Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Pai abusivo, sobreviva a ele se puder.

30.05.22, Rodrih
Depois de assistir ao vídeo falando sobre o pai abusivo de Elon Musk, me identifiquei imensamente com sua dor e dissabor, com abissais diferenças de reações contra isso e em prol de si. Elon teve liberdade de lutar contra os abusos do pai, sem a interferência passiva da mãe. Pai abusivo-emocional é um problema que afeta muitas famílias, mas a postura de abusador vem de um passado de abusos e cabe às gerações seguintes quebrar essa herança, para que os entes futuros, se tiver, (...)

As grandes mentiras que você acredita e compartilha.

25.04.22, Rodrih
Há tempos venho no rastros da hipocrisia das pessoas, que eu mesmo acreditei e segui como verdadeiras, e não só isso, também compartilhei e até ensinei sobre o raciocínio lógico para que aceitassem a mesma mentira, semeando hipocrisia e tirando das pessoas a capacidade de fluírem seus sentimentos mais autênticos, podendo ter perdido oportunidades maiores se continuassem buscando aquilo que sentiam ser o melhor para elas, porém, como também fui vítima da hipocrisia de quem me (...)

Acione a bomba-relógio

24.04.22, Rodrih
Quando tudo parecer parado demais, perdido demais, ajuste o dia, mês, ano e a hora de sua bomba-relógio. Sim, marque o dia certo em que tudo irá para os ares e você se tornará a pessoa que precisava ser. Obviamente que não estou dizendo para você se tornar um suicida carregando uma bomba para explodir literalmente, se pensou isso procure ajuda, você precisa de tratamento psquiátrico urgente. A metáfora é para que você enxergue o que te aprisiona, exclui e lhe dá sentimento de (...)

Se bater ansiedade antes de namorar, não namore, é fria.

21.04.22, Rodrih
Eu já vivi alguns intensos começos de relacionamentos, que se tornaram relações muito queridas e cheias de energia. E é sobre isso que venho discorrer aqui, sobre relações natimortas, que no termo jurídico significam que já nascem mortas. Estive investindo num sentimento de paixão algumas vezes, uns mais intensos do que outros, mas todos com foco em que dessem certo, fossem adiante e tudo acontecesse com muito ânimo e muita paixão. Pois bem, escutem seus sentimentos, não se (...)

Porque amar pode dar muito errado

20.04.22, Rodrih
Assim me escreveu uma pessoa: "Recentemente me apaixonei, e apaixonei muito. Meu peito não cabia outro sentimento, senão o de projetar um sentimento pleno e confiante em gostar de alguém. Vi nessa pessoa o futuro mais bonito, de sua realização como profissional e em seus projetos pessoais. Estava disposto a conquistar o mundo junto da pessoa amada, e fazê-la se sentir especial. Mas com o tempo de diálogos, raros, de atenção quase mendigada, que estava amando o vazio". De fato, (...)

SAUDADE DE ME APAIXONAR

03.03.22, Rodrih
Releitura de 21/07/2009 - inclusão de áudio.mp4  Sinto tanta saudade daquela sensação de ser amado, ainda que fosse uma sensação ilusória de momentos de enganação e exploração, nossa! Como sinto falta daquela ilusão. Não consigo me adaptar à solidão. Sinto tanta saudade daquele sentimento de paixão, que me tira os pés do chão, que me enche o coração de ar quente, me infla, me comprime e me esvazia, me enchendo novamente, me arrepiando, me arrancando sorrisos (...)

O LEITOR (the reader)

03.03.22, Rodrih
Releitura de 17/07/2009 - inclusão de áudio.mp4 A sociedade acredita que é guiada pela moralidade mas isto não é verdade. O premiado diretor de As Horas, Stephen Daldry, mostra novamente toda sua força nesta história de medos e segredos escondidos pelo tempo. Hanna (Kate Winslet) foi uma mulher solitária durante grande parte da vida. Quando se envolve amorosamente com o adolescente Michael (Ralph Finnes)não imagina que um caso de verão irá marcar suas vidas para sempre. O (...)

The Curious Case of Benjamin Button (para refletir)

03.03.22, Rodrih
Releitura de 08/07/2009 - inclusão de áudio.mp4 "Se quer saber, nunca é tarde demais para ser quem você quer ser. Não há limite de tempo, comece quando você quiser. Você pode mudar ou ficar como está. Não há regras para esse tipo de coisa. Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa. Espero que encare de forma positiva. Espero que veja coisas que surpreendam você. Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes. Espero que conheça pessoas com (...)

Índole versus mal caráter

20.02.22, Rodrih
A índole de uma pessoa não se mede pelos seus atos, nem por sua resistência, porque ambos podem estar escondendo soberba e mal caratismo. E foi o que vivenciei. Conheci uma pessoa, cujo mal caráter era sua natureza, mas seu disfarce foi uma índole de honestidade e certo companheirismo. Durante três anos conheci alguém que me pedia para fazer um trabalho de faculdade, talvez para sua conclusão de curso, um trabalho de grupo, em que sua natureza trapaceira precisava pagar para que (...)