lectus farsa.png

 

Quando visualizei o comercial no Facebook do Lectus Caps prestei atenção nos depoimentos, depois fui ver o conteúdo, o contexto e por algum motivo me deixei convencer que se tratava de um suplemento mental poderoso. Ledo engano! Comprei o Lectus Caps para experimentar, foram 3 frascos. Chegaram e estava ansioso para começar a tomar as cápsulas, então abri os depoimentos novamente e munido de alegria que minha mente seria turbinada comecei a tomar. Depois de 1 frasco e sem perceber qualquer mínima evolução no processo de estudos e linguagem técnica que estava envolvido, me senti desconfortável por talvez ter comprado "gato por lebre", então fui tomar o segundo frasco, tomando o cuidado de tomar no horário certo diariamente e conforme recomendado pelo produto. Simplesmente nenhum efeito, nem aumento de atenção, disposição, capacidade lógica, desenvoltura mental, nada, simplesmente nada. Só então, depois de já ter comprado e consumido dois frascos foi que lembrei do site Reclame Aqui, e fui lá procurar se tinham reclamações a respeito desse produto e para minha surpresa, é o que mais se tem! Não acredito que as autoridades não confiscaram esse laboratório irresponsável. Não compreendo que esse produto ainda está sendo vendido e não consigo acreditar que eu caí no conto do vigário. E basta procurar para se ver que não há possibilidades de potencializar a capacidade neural com cápsulas, gotas, pó ou qualquer substância química, tudo não passa de fantasia. Precisamos acessar o site Reclame Aqui e Consumidor.gov.br antes de comprar alguma coisa, principalmente que entre em contato direto com nossa saúde. Eu comprei, e até arrisquei minha saúde, mas recomendo fortemente que você não consuma essas promessas, pois além de estar jogando dinheiro fora, poderá estar danificando seu organismo, principalmente seu cérebro. 

f2dfdd9c-92f5-4154-8644-9aa32a95c809.jpg

Não compre!

 

 

