Com os vandalismos dos black blocs é possível que os cidadãos brasileiros saiam às ruas protestando novamente?

  • Rodrigo Caldeira perguntou 22 horas atrás - 
    3 dias restantes para responder

 

Ryuzaki editado 22 horas atrás

 

GOVERNO FEDERAL E POLÍTICOS ESTÃO PREOCUPADÍSSIMOS COM UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO QUE COMEÇA A TOMAR VULTO NA INTERNET. 

É... o clima lembra o período que antecedeu a revolução francesa. 
O terceiro estado (povo esclarecido) clama por justiça. 

Há uma enorme movimentação pela internet para reunir um milhão de pessoas na Avenida Paulista pela demissão de toda a classe política (ainda sem data marcada). 

Este e-mail de convocação já começou a circular e está sendo lido por centenas de milhares de pessoas. A guerra contra o mau político, e contra a degradação da nação está começando. Não subestimem o povo esclarecido que começa a sair da inércia e de sua zona de conforto para lutar por um Brasil 
melhor. 

Todos os ''governantes'' do Brasil, até aqui, falam em cortes de despesas - mas não CORTAM despesas - querem o aumentos de impostos como se não fôssemos o campeão mundial em impostos. A história nos mostra que muitos governantes 
caíram e até perderam suas cabeças exatamente por isto. 

O MOVIMENTO VAI PROPOR: 

(Nenhum governante fala em:)

1. Reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores,suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, 14º e 15º salários etc.) dos poderes da República. 

2. Redução do número de deputados da Câmara Federal, e seus gabinetes, profissionalizando-os como nos países sérios. Acabar com as mordomias na Câmara, Senado e Ministérios, como almoços opíparos, com digestivos e outras libações, tudo à custa do povo; 

3. Acabar com centenas de Institutos Públicos e Fundações Públicas que não servem para nada e, têm funcionários e administradores com 2º e 3º emprego; 

4. Acabar com as empresas Municipais, com Administradores a auferir milhares de reais/mês e que não servem para nada, antes, acumulam funções nos municípios, para aumentarem o bolo salarial respectivo. 

5. Acabar com as Câmara Estaduais, que só servem aos seus membros e aos seus familiares. 

6. Redução drástica das Câmaras Municipais e das Assembleias Estaduais .. 

7. Acabar com o Financiamento aos partidos, que devem viver da quotização dos seus associados e da imaginação que aos outros exigem, para conseguirem verbas para as suas atividades; Aliás, 2 partidos apenas como os EUA e 
outros países adiantados, seria mais que suficiente. 

8. Acabar com a distribuição de carros a Presidentes, Assessores, etc.., das Câmaras, Juntas, etc., que se deslocam em digressões particulares pelo País; 

9. Acabar com os motoristas particulares 24 h/dia, com o agravamento das horas extraordinárias... para servir suas excelências, filhos e famílias e até, as ex-famílias... 

10. Acabar com a renovação sistemática de frotas de carros do Estado; 

11. Colocar chapas de identificação em todos os carros do Estado. Não permitir de modo algum que carros oficiais façam serviço particular tal como levar e trazer familiares e filhos, às escolas, ir ao mercado a compras, etc.; 
12. Acabar com o vaivém semanal dos deputados e respectivas estadias em hotéis de cinco estrelas pagos pelos contribuintes; 

13. Controlar o pessoal da Função Pública (todos os funcionários pagos por nós que nunca estão no local de trabalho). HÁ QUADROS (diretores gerais e outros) QUE, EM VEZ DE ESTAREM NO SERVIÇO PÚBLICO, PASSAM O TEMPO NOS SEUS ESCRITÓRIOS DE CONSULTORIAS A CUIDAR DOS SEUS INTERESSES....; 

14. Acabar com as administrações numerosíssimas de hospitais públicos que servem para garantir aos apadrinhados do poder - há hospitais de cidades com mais administradores que pessoal médico. Às oligarquias locais do partido no poder... 

