em relação ao número de assassinato de mulheres (feminicídio)? O que você poderia refletir, segundo suas observações? Obrigada.
Fernanda Caetano a 25 de Janeiro de 2019 às 06:37
 
Olá, Rodrigo! 
Com tantos fatos envolvendo pessoas (homens e mulheres) em misoginia, procurei algo a respeito, buscando conhecer melhor o termo misoginia. Para mim, uma coisa leva à outra (misoginia pode levar ao feminicídio). Achei muito pertinente seu texto; obrigada e parabéns!
Izabel S. da Rocha a 9 de Janeiro de 2019 às 16:04
 

Olá Fernanda, olá Izabel,
Tomei a liberdade de expor em forma de post a reflexão de vocês e refletir sobre o assunto, já que houve duas questões semelhantes para o mesmo conteúdo. Izabel, me desculpe por não responder a tempo. Creio que feminicídio não esteja concatenado à misoginia, muito embora sejam agressões à mulher. Seria como dizer que homicídio tenha relação à misandria, que é o mesmo sentimento e tratamento misógino, só que, neste caso, é da mulher contra o homem, ou mulheres que odeiam homens. A misoginia é o assassinato lento e gradual do psicológico feminino, no qual a mulher não morre de morte matada, mas morre aos poucos por dentro, perdendo as forças, a boa autoestima, a fé em si mesma, a coragem de enfrentar e a energia de se preservar. Ela vai definhando e aceitando a condição de enfraquecimento. Enquanto os homens doentios, com algum grau patológico em seu psicológico adulto provindo de traumas de infância, geralmente familiares, no qual sua representação masculina no universo feminino se torna uma ameaça de competitividade, em que este mina a resistência da mulher em sua vida, o homem que comete o assassinato da mulher tem um grau patológico psicopático, em que seu psicológico adulto provindo de traumas vividos ou mesmo pelo próprio distúrbio neural (físico) comete o crime ceifando literalmente a vida da mulher. Não consigo juntar as duas coisas, apesar que ambas provem de uma patologia psicológica e agem agressiva e friamente contra a mulher. Ao doente misógino a denúncia por assédio moral, que é o crime cometido por esse tipo de cretino, porém, ao doente assassino o melhor seria sua própria morte como sentença justa, mas por hora sua prisão que, se perpétua pudesse, seria ótimo, mas não podendo, serve sua prisão máxima. Ao misógino o afastamento, a denúncia, as medidas protetivas policiais, o processo judicial, o enfrentamento e seu enfraquecimento social, já que, geralmente, o misógino é covarde, um espécime desprezível, um farsante que se diverte fingindo ser forte e valente, mas é um estelionatário do sentimento alheio. Na maioria das vezes, o misógino só age quando está socialmente acima do status de sua companheira, isto é, quando ele tem maiores condições financeiras do que ela. E se ela for muito bonita e atraente, quiçá mais inteligente ou se sua casta familiar tiver status maior, então os atos de vandalismo moral familiar deste patife serão postos em prática, afim de garantir seu domínio territorial sobre sua mulher apenas, torando-a refém do medo de perdê-lo ou do pavor de reagir e ficar sozinha no mundo - como se o traste significasse alguma coisa que prestasse. Mas há mulheres que têm uma queda por cretinos e se lançam na aventura de viver essa experiência, como a síndrome da "Chapeuzinho Vermelho" que, mesmo sabendo existir um lobo faminto na floresta, ela parte indefesa a seu encontro, destemida e vulnerável, sem esboçar preocupação de se proteger, simplesmente porque o sentimento pelo medo é mais atraente do que o conforto da segurança. E nesse caso temos a vovó, que é outra desocupada aventureira, que vive sozinha, distante da comunidade, no meio da floresta arriscando ser devorada pelo lobo. Assim existem mulheres desmioladas, desocupadas e imprudentes, que percebem o buraco em que estão se enfiando, mas se acomodam sem chutar o pau da barraca, ainda nos primeiros manifestos de misoginia, porque é mais confortável para essas sem-futuro bancarem as coitadas. Se para cada pé existe o seu sapato, para a mulher acomodada há um misógino pronto para ceifá-la a alegria de viver.

