ho_oponopono2copy1-1030x662.jpg

Primeiramente me desculpe pelo tamanho do texto, mas foi necessário para que todas as pessoas que lessem, pudessem absorver o conteúdo sem fantasias, sem ilusões. Num primeiro momento redigi esse texto como um único bloco, seguindo o modelo deste blog, também tratei a dinâmica do ho'oponopono de uma forma que, nessa revisão, retirei essa dinâmica depois de conversar e trocar informações com outras pessoas entendidas do assunto e formadoras dessa opinião, mais precisamente. Para uma leitura mais confortável - dado o tamanho do texto, vou separá-lo em intervalos. Desejo que você leia e absorva esse conteúdo inteiro e, por estar agora com intervalos, você poderá retornar para reler quantas vezes for necessário. Sugiro que copie e cole o texto em negrito, depois imprima para poder guardar com você para que possa recitá-lo sempre que possível ou necessário. 


Desmistificando o conceito: Quando sofremos com algum problema, seja ele um problema de relacionamento com outra pessoa, problema de saúde, ou quando a autoestima está em baixa, quando nada parece dar certo, ou não ter solução em vista, o que continuamos fazendo? Continuamos buscando soluções e respostas através da atividade da mente, da análise de experiências passadas, do conhecimento adquirido ou consultado, tudo isso é o intelecto querendo resolver os problemas. Não somente nesses casos, mas quando os pensamentos vêm na forma sorrateira da autossabotagem também. Então temos o Ho’oponopono como aliado. Compreendemos que o intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas. Uma coisa que precisa ser entendida aqui é que não identificamos o Ho'oponopono como religião ou doutrina de fé, mas uma técnica pela qual se pretende alcançar resultados a nível de subconsciente. As pessoas, em geral, estão confundindo as coisas, misturando Jesus, Buda, toda espiritualidade no ho'oponopono, fazendo uma salada mista com conceitos. Daí a coisa se perde em tantas ideias novas e bem diferentes da original, cada uma no seu mais particular interesse de convencer as pessoas de suas crenças de fé, daí você verá todo tipo de referência com mantras, imagens e até idealizações espirituais para dar um sentido mais extraordinário à técnica, que é simples, e de tão simples parece que precisa de adornos para justificar o poder dos resultados que produz. Mas não é por aí, tem que parar de mistificar as coisas e torná-las, enfim, reais; sem "contatos imediatos do terceiro grau", se é que me entendem. 

Ao fazer o Ho’oponopono você considera o entendimento que você é um ser humano possuidor de alma, certamente. É como se você fosse formado por várias camadas de energia. Então, considere isso para ficar mais fácil de lhe dar o entendimento sobre este assunto. Visualize em você que a sua camada mais sublime é aquela que não comete erros materiais, não está ligada na sua matéria, ou seu corpo, mas está ligada em você através do seu subconsciente. É o seu EU mais puro, que não se mancha com suas escolhas, mas sofre por elas... e sofre bastante. É o seu EU divino, por assim entender, o seu EU isento de malícia, de maldade, mas que sofre se você fizer ruindade. E quais são os tipos de ruindades? São todas as coisas que você sabe que não são saudáveis mental, física, psicológica, material, social, pessoal etc.. e todo ato nocivo a todas as suas camadas de energia, até chegar na alma que você tem. Sua alma é intuitiva, é sublime, é dócil e pode antever situações ruins impedindo que você seja envolvido e se dê mal, apesar que muitas vezes estamos tão vaidosos, que não percebemos seus sinais e até mesmo, acredite, seus sussurros. É através da alma que toda energia do Universo acessa você e se faz acontecer na sua vida. Não pense que há um filtro na alma para que você se dê bem, porque não há. Lembra do que foi dito, que ela não tem malícia, não tem maldade? Pois'é, ela não faz julgamentos, apenas corresponde ao que seu subconsciente permite ou demanda. Simples assim. Sua alma não determina o que pode ou não pode acessar seu consciente e tampouco a sua vida das coisas provindas do Universo, ela simplesmente recebe e faz chegar até você, justamente por causa de suas escolhas, suas palavras, seus atos. A ela resta o sofrimento ou o bem-estar, isto é, a famosa “paz de espírito”. Outra coisa que precisa ser esclarecida é quando se diz “Universo”, se estaria se referindo a Deus. Olhe para o céu à noite, veja que todo o firmamento é o Universo. Deus está no universo. O universo está em Deus. Então sua interpretação não está errada. Sua alma é a sua divindade, porque ela é pura, é simples, é neutra. Se Deus fez o homem sua imagem e semelhança, então a divindade está em Deus e se está n'Ele, logo dá para entender que o divino está em sua alma.

