Quando tantas coisas acontecem contra nosso bem estar, nosso bem viver; quando as coisas arrebentam a nossa vida sem que tenhamos reação coerente e preparada para absorver o impacto da pancada e nosso mundo pessoal desmorona, perguntamos: "- Onde está Deus? Será que Ele está vendo tudo isso? Será que Ele realmente está no controle? Podemos confiar a condução do Universo a Alguém que permite isso?"

 

Pois bem, é importante reconhecer que Deus habita uma esfera diferente. Ele ocupa outra dimensão. 

 

Deus diria assim: " Os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês! Nem os seus caminhos são os Meus caminhos. Assim como os céus são mais altos do que a terra, assim os Meus caminhos são mais altos que os seus caminhos e os Meus pensamentos mais altos que os seus pensamentos. (Isaias 55)"

 

Veja só que interessante.

 

Os pensamentos de Deus não são os nossos pensamentos, nem são como os nossos, nem estamos na mesma vizinhança. Estamos pensando: "-Devo preservar o corpo.", mas Ele está pensando: "Preserve a Alma.", sonhamos com aumento de lucros, aumento de salário, mas Ele sonha em ressuscitar os mortos. Evitamos a dor e procuramos paz, mas Deus usa a dor para trazer paz.  "Vou viver a vida antes de morrer", decidimos. Deus instrui: "Morra para que você possa viver".  Gostamos de tudo o que enferruja como carros, casa, roupas, jóias, louças, adornos, patrimônios; entretanto Deus gosta do que dura, do que é eterno. Alegramo-nos com nossos sucessos, Deus se alegra com nossas confissões e arrependimentos. Vemos na tevê o Kaká, o Ronaldinho Gaúcho, o Ronaldo Fenômeno, o Xuxa, o Guga com seus salários de mais de um milhão de dólares e queremos que nossos filhos sejam como eles, daí vem Deus e aponta para o carpinteiro crucificado e tem os lábios banhados de sangue pregado numa cruz de madeira e um dos lados dilacerado e diz: "Seja como Cristo."

 

Daí é que os nossos pensamentos não são os pensamentos de Deus. Nossos caminhos não são como os Seus caminhos. Ele tem uma agenda diferente. Habita uma outra dimensão, vive em outro plano, mas nós vivemos neste plano terreno totalmente diferente.

 

Os céus declaram a glória de Deus. O firmamento proclama a obra de Suas mãos, um dia fala de outro dia, uma noite se revela na noite seguinte, sem discurso nem palavras não se ouve a Sua voz. Mas a Sua voz ecoa por toda a Terra e Suas palavras chegam até os confins do mundo. (Salmos 18). A natureza é a oficina de Deus. O céu é o Seu currículo. O universo é o Seu cartão de visitas. Você quer saber quem é Deus? Veja o que Ele fez! Você quer conhecer o poder de Deus? Dê uma olhada em sua criação. Está curioso para saber a força de Deus? Faça uma visita à Sua casa: Avenida 1 bilhão de estrelas do céu. Quer saber o tamanho de Deus? Saia à noite e olha para as luzes das estrelas emitidas a 1 milhão de anos luzes de onde você está, então vai começar a entender um pouquinho sobre de Quem se trata esse Deus.

 

 Deus não pode ser contido pelos mais altos céus, Ele não se contamina com a atmosfera do pecado, não é controlado pela linha do tempo da história, não é impedido pelo cansaço do corpo.

 

O que controla você, não controla Deus.

O que preocupa você, não preocupa Deus.

O que cansa você, não cansa Deus.

O que é impossível para você, para mim, para todos os seres humanos

é possível para Deus.

 

Nossas perguntas traem nosso entendimento. Como Deus pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo? Mas quem disse que Deus está preso ao corpo? Como Deus pode ouvir todas as orações que chegam até Ele? Certamente os ouvidos de Deus são diferentes dos nossos ouvidos...

 

Como Deus pode ser o Pai, o Filho e o Espírito Santo ao mesmo tempo? Certamente é possível que os céus tenham um conjunto de leis físicas diferentes das leis daqui da Terra..

 

Se as pessoas aqui da Terra não me perdoarem, até que ponto serei eu culpado diante de um Deus santo?  Mas é exatamente o contrário, Deus sempre pode conceder graças quando nós, humanos, não podemos. Foi Deus quem a inventou. Por isso é importante entender que Deus está nos céus. Sabemos que Deus está no controle do Universo e por isso podemos descansar antes de seguirmos em frente. Mas o interessante é que esse mesmo Deus que vive tão separadamente de nosso plano limitado de tantas coisas, também optou em se inclinar sobre a Terra para ouvir nossas orações. 

