Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Namoro Sério, como ter.

21.09.19, Rodrih

Resultado de imagem para namoro noivado casamento

Não é de hoje que casais começam a se formar, com o intuito de fazer a relação dar certo. Muitas pessoas sonham em ter alguém em suas vidas e quando têm começam igual a todos, sem distinção, e vão cometendo delitos, que vão desgastando o relacionamento, até levá-lo aos moldes de futuro incerto. Uma relação mal gerenciada poderá tornar o envolvimento tóxico ou dissaboroso, e isso adoece o casal, tal qual, e também, seus entes queridos. Um namoro sério precisa de oxigênio, antes de tudo, porque do contrário se tornará um zumbi, em que a relação nem está viva, tampouco consegue morrer. Esse tipo de relacionamento acontece em casais ciumentos, obsessivos, nervosos, sádicos, soberbos e principalmente antipáticos. Pessoas vazias, limitadas, sem brio e sem objetivo não conseguem manter-se em relações sérias. Entende-se por relação séria, aquela em que o casal vislumbra a constituição familiar, envolvendo famílias de ambos os lados e convivendo bem com todos.  Para isso começa como namoro sério, porque há seriedade nos projetos do casal e tanto ele, quanto ela, primam pelo futuro a dois, seguindo juntos a mesma estrada e construindo patrimônios ao longo dessa caminhada. São patrimônios de um casal: o sentimento mútuo de amor, paixão, tesão, cumplicidade, igualdade, respeito, intimidade, lucratividade, espiritualidade, diversão, espaço, privacidade, lealdade, amizade e fidelidade. No início do namoro não se pode dizer que é sério, mas que caminha para ser. Não se pode dizer que tem amor, mas se já tiver paixão e tesão terá muita chance de conquistar novos patamares positivos. Não se considera que haja intimidade, lucratividade, espiritualidade, mas sendo divertivo, tendo igualdade, respeito e amizade já aumenta, e muito, a probabilidade dessa relação dar certo. O resto é acréscimo, vem por tabela, numa receita infalível e permanente. O namoro para ser sério precisa ter diálogo, o casal tem que gostar de conversar, ser tagarela, mas não significa ser fofoqueiro ou viver de difamar pessoas. A intimidade não é por já terem se visto nus e feito sexo. Isso não é intimidade, mas é de um buscar no outro sua melhora, segurança e proteção. Fazer um do outro seu porto seguro. No diálogo de duas pessoas que estão inclinadas ao namoro sério, se torna necessária abordagens importantes como falar de suas relações familiares, compreender como é o convívio em família, o respeito e a admiração pelos pais e avós. É importante observar o comportamento íntimo familiar da parte enamorada, em como se dirige aos pais, aos idosos da família, observar sua admiração ou vergonha, seus comentários, algo que denuncie ou promova. Até mesmo a relação com os pets, tudo conta para saber como será o futuro com essa pessoa. Conversas sobre planos de futuro, o que e como pensam sobre seus projetos de vida a sós e juntamente com alguém. O que buscam para si e para quem estiver consigo. Isso deve ser dialogado naturalmente e de forma recorrente, até porque não é um teste de graduação, mas poderá dar pistas do que esperar da outra parte, ainda que a química sexual seja incrível, mas não é só de sexo que vive um casal feliz. Outros temas que precisam ser abordados são a espiritualidade, em que ambos precisam estar conectados à mesma doutrina de fé. Há quem diga que se tiverem doutrinas de fé diferentes, não interferirá na relação. Realmente, pode não interferir, mas tornará o relacionamento subdividido, sempre com fronteira, desconfortável de alguma maneira, se é na espiritualidade que nossa natureza humana originou e será para onde partirá, a menos que o casal acredite que são apenas matéria e depois dessa vida não vão para lugar algum. Seguindo a orientação de como ter um namoro sério, os diálogos precisam ser gostosos, uma parte precisa sentir na outra o interesse de dialogarem, não somente assuntos do dia a dia, mas seus valores e princípios. Precisam se perguntar sobre incidentes como gravidez inesperada, doenças graves, doenças de modo geral. Também precisam trocar informações a respeito do financeiro, respeitando a conquista de cada um, sem se sentir no direito de usufruir do capital alheio, mas de zelá-lo e fazê-lo prosperar. Precisam, nesse começo, sair das redes sociais, abandonar Facebook, Instagram e grupos de amigos no Whatsapp, Telegram ou a rede social que estiver no auge. Precisam fazer isso para não serem contagiados pelo mal que ronda os povos, trazendo informações ruins ou mesmo causando situações embaraçosas. Na continuidade do diálogo, precisam falar de planos, projetos de vida, e entender que você passa a ser tão responsável pelo sucesso da parte amada, quanto a própria pessoa idealizadora de seu sonho. Tudo poderá ser usado contra você no tribunal de um fracasso na relação. Esse tribunal é formado pelos egos de cada um, podendo ter sentenças dolorosas e irreparáveis. Não obstante, precisam conversar sobre como se conheceram, ter a própria história como recordação para bate-papos futuros. Tendo esses diálogos, o namoro poderá seguir firme e sério, ou poderá minguar e acabar nesse começo mesmo. O mais importante é que ambos tenham em mente, que é um por outro, por si também, e confiar que a outra parte é por si e por ela também. São diálogos libertadores, que só acrescentam e fertilizam a relação para que dê certo e tenha valido a pena cada dia juntos. Então, estando o casal conivente e tranquilamente focado no projeto a dois, não menos que três meses de relacionamento, nem mais que doze meses, devem, enfim, não perder tempo de se juntarem, quer seja em casamento, quer seja morando junto, a fim de iniciarem suas vidas em uma só. 

4 comentários

Comentar post