Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

...

13.07.10, Rodrih

Podemos tentar evitar de fazer escolhas através de não fazermos nada, mas mesmo isso é uma decisão.”

( Gary Collins )

Escolhas… Tudo o que acontece com você é fruto de alguma escolha que você fez. Não há outra saída, o fruto das escolhas que faz são a sua realidade hoje, foi sua alegria ou tristeza no passado e será no futuro. Então se você prestar atenção usando do raciocínio lógico verá que só cabe a você fazer escolhas conscientes. Sim, cons-ci-en-tes! Não é ”fazer a melhor escolha”, porque como saber que estamos fazendo a melhor escolha?

A primeira, e talvez única, melhor escolha que você pode fazer por você é:

NÃO SE ILUDA e FAÇA ESCOLHAS CONSCIENTES.

Mas o que isso tem a ver com todo o contexto? Tudo! Tem tudo a ver e mais um bocado. Quando você assume a responsabilidade pelas escolhas que faz, você está deixando de se iludir e também, simultaneamente, você está tomando posse da consciência dos seus valores. Sim. Escolhas conscientes valem mais do que papel assinado, muito mais do que discurso para platéia de amigos, inimigo e parentes, vai além das aparências porque simplesmente você estará se resguardando de valores para fazer escolhas.

Uma escolha feita com base em valor que você tem, quer seja por educação espiritual ou familiar, quer seja pelas surras da vida ou pelo conhecimento que você tem sobre as coisas passará a ser uma ação Inteligente e mais segura. Isso não quer dizer que você não venha a sofrer os resultados da escolha que faz, ainda que calcada de valores, mas você não será pego de surpresa, como atualmente acontece com todos nós ou pelo menos com a maioria das pessoas.

Até mesmo na natureza a escolha é a decisão de vida ou morte para os animais, basta ver aqueles que são atacados por predadores e escapam. Escapam porque escolheram que naquele momento não aceitam ser alimento deles (dos predadores).

Se a natureza ensina, então o que devemos aprender é que mesmo se você não queira fazer absolutamente nada, já está fazendo a sua escolha e isso lhe trará resultados, independente se bons ou ruins, os resultados virão, mas se você tiver consciente sobre a opção de não fazer nada, as conseqüências serão menos desastrosas e não pegarão você de surpresa, jamais.

Paz e Bem!