Tá, acredito que você já entendeu o sentido disso e compreendeu que não estou fazendo menção à religião ou doutrina de fé, porém à uma técnica que irá trabalhar o seu EU divino, a sua divindade, o seu EU interior simples, puro, sem mácula. Ok. Então você tem no ho'oponopono uma técnica em que você faz uso de palavras-chave que irão limpar, purificar a origem de problemas em sua vida. Esses problemas provêm de recordações negativas, memórias de suas escolhas malfeitas, escolhas de seus familiares, parentes, amigos, conhecidos e desconhecidos. Escolhas de gente lá do seu passado, dos seus antepassados e que o desdobramento dessas escolhas ruins refletiu por toda sua geração familiar. Tudo o que acontece no mundo está acontecendo por responsabilidade sua também. E tudo o que acontece em sua vida está acontecendo por responsabilidade de outras pessoas da mesma forma. É muita ousadia você dizer que o que acontece com o outro não tem nada a ver com você, porque tem sim, até mesmo do outro lado do mundo.

Compreendendo o pensamento sistêmico: É só você pensar numa coisa simples que você tenha aí com você. Veja que está usando uma roupa. Essa roupa não surgiu do nada, alguém a costurou. Mas ela não se tornou pano sozinha, alguém a teceu. Alguém deu cor ao tecido. Alguém levou esse tecido até o lugar de tingimento. Alguém preparou o tanque de tingimento. Antes de ir para tingir, antes de ir para alguém tecer e criar o tecido, alguém colheu o algodão, mas antes alguém plantou a semente de algodão. Antes disso, alguém preparou a terra para o plantio. O preparo da terra precisou de insumos que alguém produziu, e para que os insumos fossem produzidos alguém teve que construir o galpão para armazená-los. Alguém produziu os tijolos do galpão, outros produziram o cimento, outros cortaram a madeira para a construção, alguém cortou a árvore para fazer tábuas para ser cortada na construção. Antes alguém plantou a árvore, outro preparou o solo, outro preparou a irrigação e por aí vai. O alimento que nutriu os operários todos, alguém produziu, alguém preparou, alguém plantou ou abateu para obter a carne, teve quem alimentasse os animais, e a coisa não para. É tanta gente que passou pela história da sua roupa, que podemos considerá-la os antepassados da roupa, concorda? Pois bem, assim é você, que traz consigo o "DNA" mental de seus tataravós, bisavós, avós, pais, e sabe-se lá quantas outras pessoas que vieram antes de você. Há quem diga que você traga consigo máculas de vidas passadas, mas eu, particularmente, não acredito nisso, porque não entro nos méritos da fé. Vou até onde eu tenho consciência do que consigo compreender. Se essa ideia de vidas passadas for uma premissa verdadeira, não serei eu quem debaterei sobre tal coisa.

Então você tem em sua mente milhares de conteúdos inúteis, que em nada servem senão, e apenas, para ferrar sua vida com esse "DNA" mental vindo lá do passado, passando de geração em geração até chegar em você. E de você passará para outras pessoas que virão depois de você, quer sejam seus filhos, quer sejam sobrinhos, filhos de amigos, qualquer criança, adolescente, pessoa mais jovem que você, porque de uma maneira ou de outra você passará seu conteúdo opinativo para alguém. Daí que a ideia do ho'oponopono é dar um "reset" nessas memórias passadas, isso mesmo, deletar, apagar, neutralizar seus tantos megabytes de memória, como se sua mente fosse um computador ou um celular, em que esses aparelhos precisam descarregar suas memórias inúteis, para continuarem funcionando saudável para você. Seu cérebro precisa fazer o mesmo e uma coisa que já é natural no ser humano são os sonhos. Só que os sonhos não te dão controle sobre eles, daí que você estaria usando de um mecanismo natural e pouco eficiente para sua limpeza de memória mental. Há quatro palavras que você menciona repetidas vezes para ativar o processo de limpeza de memórias de sua mente, mais precisamente seu subconsciente - que tudo capta e nada filtra. Você deverá dizer: "Eu sinto muito", "Me perdoe", "Te amo" e "Sou grato". Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo essa energia é libertada e transmutada em pura luz por sua divindade. E dentro de você o espaço liberado é preenchido pela neutralidade.