Publicado por Rodrih às 05:09 | Link do post

Há exatos 10 anos minha vida havia sido estraçalhada, foram 10 anos carregando e suportando um fardo muito pesado e extremamente cansativo. Coincidentemente, no mesmo dia que, há dez anos, parei de sorrir por amor, entrou em minha vida uma pequena criatura que tem trazido um descanso desse peso inconcebível.  No dia 18 de dezembro de 2008 minha vida parou como um reboque pára abruptamente. No dia 18 de dezembro de 2018 minha vida recomeça o tic-tac de um velho e cansado relógio,  só que dessa vez com um estímulo diferente, porém positivo. Há 10 anos sem ninguém por companhia, matando monstros e criaturas perversas nos sonhos, chegou-me uma fada chamada Leka, para me reinventar e me fazer compreender que a redenção começou, ainda que tardiamente, que saberá?! Como.entender essa coincidência,  eu ainda não sei, mas veio em boa hora. 

Screenshot_20181223-060735_WhatsApp.jpg

 

Publicado por Rodrih às 07:54 | Link do post

Resultado de imagem para pensador rompimentos

Publicado por Rodrih às 02:41 | Link do post
 
 
Não foi o sítio nem o triplex, tampouco a Petrobras ou BNDES.

Primeiro o PT jogou mulheres contra homens, acusando-os de machistas e misóginos, e os dividiu em dois grupos. Depois foram negros contra brancos, acusando-os de racistas e preconceituosos e viraram quatro. Pobres contra ricos, acusando-os de elitistas e conservadores e a divisão foi a oito grupos. Homo contra héteros, acusando-os de homofóbicos e covardes, e viraram dezesseis. Após foram os filhos contra os pais e os empregados contra os patrões sucessivamente.

Aí ficou fácil dominar, pois ninguém já se entendia com mais ninguém, e a motivação para essa ação deliberada e criminosa se apresentava com aparente Inocência pelo nome de "politicamente correto". Agora para retornarmos a ser um povo unido vai levar gerações.

O prejuízo é incalculável. Esse foi sem sombra de dúvidas o mais grave dos crimes cometidos por Lula.

(ADERBAL NEVES CALMETO 23.11.18 16h)

E de onde LULA E TODA A ESQUERDA NO BRASIL aprendeu a dividir os brasileiros tão sorrateiramente?

Aqui:

OS DEZ MANDAMENTOS DO COMUNISMO DECÁLOGO DE LÊNIN

Em 1913, Lênin escreveu o “Decálogo” que apresentava ações táticas para a tomada do Poder

1.Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual

2.Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação de massa;

3.Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais

4.Fale sempre sobre Democracia e em Estado de Direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo;

5.Colabore para o esbanjamento do dinheiro público;

6.Coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no exterior e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação;

7.Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País;

8.Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam;

9.Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes. Nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos devem acusar os não-comunistas, obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for de interesse da causa socialista;

10.Procure catalogar todos aqueles que possuam armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa…