 

Ele não está tão acima de nós a ponto de não ser tocado pelas nossas lágrimas, embora não possamos ver os seus propósitos nem seu plano o Senhor dos Céus está no seu trono no firme controle do universo e da vida de cada um de nós. Assim nós Lhe confiamos o nosso futuro. Nós Lhe confiamos a nossa vida. 

 

O que pode fazer a pessoa honesta quando as leis e os bons costumes são desprezados? 

 

O Senhor Deus está no Seu santo templo, o Seu trono está nos céus. Ele vê todas as pessoas e sabe o que elas fazem. 

 

Quando os fundamentos estão sendo destruídos o que pode fazer o justo? Quando a doença ataca, quando o casamento acaba, quando os filhos sofrem e quando a morte nos assalta, o que devemos fazer? 

 

O Senhor Deus está no Seu santo templo, o seu trono está nos céus! Sua intenção é inconfundível, Deus não muda por causa de nossas tempestades, Ele não recua diante de nossos problemas, Ele não se assusta com esses problemas. Ele está no Seu santo templo, Ele está no Seu trono nos céus. 

 

Prédios podem cair, carreiras podem desmoronar, casamentos podem ser destruídos, mas Deus não. Destroços e escombros nunca O desanimaram. Ironicamente Deus sempre transformou a tragédia em triunfo. Não foi isso que Ele fez com José, que foi vendido pelos seus irmãos, foi levado como escravo para o Egito. Se o meu mundo está desabando, o mesmo aconteceu a José. Aconteceu também com Moisés, que estava na dele cuidando dos rebanhos de ovelhas no deserto. O que dizer de Daniel, que era um aluno brilhante e nos moldes de nossa época se destacava como um ilustre estudante de uma universidade de altíssimo nível, prestígio e todas as regalias eram dadas a ele, no entanto ele e toda sua geração foram levados de Jerusalém, a cidade estava destruída, o templo estava em ruínas.

 

José estava na prisão no Egito. 

Moisés estava no deserto.

E Daniel estava preso numa cova com leões...

 

Esses eram momentos tenebrosos. Quem poderia ver algo de bom neles? 

Quem podia imaginar que a prisão de José era apenas um estímulo para transformá-lo no primeiro ministro do Faraó?

Quem podia imaginar que Deus estava dando a Moisés um treinamento de 40 anos pelo deserto para que ele pudesse conduzir uma nova nação?

E quem poderia ter imaginado que Daniel, o prisioneiro, logo seria o conselheiro do Rei?

 

Deus faz coisas assim...

 

Ele fez com José, com Moisés, com Daniel e principalmente Ele fez com Jesus...

Em nossos momentos mais difíceis o que podemos pensar no que fazer?

 

Deus está nos Seu santo templo, o Seu trono está no céu, até hoje, queira aceitar ou não, Ele está lá, Ele ainda está no controle de tudo. E ele ainda converte prisioneiros em príncipes, cativos em conselheiros e transforma dias difíceis em tempos de descanso.

 

O que Ele fez em situações como essas, Ele voltará a fazer. Cabe a nós pedirmos que Ele nos faça, nessa obra faremos perguntas difíceis para nosso próprio entendimento nos momentos difíceis, como "quem é o nosso Deus? Onde está Deus em tudo isso? E a oração? Será que Deus realmente está nos ouvindo?"

 

Penso que sim. Mesmo que Deus habite outro plano, mesmo que Deus esteja no Seu santo templo e tudo o que nos aflige aqui na Terra não atinge nem assusta Deus, sei que Ele tem um plano de Luz para cada um de nós que cremos na Sua existência e tememos o Seu poder. Como meu casamento que foi desfeito e minhas mágoas, dores, tristezas, solidão, dúvidas, medos, angústias, depressão e minha falta de fé decorrentes desse acontecimento, Deus não se deixa atingir por tais sentimentos ruins, mas também não me deixará sem respostas e tampouco não me deixará desamparado, me dará nova oportunidade e me mostrará o Seu amor por mim. Assim Deus fará com você e com todos que acreditarem Nele.