15. Acabar com os milhares de pareceres jurídicos, caríssimos, pagos sempre aos mesmos escritórios que têm canais de comunicação fáceis com o governo, no âmbito de um tráfico de influências que há que criminalizar, autuar, 
julgar e condenar; 

16. Acabar com as várias aposentadorias por pessoa, de entre o pessoal do Estado e entidades privadas, que passaram fugazmente pelo LEGISLATIVO. 

17. Pedir o pagamento da devolução dos milhões dos empréstimos compulsórios confiscados dos contribuintes, e pagamento IMEDIATO DOS PRECATÓRIOS 
judiciais; 

18. Criminalizar, imediatamente, o enriquecimento ilícito, perseguindo, confiscando e punindo os ladrões que fizeram fortunas e adquiriram patrimônios de forma indevida e à custa do contribuinte, manipulando e aumentando preços de empreitadas públicas, desviando dinheiros segundo 
esquemas pretensamente "legais", sem controle, e vivendo à tripa forra à custa dos dinheiros que deveriam servir para o progresso do país e para a assistência aos que efetivamente dela precisam; 

19. Não deixar um único malfeitor de colarinho branco impune, fazendo com que paguem efetivamente pelos seus crimes, adaptando o nosso sistema de justiça a padrões civilizados, onde as escutas VALEM e os crimes não prescrevem com leis à pressa, feitas à medida; 

20. Impedir os que foram ministros de virem a ser gestores de empresas que tenham beneficiado de fundos públicos ou de adjudicações decididas pelos ditos. 

21. Fazer um levantamento geral e minucioso de todos os que ocuparam cargos políticos, central e local, de forma a saber qual o seu patrimônio antes e depois. 

22. Pôr os Bancos pagando impostos e, atendendo a todos nos horários do comércio e da indústria. 

23. Proibir repasses de verbas para todas e quaisquer ONGs. 

24. Fazer uma devassa nas contas do MST e similares, bem como no PT e demais partidos políticos. 

25. REVER imediatamente a situação dos Aposentados Federais, Estaduais e Municipais, que precisam muito mais que estes que vivem às custas dos 
brasileiros trabalhadores e, dos Próprios Aposentados. 

26. REVER as indenizações milionárias pagas indevidamente aos "perseguidos políticos" (guerrilheiros). 

27. AUDITORIA sobre o perdão de dívidas que o Brasil concedeu a outros países. 

28. Acabar com as mordomias (que são abusivas) da aposentadoria do Presidente da Republica, após um mandato, nós temos que trabalhar 35 anos e não temos direito a carro, combustível, segurança, etc. 

29. Acabar com o direito do prisioneiro receber mais do que o salário mínimo por filho menor, e, se ele morrer, ainda fica esse beneficio para a família. O prisioneiro deve trabalhar para receber algum benefício, e deveria indenizar a família que ele prejudicou. 

Já que esses nossos políticos e governantes não querem fazer reformas de fato, não querem passar o Brasil a limpo, cabe a nós, povo esclarecido, fazer isto através da mobilização em massa e ir para as ruas (sem vandalismo) manifestar a nossa insatisfação. 

Vamos juntos, vamos mostrar que no Brasil o povo esclarecido pode realmente mudar o rumo da história .... já que pelas urnas vai ser difícil, por motivos óbvios.

 

 