Poster da campanha soviética de desarmamento, 1918

Publicado por Rodrih às 08:25 | Link do post

Resultado de imagem para flash mobConsidere:
"Houve um encontro de sociólogos, antropólogos e psicólogos em Genebra para tratar da catastrófica defasagem populacional nativa nos países europeus, principalmente os nórdicos. Os movimentos feministas em muitos destes países "desmasculinizaram" os homens, além da diminuição considerável de nascimentos de bebês nos relacionamentos heterossexuais em que estão dando preferência para pets, no lugar de ter-se 2 ou 3 filhos. Os que ainda têm filho, têm apenas 1. O filme-animação "O poderoso chefinho" faz uma crítica sobre esse tema. O crescimento populacional muçulmano na Europa também tem sido responsável pela redução de partos nativos. Não bastasse isso tudo, os europeus são "frios" no quesito relacionamento (diferente dos sulamericanos e sulafricanos), e isso também tem contribuído significativamente com a redução de casamentos heterossexuais. O aumento crescente das políticas socialistas trouxe consigo a prostituição como sobrevivência, o que reduziu o interesse dos homens a uma relação conjugal produtiva. Enfim, tudo isso fez com que os povos europeus fossem "estimulados" com o flash mob (mobilização rápida), a fim de "quebrar o gelo" e aproximar as pessoas, gerando uma confortável sensação de "enxergar a pessoa ao seu lado" e gradativamente possibilitar a "comunicação afetuosa". A França já foi dada como caso perdido, que, nem em 20 anos com intensos estímulos de casais procriarem cidadãos nativos, escapará de ser um país inteiramente muçulmano. Portugal aceita a entrada de brasileiros para repovoar o país, com a grande preocupação de frear a invasão muçulmana. Então o flash mob é a última cartada dos governos (que incentivam fiscal e economicamente) para esse repovoamento nativo em seus países. O intuito é unicamente este. Se de todo modo a população não se reinventar com o flash mob, se relacionando entre si, trazendo novos nativos em suas pátrias, cidades inteiras desaparecerão ou serão repovoadas por estrangeiros, principalmente muçulmanos, o que seria uma invasão ameaçadora em todos os sentidos (sociais, políticos, religiosos e ideológico).

Publicado por Rodrih às 03:50 | Link do post

FONTE: https://www.diariodobrasil.org/
Vejam a paulada científica que foi dada nos esquerdistas pela revista Amazon. O psiquiatra forense Lyle Rossiter comprova, através de seus estudos, que o esquerdismo é uma doença mental. No livro The Liberal Mind: The Psychological Causes of Political Madness, Lyle Rossiter nos explica de forma acadêmica, as causas psicológicas do esquerdismo. Ele define o esquerdismo como uma série de problemas ‘psiquiátricos’ que podem acontecer durante a formação da personalidade do ser humano.   Rossiter classifica os esquerdistas em dois tipos: benignos e radicais. Os radicais são aqueles cujas ações (agenda) causam dano a outros indivíduos. Já os esquerdistas benignos seriam os moderados […] que são aqueles que dão sustentação aos esquerdistas radicais. O trecho abaixo é parte da obra de Rossiter e fala sobre o tratamento do esquerdismo de forma clínica, retratado por um psiquiatra forense. Liberal Mind traz o primeiro exame profundo da loucura política mais relevante em nosso tempo: os esforços da esquerda radical para regular as pessoas desde o berço até o túmulo. Para salvar-nos de nossas vidas turbulentas, a agenda esquerdista recomenda a negação da responsabilidade pessoal, incentiva a auto-piedade e outro-comiseração, promove a dependência do governo, assim como a indulgência sexual, racionaliza a violência, pede desculpas pela obrigação financeira, justifica o roubo, ignora a grosseria, prescreve reclamação e imputação de culpa, denigre o matrimônio e a família, legaliza todos os abortos, desafia a tradição social e religiosa, declara a injustiça da desigualdade e se rebela contra os deveres da cidadania. Através de direitos múltiplos para bens, serviços e status social não adquiridos, o político de esquerda promete garantir o bem-estar material de todos, fornecendo saúde para todos, protegendo a auto-estima de todos, corrigindo todas as desvantagens sociais e políticas, educando cada cidadão, assim como eliminando todas as distinções de classe. O esquerdismo radical ataca os fundamentos da liberdade civilizada. Dadas às suas metas irracionais, métodos coercitivos e fracassos históricos, juntamente aos seus efeitos perversos sobre o desenvolvimento do caráter, não pode haver dúvida da loucura contida na agenda radical. Apenas um homem irracional iria desejar o Estado decidindo sua vida por ele ao invés de criar condições de segurança para ele poder executar sua própria vida. Somente uma agenda irracional tentaria deliberadamente prejudicar o crescimento do cidadão em direção à competência, através da adoção dele pelo Estado e defenderia uma destruição sistemática dos fundamentos que garantem a liberdade organizada. Apenas o pensamento irracional trocaria a liberdade individual pela coerção do governo, sacrificando o orgulho da auto-suficiência para a dependência do bem-estar.