 

Deus é tão intrigante que Ele permite que saiamos do Caminho diversas vezes, justo porque já preparou outro caminho de nossa volta até Ele. Pode observar e verá que não adianta você ignorá-lo, quase que "naturalmente" você volta para a trilha que já estava antes e quando se dá conta lá está você andando em direção a Ele. Curioso não? Eu acho curioso e sinto-me confortável sabendo disso, exatamente porque posso sentir que não estou sozinho, por isso parei de lutar contra o tempo, contra as coisas, os acontecimentos e os resultados.

 

Uma vez que você aprende a abandonar seu futuro, seu presente e até o seu passado nas Mãos de Deus, você também aprende a se abandonar e deixar rolar, sem muita neura. Se bem que para eu chegar aqui hoje com esse texto, eu penei um bocado, dei muito murro em ponta de faca, tapei o sol com a peneira, nadei contra a maré e sempre morria na praia. Então cansei de disputar contra Deus, cansei de tentar entender as coisas que aconteceram comigo, por mais que de vez em quando eu esteja à beira da lágrima nos pensamentos tentando entender, mais ou menos, como tudo pôde acontecer comigo dessa maneira. Agora estou desencanado, larguei de mão, aliás, deixei nas Mãos de Deus, Ele já tem um plano, Ele já tem todas as respostas do como aconteceu, porque teve que ser dessa maneira e também já possui um plano final. Isso é o que me conforta e se você não sentir o mesmo conforto que estou sentindo... rsrs... não tenha pressa! Eu tive tempo, sofrimento, decepções e desilusões suficientes para hoje sentar e relaxar nessa compreensão.. e com você não será diferente, acredite ou não.

 

 

 

 

 

 

Publicado por Rodrih às 07:38 | Link do post
Estado de Espírito: Quem é Deus?

 

Vento No Litoral

Legião Urbana

 

Composição: Renato Russo

 

De tarde quero descansar

Chegar até a praia e ver

Se o vento ainda esta forte

E vai ser bom subir nas pedras

 

Sei que faço isso pra esquecer

Eu deixo a onda me acertar

E o vento vai levando

Tudo embora...

 

Agora está tão longe

ver a linha do horizonte me distrai

Dos nossos planos é que tenho mais saudade

Quando olhávamos juntos

Na mesma direção

Aonde está você agora

Alem de aqui dentro de mim...

 

 

Agimos certo sem querer
Foi só o tempo que errou
Vai ser difícil sem você
Porque você esta comigo
O tempo todo
E quando vejo o mar
Existe algo que diz
Que a vida continua
E se entregar é uma bobagem...

Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim
Quero ser feliz ao menos,
Lembra que o plano
Era ficarmos bem...

Eieieieiei!
Olha só o que eu achei
Humrun
Cavalos-marinhos...

Sei que faço isso
Pra esquecer
Eu deixo a onda me acertar
E o vento vai levando
Tudo embora...

 

 

 

Publicado por Rodrih às 21:29 | Link do post
Estado de Espírito: o tempo dista a saudade

 

 

 Antes de te perder,

dá-me um tempo para te esquecer
um tempo para que eu apague da minha memória
toda a nossa história.

Que eu possa largar no passado
nossos beijos e abraços,
nosso enorme cansaço
de tanto ter lutado
por um amor

que jamais foi consumado.

Dá-me um tempo para
alcançar a resignação
de ter te amado com tanta dedicação
e nunca ter podido viver inteiramente essa emoção.

Antes de te perder, espera eu retornar
desse caminho que não me levou a nenhum lugar.

Permita-me esquecer tudo de bom que junto a ti pude viver
e me ajuda a eliminar todas as dores que ainda insistem em latejar.

Antes de te perder, dá-me um tempo correto sem medidas, sem tamanho
basta que ele seja o certo para apagar o meu sonho.

Dá-me um tempo sem cobranças assim como me deste tanto tempo
na hora de me vender esperanças.

Antes de te perder, deixa eu me acostumar com a idéia de que o meu
amor pode acabar sem deixar traumas nem amarguras.

Mas antes de te perder, preciso te falar da ternura que sempre senti por ti
e do quanto será difícil te ver partir carregando tudo que na tua garganta ficou
calado quando eu implorava ao teu lado que me falasses do teu amor e com tua imensa sabedoria tu me poupavas da dor de saber que por ti eu era amado
tendo que aceitar que isso não daria em nada.

Me perdoa antes de te perder
por jamais teu ter sido
e nunca ter podido te ter.

