a 2013-10-31 01:46:43

 

Por: Tríssia Ordovás Sartori


 

Li um texto antigo do jornalista e escritor Xico Sá (sou fã!), em que ele ensina alguns truques para a conquista do sexo feminino. A abordagem dele é sempre muito divertida, mas uma das dicas chamou minha atenção: homens devem elogiar, sempre. Mulheres feias e bonitas. Ele vai além: defende que as feias, se forem bem tratadas, são capazes de fazer um pouco de tudo para impressionar aqueles que as escolheram. E, se entre duas amigas, uma bela e a outra nem tanto, a mais feiozinha for escolhida, vai ficar lisonjeada e a outra tentará seduzir o bofe em questão, pelo próprio jogo. O cara ganha duas vezes! Já observando a situação inversa por um parâmetro feminino, não vejo grandes diferenças na hora da conquista entre um homem feio e um bonito. Não acho que os feios se esforcem mais para parecerem interessantes, mas acho que nós preferimos homens interessantes a homens belos (a menos que seja para um encontro casual, sei lá!). Se o cara for bonitão e com repertório, ótimo. Mas se não tiver as duas qualidades, é melhor que ele seja divertido, carinhoso, tenha conteúdo e saiba ser gentil. Aí a gente se encarrega de achar atributos que nos deixem encantadas (nem sempre, uma barriga tanquinho resolve as coisas). Um exemplo clássico é o músico francês Serge Gainsbourg, que recentemente teve a vida retratada no filme O Homem que Amava as Mulheres. Ele era feioso, mas encantador: conquistou Brigitte Bardot (para quem compôs Je t’aime… moi non plus) e Jane Birkin, com quem se casou. Talvez seja uma visão mulherzinha minha, mas acho que nós sabemos melhor como descobrir encantos no sexo oposto do que eles. Às vezes, tenho a sensação que eles são mais ligados à forma – e nós ao conteúdo. Faz sentido para vocês?

 

12 de setembro de 2011 13 Foto: Imovision, divulgação. Cena do filme 'Gainsbourg - O Homem que amava as Mulheres'

 

 

 

Brigitte Bardot
Jane Birkin

 

 

Publicado por Rodrih às 01:46 | Link do post
Estado de Espírito:

Meninas, moças, mulheres pelo amor do Santo Cristo, parem de se expor tão vulgarmente como andam fazendo dançando o funk, ponham na cabeça que suas danças, por mais sexys que pareçam ser, fazem vocês se tornarem promíscuas, objeto de putaria, inúteis para um bom papo, uma boa companhia, sem futuro nem qualidade para um bom casamento, ou mesmo boas companheiras. O mundo lá fora não precisa ver que vocês sabem rebolar e se expor com tanta vulgaridade. Não entendo isso, eu que sou homem, mesmo que eu sinta tesão ao ver uma garota dançando o funk, num dado momento, pequeno período de tempo já começo a ficar entediado, e a promiscuidade começa a me incomodar. Meu olhar de lobo mau se retrai, se contrai num olhar de lamentação, lamento por vocês, lamento por seus pais, lamento pelo futuro que se reserva para vocês. Não é possível que a mania de baixaria seja maior do que a sensualidade, o charme, o estilo sexy, meigo, de chamego, de jeitinho. Não é porque vocês podem tudo, que significa que podem se expor de tal maneira a ponto de tirar a beleza de suas intimidades. Não tem sentido tanto vandalismo. Se ao dançar querem simular sexo bandido, querendo mostrar que querem dar, então dêem para aquele que vai tê-la. Se ainda assim não se sentirem saciadas, dêem para dois ou mais de uma só vez, mas façam isso em reservado, porque a exposição sempre tem um preço para ser pago. Meninas como vocês pagam um preço de uma vida marcada de vulgaridades, por mais que se tornem mulheres elegantes e profissionais, a marca dessa bagaceira que fica no passado registrado em fotos, videos e vomitados na internet perpetuará, e nunca mais se limpa! Saia fora dessa burrice. Pensem bem, não confundam promiscuidade com lascividade, não confundam putaria com sexualidade, não confundam vulgaridade com sensualidade. Há muita diferença de uma coisa para outra. No entanto, se querem mostrar sensualidade, charme, sexualidade, lascividade e uma deliciosa postura feminina, adiram à Salsa! Dancem Charme! Podem acreditar, vocês serão comidas com os olhos, mas não perderão o respeito, não serão expostas nem dadas como putinhas baratas, e sim como princesas, gatinhas lindas, deliciosas e interessantes, disputadas para se ter suas companhias. Dancem! Dancem sempre! Mas sejam mulheres de qualidade!

 

*adiram = do verbo aderir: tornar-se adepto; juntar-se (a causa, estilo, partido etc.)

 

A seguir, mulheres de qualidade com dança de qualidade:

 

 

Publicado por Rodrih às 01:26 | Link do post
Estado de Espírito:
...mas não estou preparadopara ouvir.


Publicado por Rodrih às 02:55 | Link do post
Estado de Espírito:
Publicado por Rodrih às 07:01 | Link do post
Estado de Espírito:
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
contador
Comentários
Oiii Rodrih das águas mais limpas de Brasília! Tud...
ENTENDI TUDOOOOOO!!!! Rô, muitíssimo obrigada pela...
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
ERA O QUE EU PRECISAVA. ALGUMAS COISAS JÁ ESTAVA C...
Rodrigo Caldeira obrigada pelo texto incrível e es...
Vanessa Xavier, eu quem agradeço seu carinhoso com...
"Divindade, limpe em mim as memórias que estão cau...
Gostei cara! tirou a ideia de budismo . tencnca é ...
Oi Eliana, sou muito grato por tê-la no blog e pri...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
subscrever feeds
SAPO Blogs