DAVID (UTHAH - USA) respondido 21 horas atrás
Em toda historia da humanidade nunca, NUNCA houve alguma conquista sem guerras, mortos e feridos além de muita destruição por isso não acredito que tenha mais solução porque o brasileiro é conhecido mundialmente por ser desonesto (a antiga lei de gerson) trapaceiro e preguiçoso. E grandes conquistas só acontecem quando o povo é valente como o venezuelano, argentino, russos , coreanos, egipcios, sírios , libios que saem para o tudo ou nada nas ruas , enfrentam com sangue o governo e não tem contra eles a midia que os chamem de vandalos, não tem a GROBO hipnotizando a grande massa de manobra que são os favelados com seus programas diabolicos e nem um ex-presidente quadrilheiro que agora é dono de uma fortuna incalculável, dono da friboi que enche o c u do pobre de churrasco na laje e muita, mas muita cerveja. Acredite não tem mais solução porque o povo brasileiro é um povo fraco.
GROBO (ironia com referência à Rede Globo de Televisão)
ex-presidente (crítica de referência ao ex-presidente da República do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva)
friboi (referência à emergente poderosa "indústria" de carnes bovinas do Brasil, que recentemente converteu até o hiper-ético cantor nacional e rei da música popular brasileira, agora o antiético Roberto Carlos) 
a grande massa de manobra (referência ao povo humilde, sem instrução e ao povo corrupto, ainda que pobre ou miserável apoia e sustenta políticos corruptos, como fizeram garantindo a presidência de Lula e Dilma)

 

Publicado por Rodrih às 20:40 | Link do post
Estado de Espírito:
Narrado em português, entrevista (interessantíssima) em inglês com legenda em português. Recomendadíssimo.


Publicado por Rodrih às 10:14 | Link do post
Estado de Espírito:

 

 

 

 

 

Apesar que eu definitiva e realmente vou morrer apaixonado pela beleza física, não posso concordar com a realidade que hoje consome, dilacera e aniquila jovens teens e adultos jovens de nosso século. Há muita verdade na ilusão que consumimos hoje, e penso que talvez eu adore a beleza real de um físico normal, sensual e dentro dos limites ético-humanos. Mulheres bombadas, masculinizadas, cuja até a voz é alterada, não, destas eu não considero fator de beleza e muito menos de saúde. Daí eu concordo com Paulo Moreira Leite e Letícia de Castro nas matérias abaixo de suas autorias.

 

O IMPÉRIO DA VAIDADE

 

Você sabe por que a televisão, a publicidade, o cinema e os jornais defendem os músculos torneados, as vitaminas milagrosas, as modelos longilíneas e as academias de ginástica? Porque tudo isso dá dinheiro. Sabe por que ninguém fala do afeto e do respeito entre duas pessoas comuns, mesmo meio gordas, um pouco feias, que fazem piquenique na praia?


Porque isso não dá dinheiro para os negociantes, mas dá prazer para os participantes.


O prazer é físico, independentemente do físico que se tenha: namorar, tomar milk-shake, sentir o sol na pele, carregar o filho no colo, andar descalço, ficar em casa sem fazer nada. Os melhores prazeres são de graça – a conversa com o amigo, o cheiro do jasmim, a rua vazia de madrugada – , e a humanidade sempre gostou de conviver com eles. Comer uma feijoada com os amigos, tomar uma caipirinha no sábado também é uma grande pedida. Ter um momento de prazer é compensar muitos momentos de desprazer. Relaxar, descansar, despreocupar-se, desligar-se da competição, da áspera luta pela vida – isso é prazer.


Mas vivemos num mundo onde relaxar e desligar-se se tornou um problema. O prazer gratuito, espontâneo, está cada vez mais difícil. O que importa, o que vale, é o prazer que se compra e se exibe, o que não deixa de ser um aspecto da competição. Estamos submetidos a uma cultura atroz, que quer fazer-nos infelizes, ansiosos, neuróticos. As filhas precisam ser Xuxas, as namoradas precisam ser modelos que desfilam em Paris, os homens não podem assumir sua idade.


Não vivemos a ditadura do corpo, mas seu contrário: um massacre da indústria e do comércio. Querem que sintamos culpa quando nossa silhueta fica um pouco mais gorda, não porque querem que sejamos mais saudáveis – mas porque, se não ficarmos angustiados, não faremos mais regimes, não compraremos mais produtos dietéticos, nem produtos de beleza, nem roupas e mais roupas. Precisam da nossa impotência, da nossa insegurança, da nossa angústia.


O único valor coerente que essa cultura apresenta é o narcisismo.

 

LEITE, Paulo Moreira. O império da vaidade. Veja, 23 ago. 1995. p. 79.