 


**Silvana Duboc** (adaptado por MRV)

 

Publicado por Rodrih às 01:30 | Link do post
Estado de Espírito: Desperdício de felicidades

 

Publicado por Rodrih às 23:38 | Link do post
Estado de Espírito: Todo dedicado à uma só pessoa.

 

Publicado por Rodrih às 04:04 | Link do post
Estado de Espírito: sem futuro

 

Publicado por Rodrih às 02:19 | Link do post
Estado de Espírito:

 

 

 

 

Às vezes eu fecho os olhos, inspiro e procuro sentir a presença de quem já não está por perto. É um método que eu inventei tempos atrás... e uso sempre quando o amor se transforma em saudade.

 

Os grandes amores existem.

As grandes paixões existem.

 

Os grandes amores existem verdadeiramente. Eles existem. Eles simplesmente existem.

 

Eu desejo que todo ser humano possa sentir o que eu um dia já senti. Somente uns poucos minutos daquele entorpecimento juvenil, daquela inundação de sentimentos que enlouquecem, daquela loucura toda que te envolve, te amedronta, aquela confusão monstruosa que vivi quando amei. E quando fui amado. Uma paixão avassaladora que me fez acreditar que eu ainda permanecia vivo. Vivo e amando. E amado.

 

Mas, agora, eu fecho os olhos para dormir. A cama cresceu tanto de tamanho, o meu peito cada vez está menor. E muito mais vazio. Ninguém a me ninar. A minha mão não encontra a sua. Quem foi que viu a minha Dor chorando?! (Augusto dos Anjos, "Queixas Noturnas". Mas, no meu caso, diurnas também).

 

Eu quero uma receita para se esquecer um grande amor, o senhor tem aqui para vender? O preço não me interessa, eu só quero poder seguir em frente. Nem precisa ser em frente..., basta seguir. Porque A minha vida sentou-se. E não há quem a levante (Mário de Sá-Carneiro, "Serradura").

 

E o vazio logo aparece, não dá um minuto de folga e “meter a cara no trabalho” é algo que também não tem funcionado; às vezes me dá um tempo maior sem pensar na saudade, mas quando volto do trabalho sou pego de assalto pelo vazio acumulado.

 

O telefone não toca naquela hora, a minha caixa de e-mails não tem pena de mim, já não tem novidade boa a me contar.

 

Uma sensação leve e prematura de derrota logo se apodera da gente. Depois ela cresce. Já não é mais sensação, é derrota mesmo. Eu não tenho mais para quem escrever os meus defeituosos poemas, a quem dedicar meus pensamentos, quem vai me acalmar quando a agonia aparece sem avisar? Eu me sinto tão sozinho. Eu me sinto extremamente sozinho e não consigo ter expectativa qualquer de virar esse jogo.

 

Por vezes eu nem me sinto.

 

Meus olhos não mais vertem lágrimas, o meu coração não mais dispara. Será mesmo que estou vivo? Ainda nem maldisse toda a minha sina e mazela, nem afoguei minhas (agora) crônicas mágoas na cachaça libertadora, também não há outro perfume no meu corpo. Como o cheiro seu era o elixir da minha juventude...

 

Viver é amar, um dia me explicaram direitinho. Eu era inocente e acreditei. Só inocentes e tolos crédulos aprendem isso, eu tive o azar de ser um deles. Nem ouso reclamar. Quando acordei foi em você que eu pensei. Provavelmente pensei em ti durante toda a noite também, mas dessa vez tive a sorte de não recordar.

 

Não importa como minha vida esteja seguindo, é sempre em seu sorriso que meus pensamentos se convergem. Não há fuga nem plano B. Eu aprendi que não é te esquecendo que irei me livrar de você. Não importa quanto tempo transcorra, jamais me esquecerei daquela noite, aquela, quando estupefata você ouviu minha curtíssima e derradeira declaração de amor. Metade do tempo eu reflito sobre o que ela significou e o que ela irá se tornar em alguns parcos anos. Logo, meu coração será de outra, as suas coisas queimarei no quintal (afastando a cachorra para que não se queime) e essa frase eu voltarei a dizer. Mas não para ti, jamais para ti, nunca mais para ti... Você será apenas uma lembrança, feito tantas outras, e eu serei apenas uma lembrança para você... feito tantas outras. Já não me amas? Basta! Irei, triste, e exilado/ Do meu primeiro amor para outro amor, sozinho (Olavo Bilac, "Desterro").