Lembra que foi dito que tudo vem do Universo para você? Pois'é, quando sua mente subconsciente está cheia de memórias ruins, lembranças desagradáveis, sentimentos de incapacidade, ansiedade, egoísmo, raiva, revolta, desânimo, pensamentos ruins etc., o Universo corresponderá ao seu sentimento e enviará mais situações que fomentarão exatamente as mesmas sensações já presentes na sua mente. Então quando você neutraliza a mente subconsciente, você se esvazia dessas considerações e o Universo só emanará aquilo que sua Divindade almejar, que será exatamente o que seu subconsciente estará desejando, isto é, paz, amor, gratidão, felicidade, perdão, bem-estar, sucesso, prosperidade, conforto, prazer etc.. Mas como é que o Universo vai enviar isso? Oras, vai permitir que tudo o que traga paz aconteça em sua vida. Tudo que traga amor, gratidão, felicidade etc. Se ser uma pessoa próspera fizer seu subconsciente emanar mais energia de gratidão, de paz, de felicidade, bem-estar por exemplo, mais o Universo se encarregará de fazer sua vida receber outros tantos motivos para manter essa energia assim em você. Se você diz que é pobre, que é azarado, que tudo de ruim acontece com você, então faça um seguro de vida, porque o Universo dará a você toda estrutura para que continue reclamando e tendo o pior em sua vida. Simples como 1+1 são 2.

Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, ou sua origem. A sua responsabilidade está em não permitir que o padrão se repita, gerando mais problemas, perpetuando a condição de sofrimento. Isso porque o ser humano só pode viver de duas maneiras: uma, pela programação adquirida, memórias se repetindo, e outra pelas inspirações, que são divinas, isto é, vem da sua divindade. No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação à uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza: "Divindade, limpe em mim as memórias que estão causando este problema. Transmute-as em pura luz", ou seja, você estará falando oralmente ou em pensamento com seu EU mais puro, seu ser sublime, sua divindade. Então use as frases desta sequência: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato” várias vezes, então você poderá destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar. 

Compreendendo os comandos e suas compreensões: Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa saber os detalhes) penetrou no seu sistema corpo e mente. Você expressa seu reconhecimento pessoal pelo o que lhe trouxe aquilo. Ao dizer “Me perdoe” você está pedindo à Divindade em você para te perdoar pelas escolhas que tem feito, pelas escolhas e decisões tomadas por seus antepassados e que, de alguma forma, está ecoando na sua mente subconsciente, que veio de geração em geração através do "DNA" mental de cada antepassado. “Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em fluidez, religa você ao Divino, à sua Divindade, ou seja, você faz as pazes com seu EU sublime. “Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua certeza de que tudo já está resolvido, solucionado.

Não adianta pensar que as coisas "serão", porque ao acreditar que ainda "serão" o Universo emanará sempre expectativas para que o seu "serão" permaneça no Futuro do Presente e nunca no Presente. Acredite que já é, já está acontecendo, mas só acreditar não basta, você precisa passar a sentir isso. A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pelo Universo, que acessará a sua vida através da sua Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Ações externas poderão resultar em seu benefício próprio, conspirado para te alegrar, te realizar, fazer você se beneficiar, a fim de manter você nesse sentimento de conquista. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo você perceberá que aquilo que antes era um problema que não saía da sua mente, já passará a não mais ter sentido. 

Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você, somos todos Um, portanto toda cura é autocura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora, ou seja, a pessoa de seu convívio ou que convive ao seu redor também reflete essa cura. É um processo pessoal, é seu. Se você quiser entender mais sobre a história do ho'oponopono vale a pena assistir esse vídeo bem explicativo do Paulo César (http://bit.ly/hooponopono-paulocesar), que consegue trazer o conceito com sensatez e pés no chão. Num dado momento, ele diz que um dos divulgadores do ho'oponopono, um terapeuta havaiano, o Dr. Ihaleakala Hew Len disse que a pessoa poderia até recitar o m&m, isso mesmo, o nome daquele chocolate de discos coloridos como processo da técnica de limpeza mental, porque o que ele quis dizer com isso é que não é relevante a palavra dita, e sim o sentimento pelo qual a pessoa emana sua técnica de limpeza mental. Mas, obviamente, o melhor a fazer é usar as palavras que entendemos, por serem as mais afetuosas e amorosas para lidarmos com nosso EU divino, já que ele não me julga pelas palavras, mas pelo sentimento que emano quando as uso, por isso esse exemplo bobo, de substituir tais palavras por outros nomes, por mais tolos que pareçam ser, já que o que importa é o que sua mente sente e não o que sua boca fala. É importante frisar que falam por aí de um "novo ho'oponopono", mas não o faça, é uma variação arriscada e contudo ineficaz no processo de limpeza, cura e libertação (para entender melhor, assista ao vídeo http://bit.ly/novo-hooponopono-nao). Ninguém precisa reinventar a roda, porque ela já foi inventada e continuará sendo circular, tão simples como já é.

Daí depois do Dr. Len teve uma senhora, a Morrnah Nalamaku Simeona, que foi reconhecida como uma kahuna lapa'au no Havaí - que era como uma Conselheira, uma pessoa de extrema sabedoria num colegiado havaiano e ensinou sua versão atualizada de hoʻoponopono em todos os Estados Unidos, Ásia e Europa, que expandiu mais ainda esse conceito, dada à sua influência social, também à sua percepção até espiritual da coisa toda. E recitou um diálogo com a Divindade, neste caso, cada um recitaria esse diálogo com o seu próprio EU sublime, obviamente. Ela redigiu esse diálogo segundo sua crença e eu postarei aqui sem fugir do contexto original, sem adicionar nada, apenas limitar a fala desse diálogo ao que basta sua compreensão. Aqui está a redação de Simeona, criadora do Processo Ho’oponopono da Identidade Própria, um texto de um diálogo simples e poderoso. Não existe uma regra para recitar o Ho’oponopono. As mulheres recitam a frase "sou grato" como "sou grata", certamente. Não é necessário estar em processo de meditação e você pode recitá-lo quantas vezes quiser ao longo do dia: 

Copie e cole no word para imprimir e ler sempre a partir daqui:

  • Divino Criador, Pai, Mãe, Filho - todos em um. Se eu, minha família, os meus parentes e antepassados ofendemos a Sua família, parentes e antepassados em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nós pedimos o Seu perdão. 

    Deixe que isto se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas. Transmute essas energias indesejáveis em pura LUZ. E assim é.
  1. Para limpar o meu subconsciente de toda a carga emocional armazenada nele, digo uma e outra vez durante o meu dia as palavras-chave do Ho’oponopono.EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO. 

  2. Declaro-me em paz com todas as pessoas da Terra e com quem tenho dívidas pendentes. Por esse instante e em seu tempo, por tudo o que não me agrada de minha vida presente EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  3. Eu libero todos aqueles de quem eu acredito estar recebendo danos e maus tratos, porque simplesmente me devolvem o que eu fiz a eles antes, em algum momento da vida. EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  4. Ainda que me seja difícil perdoar alguém, sou eu quem pede perdão a esse alguém agora, por este instante, em todo o tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente. EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  5. Por este espaço sagrado que habito dia-a-dia e com o qual não me sinto confortável, EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  6. Pelas difíceis relações das quais guardo somente lembranças ruins. EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  7. Por tudo o que não me agrada na minha vida, no meu trabalho e o que está ao meu redor, Divindade, limpa em mim o que está contribuindo com minha escassez. EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  8. Se meu corpo físico experimenta ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor, pronuncio e penso: Minhas memórias, eu te amo! Estou agradecido pela oportunidade de libertar vocês e a mim. EU SINTO MUITO, ME PERDOE, TE AMO, SOU GRATO.

  9. Neste momento, afirmo que TE AMO. Penso na minha saúde emocional e na de todos os meus seres amados… TE AMO.

  10. Para minhas necessidades e para aprender a esperar sem ansiedade, sem medo, reconheço as minhas memórias aqui neste momento. SINTO MUITO, TE AMO.