 

A PARANÓIA DO CORPO

 

Em geral, a melhor maneira de resolver a insatisfação com o físico é cuidar da parte emocional.

 

Não é fácil parecer com Katie Holmes, a musa do seriado preferido dos teens, Dawson's Creek ou com os galãs musculosos do seriado Malhação. Mas os jovens bem que tentam. Nunca se cuidou tanto do corpo nessa faixa etária como hoje. A Runner, uma grande rede de academias de ginástica, com 23.000 alunos espalhados em nove unidades na cidade de São Paulo, viu o público adolescente crescer mais que o adulto nos últimos cinco anos. “Acho que a academia é para os jovens de hoje o que foi a discoteca para a geração dos anos 70”, acredita José Otávio Marfará, sócio de outra academia paulistana, a Reebok Sports Club. "É o lugar de confraternização, de diversão."


É saudável preocupar-se com o físico. Na adolescência, no entanto, essa preocupação costuma ser excessiva. É a chamada paranóia do corpo. Alguns exemplos. Nunca houve uma oferta tão grande de produtos de beleza destinados a adolescentes. Hoje em dia é possível resolver a maior parte dos problemas de estrias, celulite e espinhas com a ajuda da ciência. Por isso, a tentação de exagerar nos medicamentos é grande. "A garota tem a mania de recorrer aos remédios que os amigos estão usando, e muitas vezes eles não são indicados para seu tipo de pele”, diz a dermatologista Iara Yoshinaga, de São Paulo, que atende adolescentes em seu consultório. São cada vez mais freqüentes os casos de meninas que procuram um cirurgião plástico em busca da solução de problemas que poderiam ser resolvidos facilmente com ginástica, cremes ou mesmo com o crescimento normal. Nunca houve também tantos casos de anorexia e bulimia. "Há dez anos essas doenças eram consideradas raríssimas. Hoje constituem quase um caso de saúde pública”, avalia o psiquiatra Táki Cordás, da Universidade de São Paulo.


É claro que existem variedades de calvície, obesidade ou doenças de pele que realmente precisam de tratamento continuado. Na maioria das vezes, no entanto, a paranóia do corpo é apenas isso: paranóia. Para curá-la, a melhor maneira é tratar da mente. Nesse processo, a auto-estima é fundamental. “É preciso fazer uma análise objetiva e descobrir seus pontos fortes. Todo mundo tem uma parte do corpo que acha mais bonita”, sugere a psicóloga paulista Ceres Alves de Araújo, especialista em crescimento. Um dia, o teen acorda e percebe que aqueles problemas físicos que pareciam insolúveis desapareceram como num passe de mágica. Em geral, não foi o corpo que mudou. Foi a cabeça. Quando começa a se aceitar e resolve as questões emocionais básicas, o adolescente dá o primeiro passo para se tornar um adulto.

 

CASTRO, Letícia de. Veja Jovens. Setembro/2001 p. 56.

Publicado por Rodrih às 14:34 | Link do post
Estado de Espírito:
BOLSONARO ME REPRESENTA



Dep. MANDETTA ME REPRESENTA





E se ela vier como vice-presidente, será PERFEITO!!!


RACHEL SHEHERAZADE





Publicado por Rodrih às 16:18 | Link do post
Estado de Espírito:

 

Black Blocks, ou melhor dizendo, black Orcs. 