Publicado por Rodrih às 15:12 | Link do post

Resultado de imagem para carro de garagem

Estava conversando com uma amiga sobre o custo de ter um carro gera hoje em dia, quando se tem aplicativos para mobilidade como Uber, 99pop dentre outros que pegam carona na rabeira das startups. Se você parar para pensar no quanto está perdendo dinheiro e ganhando motivações para se estressar não estaria fazendo sequer metade das coisas que faz hoje em dia. Nosso ego é responsável pelos pecados que cometemos, quer seja contra o próximo, quer com nós mesmos. Estamos o tempo todo nos autossabotando ou sabotando alguém. Até mesmo quando consumimos estamos contribuindo com algum malefício com alguma coisa ou alguém, como é o caso da Nutella, em que degradamos indiretamente a natureza com o óleo de palma. Se todos consumíssemos em nossos carros o etanol, provavelmente o preço da gasolina baixaria consideravelmente, e por aí vai. Estamos alimentando nossos egos e dando um fôda-se para o todo, como se cada um de nós fosse independente à existência do outro, quando na verdade somos todos parte da mesma natureza, cada um semelhante do outro, ainda que em alguns falte alguma parte externa ou interna, somos todos humanos. Então papo vai, papo vem, e não sei a que cargas d'água eu comecei a refletir sobre o quanto estaríamos pagando para ter um carro, independente da marca ou valor patrimonial. Ah, sim! Lembrei, estávamos falando sobre o preço da gasolina, quanto pagamos de gasolina por dia pelo carro que temos. Como o carro dela tem praticamente o mesmo valor do meu, tomamos por base R$ 60.000,00. Somamos outros valores para mensurar o primeiro ano com o carro. Incluímos o valor do seguro, aproximadamente R$ 3.000,00, mais o consumo anual de combustíveis, considerando um consumo de trezentos reais por mês, teríamos R$ 3.600,00 por ano. Mais o preço de duas ou três revisões na concessionária, a quinhentos reais cada, na média, então R$ 1.500,00. Considerando que lavamos o carro no lava-a-jato duas vezes por mês a trinta reais na média, são R$ 360,00 por ano. Incluímos mais R$ 500,00 no ano de manutenções como óleo, conserto de pneus, alinhamentos, lâmpadas, enfim, coisinhas extras que surgem. Temos um total de R$ 65.360,00. Então pegamos esse total e dividimos em doze meses, resultando em R$ 5.447,00 por mês. Daí dividimos esse valor por trinta dias para mensurar o custo diário, então chegamos a R$ 181,55. Pronto! Tirando o carro da garagem ou não - isso sem contar com o custo de combustível e possíveis manutenções caso resolvamos pegar uma estrada para viajar hein... temos um custo diário de R$ 181,55. Ou seja, se eu resolvo olhar para o carro e inventar de ir à padaria, que está localizada a duzentos metros de onde moro, vou ter pago nessa saidinha o valor de R$ 181,55, mais o que eu inventar de comprar na padaria. Mas se eu resolver olhar pro carro e deixa-lo lá na garagem, indo a pé até a padaria, quanto estarei pagando para ir no chinelão passo-a-passo até chegar lá e ter o custo da compra? Exatamente, R$ 181,55 mais o valor do que eu gastar por lá. E se eu inventar de amarrar meu carro num outro pra ser puxado e não ter que ligar o motor, andando pra lá e pra cá ou se resolvem colocar o meu carro sobre uma plataforma de um caminhão-guincho, quanto estarei pagando pra esse rolê? Isso aí, R$ 181,55 mais o serviço do caminhão-guincho. Entretanto, se eu passar o dia todo na cama, num domingo preguiçoso, e o carro lá estacionadinho, sim, estarei pagando pra ele ficar quieto a grana de R$ 181,55. Não tem jeito, estarei pagando isso todo santo dia durante um ano sem fim. Mas se eu for usar o Uber para me levar onde eu pretendo ir, quanto estarei pagando por dia? Bom, muito menos do que R$ 181,55. Se inventar de sair e voltar a uma distância de dez quilômetros, o custo será de aproximadamente R$ 15,00 (estou vendo aqui pelo app com uber x) a ida e mais R$ 15,00 a volta mais ou menos, serão R$ 30,00. Se eu quiser ir mais longe, uns quarenta quilômetros mais ou menos, o valor da corrida será de R$ 36,00, e a volta mais R$ 36,00 resultando em R$ 72,00 somado aos R$ 30,00 teremos R$ 102,00 - que fecha o dia num lucro de R$ 79,55. Se eu fizer esse percurso todos os dias, estarei pagando em um ano o valor de R$ 37.230,00 que, comparado ao valor com carro próprio, teremos uma economia de R$ 28.130,00. Então, pensando bem, ter carro próprio é para atender ao ego, não às necessidades reais pessoais. Quem tem um carro de R$ 30.000,00 vai estar pagando a diária de R$ 105,00 considerando todos os fatores acima discriminados. Você teria R$ 100,00 para gastar todo santo dia?! Então fica a reflexão sobre se vale realmente a pena ter carro, já que você poderá não ter um modelo seu, mas poderá andar em vários modelos diferentes todos os dias, não terá as multas, o risco de acidente reduzirá enormemente, você poderá mexer no whatsapp, instagram e até ver vídeos durante o trajeto, além de poder contemplar a vista, quer sejam as lojas - em que poderá descobrir promoções, ou mesmo a paisagem, ouvindo música, sob um interior climatizado e podendo até ter água mineral e guloseimas à disposição. Fui motorista de aplicativo Uber e 99pop por um ano e meio aproximadamente e no meu carro tinham mimos que chamavam a atenção como wi-fi, escova de sapato, absorventes para emergências das passageiras, lenços umidecidos, pentes descartáveis, alguns remédios-chave para dor-de-cabeça, enjôo, embriaguêz, desodorante aerosol, além de água sempre gelada, chocolate, balas e pirulitos. Também tinham revistas e gibis. E a clientela que costumava atender eram pessoas da classe AB, B e BC, dentre médicos, empresários, servidores públicos, jornalistas etc. Muitos deixavam suas Mercedes Benz na garagem para andar de Uber. Foi aí que comecei me atentar para esse detalhe. E uma maioria dizia que vendeu seus carros e andam somente de Uber, impactando uma economia significativa, que se convertia em viagens mais agradáveis ou investimentos melhores noutras coisas. Da mesma maneira tem que pensar o motorista de aplicativo, isto é, tem que calcular aproximadamente quanto é o custo do seu veículo diário e trabalhar para superar esse valor por dia. Só assim estará recebendo para trabalhar e não pagando. Percebi que pessoas inteligentes sabem usar bem o dinheiro que tem, e isso requer abrir mão de vaidades, coisa que o ego não está muito disposto a ceder. E aí? Quanto você está pagando por dia para ter um carro na garagem à sua disposição?

Publicado por Rodrih às 17:30 | Link do post
VISTO POR
contador
Comentários
Nossa ! Muito meu momento! Adorei as dicas, muito ...
O ruim das amizades eternnas é continuarem eternas...
Achei massa seu texto! Vou até ler de novo depois....
Obg por esclarecer o limpo
obrigadaaaa! Felicidades para você também! É de co...
Saudade de você mocinha do nordeste, terra das mai...
Oiii Rodrih das águas mais limpas de Brasília! Tud...
ENTENDI TUDOOOOOO!!!! Rô, muitíssimo obrigada pela...
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
SAPO Blogs