  11. Minha contribuição para a cura da Terra: Amada Mãe Terra, que é quem Eu Sou… Se eu, a minha família, os meus parentes e antepassados te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações desde o início de nossa criação até o presente, eu peço o Teu perdão deixa que isso se limpe e purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas, transmute estas energias indesejáveis em pura LUZ e assim é.

    Para concluir, minha Divindade, digo que este diálogo é minha porta, minha contribuição à tua saúde emocional, que é a mesma minha, então, esteja bem. E na medida em que você vai se curando eu te digo que EU SINTO MUITO pelas memórias de dor que compartilho com você. TE PEÇO PERDÃO por unir meu caminho ao seu para a cura. TE AGRADEÇO por estar aqui para mim... E TE AMO por ser quem você é.

Copie e cole no word para imprimir e ler sempre até aqui.

Acréscimos finais: Se quiser aprofundar-se na mentalização das palavras-chaves "Sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato", poderá fazê-lo por 108 vezes, que são as contas contidas num Japamala, que é uma espécie de cordão com bolinhas, de origem indiana e contém 108 contas para você seguir uma quantidade de repetições eficientes, que tornará plena sua conexão com seu divino. Então diga o seu nome e em seguida as frases, por exemplo, vou usar meu nome só para ilustrar: "-Rodrigo, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. - Rodrigo, sinto muito, me perdoe, te amo, sou grato. -Rodrigo, sinto muito, me perdoe te amo sou grato"... e assim sucessivamente. Poderá dizer o nome da pessoa que te magoou, da pessoa enferma, daquele que te deve, do trabalho que não gosta, da função, da situação de sua vida, enfim, você é quem determina como vai ser. A palavra japamala vem do sânscrito onde “jap” significa “murmurar, sussurrar” e “mala” quer dizer “cordão, colar”. Podem ser confeccionados de diversos materiais e decorado de inúmeras formas. No entanto, devem ter sempre 108 contas ou divisores desse número em 54 ou 36 contas, caso a pessoa queira fazer uma sequência não muito longa de cada vez durante o dia. Serve para contar o número de vezes em que se recita algo ou para contar as respirações feitas durante a meditação. É um artesanato muito utilizado para ajudar nas orações e mentalizações como marcador e nada mais. Espero ter conseguido falar do ho'oponopono sem ilusões e desejo que faça desse entendimento a compreensão de muitas outras pessoas, para que essa técnica possa alcançar e beneficiar todos aqueles que você gosta e os deseja ver bem!

Publicado por Rodrih às 11:54 | Link do post
Oi bom dia. Me chamo Natanaela, sou brasileira, tenho 36 anos, dentista e moro no Suriname. Aqui trabalho junto a ONU e Médicos Sem Fronteiras e aplico o Hooponopono na minha vida e na vida de quem amo. Primordialmente e por antecipação agradeço por doar seu tempo em redigir um texto muito bem explicado sobre o Hooponopono. Estava cansada de ver tantos vídeos tentando explicar a técnica cheias de firulas tendenciosas ao misticismo dispensável. Eu também acredito que não seja por aí o raciocínio desse procedimento. O livro de Joe Vitale não argumenta com misticismo o Hooponopono e não compreendo o motivo dessas pessoas se interessarem em fazer isso. Obrigada e muito obrigada por compartilhar sua compreensão sensata e centrada, esmiuçada para que muitos possam usar sem medo de estar se envolvendo com coisas ocultas ou de outras doutrinas, até porque não há. Sou cristã e seu texto me permitirá enviar o entendimento para meus familiares a amigos cristãos, agora sem receio algum Obrigada e Deus abençoe você e sua família.
Natela a 29 de Agosto de 2018 às 12:13
Prezado Rodrigo,


Que texto maravilhoso e esplanador. Grandes conhecimentos adquiri com este texto, e obrigado por isto! 
Por coincidência, no passado recente estava fazendo uso dessa técnica nas meditações no trabalho é otimos resultados, tinhamos. Mas como você disse ao longo do texto, posso aplicar ao longo dia, não necessariamente num dado momento, somente! Tempo este que nem sempre nós dispuzemos, neh? É depois com tantos embaraços na minha mente sobre religião, levava mesmo por este lado, motivo este acabei deixando de fazer, apesar de gostar muito dessas coisas, soava uma incógnita do que eu estava praticando. Isto mesmo, rsrsr... 
O texto ficou tão desmetificado, esclarecido e explicativo. Só me falta vê os vídeos. Farei meus mantras sem nenhum receio, agora.


