Post redigido no Sábado em 10 de maio de 2014 por Randerson Figueiredo, gentilmente autorizado pelo autor em 16.08.18, sob a referência: http://bit.ly/AVIDAALHEIA-POR-RANDERSONFIGUEIREDO

frases-facebook-nao-fale-mal-da-vida-alheia - Jung 

Saber lidar com situações desagradáveis não é nada fácil quando se está em questão a nossa vida. A vida alheia é um prato cheio para os desocupados de plantão, ô se é hein? Principalmente quando essa vida é repleta de fartura de bons momentos. Como este é um blog sério, não quero aqui demonstrar recalque e nem citar nomes até mesmo porque as pessoas que iria citar não teriam tempo de ler o blog, justamente ocupando seu tempo com a vida dos outros. Agora cito uma denominação junguiana: projeção. A prática da fofoca, que contamina lares, ambiente de trabalho, esporte, enfim é uma tremenda prática da projeção. A fofoca é uma projeção nociva a quem quer que seja, pois a pessoa que fofoca projeta suas frustrações no outro. Ela não se sente realizada com aquilo que tem e procura de alguma maneira se satisfazer com detalhes efêmeros e desgastantes. E por falar em desgastante vem à tona outra palavra recorrente chamada inveja, mas depois aprofundo este tema. E também tem o outro lado da moeda que pessoas fazem de tudo para aparecer, querem estar na mídia a todo instante, já essas fazem questão que a sua vida seja espalhada aos quatro cantos do mundo. E dizem que os outros estão com inveja, mas é sabido que a inveja que o invejado tanto diz sofrer parte de sua projeção com o olhar do outro. E muitos até confessam que falam da vida alheia porque não tem nada de interessante para fazer e que suas vidas são monótonas e maçantes, e completam que a vida do outro é mais interessante que a sua. Na grande maioria dos casos (para não dizer sempre, para não ficar deselegante) são pessoas vazias e sem a menor noção de civilidade com o direito de privacidade alheia. Essa sensação de insatisfação com a própria vida é um sinal que tudo vai de mal a pior quando o foco é o outro. O filósofo austríaco Wittgenstein nas suas aulas na universidade dizia sempre aos seus alunos que se cada um cuidasse da sua vida o mundo não estaria a m**** que está, bem ele não disse com estas palavras, mas foi mais ou menos isso. O que quero dizer é que ao cuidarmos de nossas vidas estamos corroborando a ideia de que somos donos do nosso próprio destino e não meros ventríloquos. É sensato afirmar que o filósofo citado acima e Jung estão cobertos de razão, agora vale ressaltar que por mais que a vida do outro seja algo interessante, procurar uma ocupação também não é nada mal.

 

Publicado por Rodrih às 20:04 | Link do post
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
contador
Comentários
Oiii Rodrih das águas mais limpas de Brasília! Tud...
ENTENDI TUDOOOOOO!!!! Rô, muitíssimo obrigada pela...
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
ERA O QUE EU PRECISAVA. ALGUMAS COISAS JÁ ESTAVA C...
Rodrigo Caldeira obrigada pelo texto incrível e es...
Vanessa Xavier, eu quem agradeço seu carinhoso com...
"Divindade, limpe em mim as memórias que estão cau...
Gostei cara! tirou a ideia de budismo . tencnca é ...
Oi Eliana, sou muito grato por tê-la no blog e pri...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Agosto 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
SAPO Blogs