Nas manifestações de junho de 2013 eu até achava coerente a vandalização em meio aos manifestos, que aconteceu com nossa pré-aprovação da raiva que sentíamos de um Governo prepotente, corrupto, usurpador, enganador, farsante, ordinário, mentiroso e extremamente omisso. Ver as explosões, a correria, o quebra-quebra nos fez sentir mais fortes, combatentes em uma causa, guerreiros em busca dos valores perdidos ou reprimidos. Nos fez sentir corajosos por estarmos brigando, caindo na porrada, por nossos direitos, nossos ideais. Mas o que era uma sensação de poder e força de um povo foi desmascarada, isto é, na verdade foi mascarada por uma organização criminosa, sem bandeira, sem causa, sem noção pelo o que se luta. Esse grupo, até então reconhecido como Anonymous teve sua identidade esmagada por uma facção extremamente mais hostil, tomada por vândalos, malogrados e deprimidos de toda natureza, verdadeiros "no sense" que não se importam por qual causa, nem valor ou mesmo ideal se luta, os Black Blocks, que só querem atacar, expor suas frustrações sociais, sexuais, profissionais e pessoais em forma de violência, agrassividade e muita destruição. Totalmente subversivos à margem da lei e da ordem. Agressores, impostores sociais, mal educados, mal amados e desalmados. Vivem em estado de esquizofrenia, reagem a um duplo imaginário frustrado e agressivo, que incita ordens de tirania, vandalismo, ataques contra o que estiver na frente e que não seja preto e sujo, porque é da sujeira que se nutrem, vangloriam o imundo, o fétido e o feio. A escuridão não está só em suas roupas e máscaras, está em suas almas de corações perversos e cheios de ódio por ninguém, ao mesmo tempo por todos. Na verdade, o ódio que sentem é de si mesmo por não se adequar ao sistema em que nasceram e viveram. Querem revolucionar, querem destruir para depois... bom, está aí uma boa pergunta para os black orcs. O que fazer depois, e se fosse possível, que o sistema caísse? Seriam eles os novos governantes? Criariam regras, leis que organizasse a nação? O que fariam? Dariam tudo de graça para todos? E como fariam recursos para sobreviverem como Estado? Negociariam políticas com as FARC? O Hezbollah? O Hamas? O país se resumiria em cidades cheias de drogados, viciados, vândalos, sujos, bandidos, assassinos, estupradores, frustrados, suicidas, terroristas? Todos vestidos de preto, todos com máscaras? O que querem os black Orcs??? Matar mais um repórter cinematográfico? Matar policiais? Matar gente inocente? Matar manifestante pacífico? Matar o prefeito, o governador? O que querem realmente? Querem ser Batman? Não, só querem vagar como meliantes, destruindo o que é belo, saudável e pacífico. Seguram faixa sobre "mais educação" e são péssimos alunos porque não se interessam em estudar. Reivindicam mais hospitais, mas não sabem o significado da palavra Saúde. Desordeiros, bárbaros, cuja vida não vale nada, nem suas, nem de ninguém, o que vale é o terror que provocam, sentem tesão por espetáculo violento e sangria a público. Mentirosos, falsos, não mostram a cara porque tem muito a esconder. Black Orcs, black blocks, black blood, humanos que não sabem como usar o cérebro de maneira racional e inteligente. Orcs famintos por vingança de não se sabe o que. Se a agressividade se valesse de uma organização inteligente, de permitir com que manifestantes lutassem e gritassem por seus direitos, se tivessem noção do que fazer depois da tomada do poder, então seria sim uma organização com um Q.I inteligente. Mas como formadores de quadrilhas, e não de opinião, esses meliantes que surgem de todas as esferas sociais querem, apenas, sentir a adrenalina de brincar de GTA ao vivo. Muitos se esquecem de que diferentemente dos jogos e dos filmes, suas vidas são apenas uma.

Publicado por Rodrih às 14:49 | Link do post
Estado de Espírito:








Publicado por Rodrih às 00:14 | Link do post
Estado de Espírito:
VISTO POR
contador
Comentários
Nossa ! Muito meu momento! Adorei as dicas, muito ...
O ruim das amizades eternnas é continuarem eternas...
Achei massa seu texto! Vou até ler de novo depois....
Obg por esclarecer o limpo
obrigadaaaa! Felicidades para você também! É de co...
Saudade de você mocinha do nordeste, terra das mai...
Oiii Rodrih das águas mais limpas de Brasília! Tud...
ENTENDI TUDOOOOOO!!!! Rô, muitíssimo obrigada pela...
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
20
21
22
23
24
25
26
27
subscrever feeds
SAPO Blogs