Publicado por Rodrih às 01:21 | Link do post

Imagem relacionada

Esse texto é mais para os homens do que para as mulheres, muito embora seja de imenso interesse delas, já que se trata especificamente da mulher em si, da namorada, da noiva e principalmente da esposa. Para entender o contexto será necessário, primeiramente, abordar um pouco sobre a metafísica, em que é importante frisar a existência da energia que cada ser humano produz e reproduz em si, para si e para o outro, não obstante, para outros também. A energia que vamos abordar é a que denominamos energia sensorial, que é a que nos desperta para o que acontece à nossa volta, ela nos alerta de situações conflitantes ou de risco, como, por exemplo, quando você chega numa festa sem conhecer ninguém, e de repente sua cabeça faz um pequeno movimento e seus olhos se conectam aos olhos de alguém distante, um estranho, que já estava te apreciando desde o momento que você chegou, e, de repente, ao mirar seu olhar nos olhos desse alguém, essa pessoa até se assusta, se constrange e procura disfarçar olhando para outro lugar de repente. Também nos motiva a fazer as coisas, agir e reagir, como, por exemplo, levantar da cama e começar a fazer coisas produtivas, ou receber uma ligação e seja lá o que alguém disse no telefone fazer o corpo enfraquecer, o sono se destacar e a necessidade de deitar novamente para dormir. É uma força que se desloca por ondas de rádio, alcançando distâncias inacreditáveis, promovendo alterações no sistema à nossa volta, afetando a vida das pessoas e nos atingindo em cheio conforme damos força à ela, como, por exemplo, quando você está falando de alguém ou pensando na pessoa e esta se manifesta te ligando, ou passando por você de repente. A energia tanto pode ser atrativa, como repulsiva, positiva ou negativa, curativa ou adoecedora, pode fazer a pessoa se reerguer, como pode matá-la de vez, como, por exemplo, ao caminhar por uma calçada, de repente alguém te olha com um olhar tão entregue, como se vocês se conhecessem de muito tempo, quase como se esse alguém fosse tão íntimo de seus sentimentos e pensamentos, que você até perde o ritmo dos passos. Pode acontecer também de você ir de encontro com alguém, e começa a sentir dificuldade de respirar ou formar ideias, respostas, pensamentos, sente um tipo de sufocamento no pescoço, como, por exemplo, quando você diz que "seu santo não bateu com o daquela pessoa". Quando a energia é negativa, ela pode estar camuflada de positiva, daí é onde surge a autossabotagem, originando, assim, a energia reversa - que é aquela energia que te trái, isto é, fez você confiar que estava com tudo sob controle e vê no desdobramento de escolhas mal feitas ou erradas¹, um resultado negativo, destruidor de seus planos, como, por exemplo, quando você está confiante que o que aprendeu ou o que o insight que teve em relação à uma situação te dá poderes de lidar com isso, sem receio de perder. Então, do nada, a outra parte tira uma carta da manga, que te pega totalmente sem preparo para lidar com isso, e tudo desmorona sem que você possa fazer alguma coisa para salvar-se, como, por exemplo, uma bateria de entrevistas para um trabalho novo ou para uma promoção, em que a pessoa supera e avança os níveis de desafios, e quando vê seu adversário um qualquer, um  concorrente insignificante, que te empodera a certeza de que será moleza. E justamente por sua vaidade, seu superior ou o empregador percebe um valor ideal no seu concorrente, e preza pela humildade, já que ambos concorrentes são competentes, e escolhe justamente aquele que foi pré-julgado "moleza". A energia sensorial funciona tanto para seu bem como para seu mal, e não depende de sua aprovação para isso. (1) Vale ressaltar que não existem escolhas erradas em nossa vida, porque todas as escolhas julgamos estarem sendo certas, porque temos um interesse que o resultado seja positivo, mas nem sempre isso acontece quando optamos por escolhas mal feitas. São com essas escolhas que aprendemos como fazer certo e seguir comedido para não fazer escolhas mal feitas novamente. Às vezes, não há uma segunda chance, então a mesma energia sensorial usada para uma autossabotagem, passará a ser rogada para uma ressurreição da autoestima e coragem para recomeçar. A energia sensorial é matemática, certamente, porque a física é matemática! No jogo do menos (-) com mais (+) é igual (=) a menos (-), na energia sensorial temos algumas fórmulas de entendimento nas relações. Quando uma pessoa tem sua relação desfeita e fica um sentimento de perda injusta, a parte injustiçada passa a falar da outra, com críticas, denúncias, reclamações, manifestos sempre negativos. O resultado disso é que, estando emanando energia negativa para outrem, a fórmula disso é que essa parte que fala negativamente daquela estará, na verdade, alimentando-a com energia positiva, ficando, a primeira, com a energia negativa para si, recebendo todo o ônus de seu rancor. Então se essa pessoa emanar falas e pensamentos