Obrigado mais vez por compartilhar conosco os seus conhecimentos, Rodrigo.


Abs.


Eliana
Sobradinho/DF.
Anônimo(a) a 29 de Agosto de 2018 às 14:35
Oi Eliana, sou muito grato por tê-la no blog e principalmente compartilhando sua opinião com todo carinho que nela contêm! Sim, realmente, me incomodava muito ouvir ou ler sobre os conceitos que outros davam a respeito da técnica. Lembrando que a técnica são as 4 frases: Sinto muito, Me perdoe, Te amo e Sou Grato. O texto que chamei de diálogo ou oração veio para complementar o sentimento que a técnica traz e isso deixou o conjunto da obra imensamente simples e eficiente. Sim, agora poderá usá-lo sem medo, bastando saber separar as coisas quando assistir a alguns vídeos tendenciosos.
Rodrih a 29 de Agosto de 2018 às 14:46
Natanaela, obrigado por compartilhar aqui sua experiência com este texto, e acredito sim que poderá ajudar muitas pessoas agora, com essa desmistificação. Boa sorte pra você aí no seu trabalho com os Médicos Sem Fronteiras, saiba que sou muito fã desse projeto!
Rodrih a 29 de Agosto de 2018 às 14:42
Gostei cara! tirou a ideia de budismo . tencnca é tecnica e o resto é colorido. Vlw! 
Cabeça a 29 de Agosto de 2018 às 16:37
"Divindade, limpe em mim as memórias que estão causando este problema. Transmute-as em pura luz"
Depois que comecei a praticar o ho'oponopono, notei uma grande diferença na minha vida! Eu recomendo!
Fico muito feliz Rodrigo com seu empenho em divulgar este assunto, para que assim mais pessoas conheçam e tenham essa experiência !
Como mesmo enfatiza, já surgiu um novo
 ho'oponopono, porém mas não o faça, é uma variação arriscada e contudo ineficaz no processo de limpeza, cura e libertação .


Um abraço querido amigo Rodrigo!
Deus abençoe muito e sempre !
Anônimo(a) a 29 de Agosto de 2018 às 17:08
Vanessa Xavier, eu quem agradeço seu carinhoso comentário! Desejo imensamente que este post traga benefícios maravilhosos em sua vida e na vida de seus familiares! Que tudo seja melhor e mais leve com o ho'oponopono, sem esquecer, é claro, da doutrina de fé professada - que é tão essencial e belo quanto o próprio ho'oponopono! Um beijo grande pra você, querida amiga do Paraná!
Rodrih a 31 de Agosto de 2018 às 15:14
Rodrigo Caldeira obrigada pelo texto incrível e esclarecedor!!!!! Tinha mto tempo que eu queria praticar essa técnica, mas pnensava que era uma religião ou coisa assim e sinceramente não tava afim de me envolver c isso. Vejo que tudo é como vc vê e como interpreta e com seu texto senti liberdade de interpretar do jeito que me atenda, que é como está no seu texto, exatamente me serve assim. Obrigadaaaa mesmo querido! Vou evitar outros conceitos p não atrapalhar minha prática nessa técnica tão bela e tão simples, e tbm tão libertadora! Valeu querido!
Marlene de Freitas a 31 de Agosto de 2018 às 15:19
VISTO POR
contador
Comentários
Nossa ! Muito meu momento! Adorei as dicas, muito ...
O ruim das amizades eternnas é continuarem eternas...
Achei massa seu texto! Vou até ler de novo depois....
Obg por esclarecer o limpo
obrigadaaaa! Felicidades para você também! É de co...
Saudade de você mocinha do nordeste, terra das mai...
Oiii Rodrih das águas mais limpas de Brasília! Tud...
ENTENDI TUDOOOOOO!!!! Rô, muitíssimo obrigada pela...
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
SAPO Blogs