 

Quem errou mais? Isso não importa agora, logo, posso ficar com toda culpa pelo nosso fracasso. Sempre sonhei com algo diferente, como nos contos de fadas e nos pagodes de três notas (e se me perguntam Que era mesmo que eu queria?/ ”Eu queria uma casinha/ Com varanda para o mar/ Onde brincasse a andorinha/ E onde chegasse o luar”, Vinicius de Moraes, "Sombra e Luz").

 

A realidade foi deveras distinta disso, só Deus é testemunha das minhas queixas. Mas, nesse momento, nada disso importa, nada do que doeu agora importa. Eu vou ficar aqui, sozinho, com minhas lembranças e nosso fracasso. Vou lembrar das partes boas, para me emocionar com a saudade. Não lembrarei de nenhuma briga, nem nada disso! Eu quero uma receita para esquecer dos momentos ruins, dos bons eu não preciso. Não preciso e não quero. Para que esquecer do que me orgulho? Do que me fez feliz? Deixa a saudade me machucar, amôÔ, uma hora ela se cansa. Eu não abro mão de recordar o quanto fomos felizes. Acabou, mas não sem muito amor. É o fim, mas não antes de muitas promessas de eterna felicidade. É isso o que vale, afinal. Eu busco isso a cada instante de minha vida.

 

Mas agora ela está lá e eu aqui. Ela está lá seguindo a vida dela, e eu estou aqui, seguindo a minha. Aqui eu te amo e em vão te oculta o horizonte (Neruda, "Aqui eu te amo"). Ela esta lá vivendo a vida dela como se nada tivesse acontecido. Acho, realmente não sei dizer (Teus olhos são duas sílabas/ Que me custam soletrar./ Teus lábios são dous vocábulos/ Que não posso,/ Que não posso interpretar Fagundes Varela, "Canção Lógica"). Eu aqui, não triste, não mais tão triste, mas saudoso. Às vezes eu olho para os céus para descobrir se sinto algo de novo. Quem sabe um daqueles meus suspiros. Às vezes até acho que sinto algo novo, mas quando começo a acreditar ele se dissipa e desaparece. Passo horas olhando as estrelas, sem entender por que elas brilham. Elas deveriam fazê-lo somente quando você fosse minha, não em qualquer situação.

 

Mas você segue a sua vida, almoça feliz e se diverte enquanto procuro a receita para te esquecer. Sei que não irei sofrer, o que me castiga é a saudade. Não irei mais chorar, nem lamentar, tampouco desejar a morte. Irei apenas seguir em frente, sozinho agora, às vezes pensando: o que será que ela faz nesse momento? Agora que chove lá fora! O que será que ela faz? Será que pensa em mim? Será que sorri? Eu abro os braços para envolver a minha vida. Lembra da música da Elis? Vou querer amar de novo e se não der eu não vou sofrer...? Preciso te dizer a verdade: se isso acontecer, eu vou sofrer sim, meu coração só existe para amar de novo, espero que você entenda. Eu sigo a minha vida por aqui, você continue a sua por aí. Se consegue a receita para se esquecer de um grande amor? Não, parece que isso não existe mesmo. A minha é seguir em frente, então, e quando não der, chorar, não há problema nenhum nisso, quem aprende a amar, aprende a chorar também (Paulinho da Viola, "Amor Amor"). Eu aprendi, pratiquei contigo, jamais te esquecerei. Cantemos a canção da vida,/ na própria luz consumida... (Mario Quintana, "Inscrição para uma lareira") "O ganhador", Lêdo Ivo (sempre ele!): Tudo o que ganhei se desfez no ar como uma metáfora. Agora só guardo o que perdi: o vento que soprava na colina, a neve que caía no aeroporto e o teu púbis dourado, o teu púbis dourado.

 

Nota do Autor Este texto faz parte da trilogia que começou com "Dos amores possíveis". Marcelo Maroldi São Carlos, 3/8/2006 - Adaptado por MRV.Rodrigo Caldeira Brasília 14/12/2009 - há 7 dias para 1 ano de solidão.