positivos, a outra parte receberá uma energia negativa? Não, claro que não! Receberá a energia positiva, com o detalhe que em você também permanecerá esse positivo. Sabendo do poder e da força que a energia sensorial é capaz de promover, vamos a outro ponto importante: as relações. Quando você se permite envolver-se com alguém, já está promovendo trocas de energias com a pessoa, isto é, se houver reciprocidade a energia sensorial fluirá, irá e voltará, ficará em movimento e os sentimentos serão bons para melhores, e do contrário disso, será uma energia repulsiva, em que uma das partes se manifestará num enfrentamento ou combate de gênios, ou aceitará todas as sensações ruins disso e permanecerá passiva. Se esse envolvimento trilha no contato sexual, aí entraremos num universo muito complexo de energia reversa. Bom, então até aqui entendemos que nosso corpo, mais precisamente, nossa mente subconsciente emana energia para o todo, esse todo é o universo, que é o espaço à nossa volta, sobre e sob a gente. Ok. Entendemos que tanto influenciamos noutras pessoas como somos influenciados por outras em nós, tudo pela energia que vai e vem. No contexto sexual, o homem se conecta à mulher na penetração, tal igual um aparelho se conecta à energia que está na tomada, ela vai e vem fazendo-o funcionar ou explodir. Ao estar na mulher, o homem recebe só, e somente só, sua energia negativa, deixando sua energia positiva. Até aí ótimo. Só que tenho observado que isso acontece quando o homem não está se relacionando sexualmente com outras mulheres. Ou seja, quando ele está só, e somente só, com uma mulher, a energia flui a benefício da parceira, e ele tem a capacidade de transformar sua energia negativa, isto é, a energia sobrecarregada nela, que para ela é negativa, mas para o homem vem como positiva, considerando-se que a mulher é um gerador de energia natural, até porque a mulher é muito mais complexa do que o homem, e isso demanda muita energia. Acontece que ela produz em excesso, o que afeta seus hormônios e seu organismo começa a oscilar. Essa energia se acumula entre o umbigo e a púbes. O contato sexual do homem funciona como um contato neutro, um fio-terra que absorve essa energia emaranhada para si, e em poucos minutos a mulher já se sente mais leve, mais sorridente e mais calma. O homem tem sua recompensa nessa cumplicidade e ambos se beneficiam pelo movimento da energia. Entretanto, quando o homem transa com outras mulheres, numa relação extra-conjugal, por exemplo, ele recebe a energia daquela também, então quando tem relações com sua parceira real, de casa, leva para ela a energia de outra mulher, e aí começa um novo problema. Ao invés de receber somente a energia positiva do homem, recebe também a negativa da outra mulher com quem seu parceiro se relacionou, principalmente com sexo. Suponha que essa mulher tenha se relacionado sexualmente com outro homem, então seu parceiro terá recebido a energia reversa deste segundo amante, da amante e junto com sua própria faz uma entrega especial à sua mulher, que recebe uma bomba emaranhada de energia, juntada com a dela que se transforma numa bomba, que é devolvida para seu parceiro real, que passa para a amante, e esta para outro parceiro sexual. Suponha que seu companheiro transe com mais de uma mulher fora da relação, imagine o quanto ele estará trazendo para sua companheira, em matéria de energia reversa. Em pouco tempo sua parceira real começa a manifestar doenças como depressão, ansiedade, angústia, dores na coluna, gastrite, problemas na tireóide, dentre tantas outras enfermidades que surgem sem antecedentes, simplesmente surgem, como o câncer, por exemplo, pois essas doenças que se iniciam de repente gostam de um organismo ácido, e isso certamente estará acontecendo no corpo da mulher. A relação começa a não fluir, uma parte passa a sofrer mais do que a outra, e tudo passa a girar em torno da energia reversa. Irritabilidade, raiva, discussões, insônias, isolamentos passam a acontecer quase que diariamente e é uma situação irreversível. Não vale a pena ter relações extra-conjugais, sequer uma aventura, ainda assim, não vale a pena, porque ao minar a parceira real, sua companheira, o homem estará destruíndo a si mesmo por tabela. Essa energia reversa acontece tanto do homem para a mulher, como vice-versa. Acredito que da mulher para o homem é ainda pior, pois ela estará buscando diretamente da fonte ruim toda energia confusa e emaranhada que se possa conseguir receber, e estará passando para seu parceiro real, minando ainda mais seu próprio corpo feminino, tanto quanto estiver minando o organismo masculino de seu parceiro real. Pessoas solteiras também têm esse risco, muito embora não estariam afetando diretamente um parceiro real, pois essa pessoa não existiria com essa função para ela, mas o acúmulo de energia de outras pessoas é o suficiente para detonar a si mesma. E um exemplo clássico disso é a sensação de vazio, que se sente depois da relação sexual.

Publicado por Rodrih às 14:13 | Link do post

 

Publicado por Rodrih às 03:25 | Link do post

 

Publicado por Rodrih às 11:44 | Link do post
VISTO POR
contador
Comentários
Me envie e-mail, é melhor.
Você não me disse como está
Leka (Moleka)Muito linda ela. Eu não quero cachor...
Olha digamos... sou um patinho mais ou menos feio,...
Olá Izabel, obrigado por compartilhar com a gente ...
Olá Fernanda, obrigado por compartilhar com a gent...
Prezado Rodrigo, bom dia O que pensar do homem mis...
Parabéns!! Cara sua imaginação e, criatividade no ...
Olá, Rodrigo! Com tantos fatos envolvendo pessoas ...
Se retomou, não perdeu. O sentido só estava camufl...
Muitíssimo obrigado pelo feedback! Sua experiência...
Obrigado por deixar seu feedback Matheus e tenho c...
Perder o sentido da vida é inevitável. O que é ess...
Obrigado Morango do Nordeste! A Leka me tira o son...
Olá! Obrigado por deixar seu feedback e comentar a...
Se rompeu, rompido está. O que fica é a sensação d...
Sempre às ordens! Desculpe por não responder em te...
Olá! Fui vitima por 3 meses de um namoro com um ca...
Bem, vamos lá!Há mais ou menos uns 3 meses atrás e...
Sempre há Luz onde há escuridão. As experiências n...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Fevereiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
subscrever feeds
SAPO Blogs