 

 

Publicado por Rodrih às 14:22 | Link do post
Estado de Espírito:

                                     

 

 

I will not make the same mistakes that you did

Eu não vou cometer os mesmos erros

que você cometeu

I will not let myself cause my heart so much misery

Não me deixarei causar tanta tristeza

ao meu coração

I will not break the way you did

Eu não vou desistir do mesmo

jeito que você,

You fell so hard Você sofreu tanto...
I've learned the hard way to never let it get that far

Eu tenho aprendido da maneira difícil,

a nunca deixar as

coisas irem tão longe

   
Because of you Por sua causa
I never stray too far from the sidewalk Eu nunca me afasto muito da calçada
Because of you Por sua causa
I learned to play on the safe side Eu aprendi a jogar do lado mais seguro
So I don't get hurt Para não me machucar
Because of you Por sua causa
I find it hard to trust Eu acho difícil confiar
Not only me, but everyone around me

Não somente em mim,

mas em todos a minha volta

Because of you Por sua causa
I am afraid Eu tenho medo
   
I lose my way Eu perco meu caminho
And it's not too long before you point it out

E ele não era tão longo

antes de você o apontar

I cannot cry Eu não posso chorar
Because I know that's weakness in your eyes

Porque eu sei que, aos seus olhos,

isso é fraqueza

I'm forced to fake a smile, a laugh

Eu sou forçada a fingir

um sorriso, uma risada

Every day of my life Todos os dias de minha vida
My heart can't possibly break

Meu coração não poderia

possivelmente se quebrar

When it wasn't even whole to start with

Quando nem ao menos estava

inteiro pra começar

   
Because of you Por sua causa
I never stray too far from the sidewalk

Eu nunca me afasto

muito da calçada

Because of you Por sua causa
I learned to play on the safe side

Eu aprendi a jogar do lado

mais seguro

So I don't get hurt Para não me machucar
Because of you Por sua causa
I find it hard to trust Eu acho difícil confiar
Not only me, but everyone around me

Não somente em mim, mas

em todos a minha volta

Because of you Por sua causa
I am afraid Eu tenho medo
   
I watched you die Eu vi você morrer
I heard you cry Eu ouvi você chorar
Every night in your sleep Todas as noites, no seu sono
I was so young Eu era tão jovem
You should have known better than to lean on me

Você deveria ter pensado

melhor antes

de se apoiar em mim

You never thought of anyone else Você nunca pensou em ninguém
You just saw your pain Você só viu a sua dor
And now I cry E agora eu choro
In the middle of the night No meio da noite
For the same damn thing Pelo mesmo maldito motivo
   
Because of you Por sua causa
I never stray too far from the sidewalk Eu nunca me afasto muito da calçada
Because of you Por sua causa
I learned to play on the safe side Eu aprendi a jogar do lado seguro
So I don't get hurt Para não me machucar
Because of you Por sua causa
I tried my hardest just to forget everything

Eu tentei ao máximo

me esquecer de tudo

Because of you Por sua causa
I don't know how to let anyone else in

Eu não sei como deixar

ninguém mais entrar

Because of you Por sua causa
I'm ashamed of my life because it's empty

Eu tenho vergonha

de minha vida

porque ela é vazia

Because of you Por sua causa
I am afraid Eu tenho medo
   
Because of you... Por sua causa...
   
Because of you Por sua causa.

Publicado por Rodrih às 08:27 | Link do post
Estado de Espírito: Dedicado à uma só pessoa.
Ouço ou Leio: Because of you
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Rodrigo, amei o texto ta explicado de forma muito ...
Quem melhor que a própria vítima de um misógino pa...
É só compartilhar conosco e a resposta virá com ce...
Seu post é muito coerente e verdadeiro demais. Viv...
Ah tb queria expor meu caso.. será que me responde...
Oi Bruno, eaê brow, situação complicada essa hein....
Dúvida muito pertinente :)
Eai irmão,Acontece comigo em meu trabalho, tenho n...
Vivo o mesmo que você.. 14 anos! Desejo que ele mo...
No final, eu também não entendi o que você quis di...
No final embaralhou tudo, ficou tonto.
Priscilla Vicente, obrigado por compartilhar sua f...
Rodrigo vivi 10 anos de tortura com um misógino,ma...
Obrigado por comentar e interagir! É mágico quando...
Muita coisa faz sentido né, muita coisa não perceb...
O-bri-ga-do por comentar e fico feliz por ter gost...
Obrigado gatinha pelo comentário, por ler constant...
Caro Fulanão, obrigado por ler e apreciar o post s...
Olá Anônimo, boa noite, obrigado por comentar, mas...
Ops, dedo nervoso clicou em aprovar e pluft, foi-s...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Mensagens
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
21
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
SAPO Blogs