Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Refém do Google FDP

26.12.20, Rodrih

Baixar Gmail para PC gratis

Em Agosto de 2019 fui surpreendido com um e-mail da administração do Google, dizendo que uma pessoa havia contestado o e-mail rodrigocaldeira.blog@gmail.com, que dispus aqui no blog para quem precisasse falar em particular comigo, sobre algum assunto que julgasse particular demais. Entretanto, e para meu azar, talvez porque fiquei emputecido na ocasião, digitei minha senha errada por mais de três vezes. Sinceramente, uma coisa que aprendi foi que não se deve responder a nada, nem a ninguém quando se está de cabeça quente. A lei de Murphy diz que se uma coisa tem que dar errado, pode acreditar que não será só essa coisa, mas uma série de fatores que farão dar tudo errado, até que uma dessas coisas seja aquela coisa que não deveria dar errado nunca. No dia anterior eu havia perdido meu cartão do banco, estava com as pernas bambas de preocupação. Daí não bastasse ter percebido a falta do cartão de crédito, havia perdido também a carteira de habilitação. Lembro que havia pago com o cartão e a infeliz caixa do mercado, cumprindo as ordens superiores, me solicitou a comprovação com algum documento com foto de que o bendito cartão era meu de fato. Daí no dia seguinte o bendito Google (também) duvidou que eu fosse de fato eu no meu e-mail destinado ao blog. Pronto, pirei, e errei as senhas, todas as vezes. Por fim, o Google com seu sistema hipócrita e desumano me bloqueou ad-eternum e quanto mais eu tentava acessar a conta, menos o sistema Google colaborava com o acesso. Passei semanas tentando acessar. Essas semanas viraram meses. Enviei documento, pedido escrito a próprio punho, e nada de ser liberado. Certamente, quem faz isso deve ser um satanás desocupado procurando infernizar a vida de quem está em paz (ou tentanto). Tentei trocar o e-mail aqui do blog, mas o bendito me pedia confirmação no diabo do e-mail do Gmail, aí eu fui ao delírio do ódio absoluto. Veio o ano de 2020 e passei a tentar entrar na caixa postal do Gmail uma vez por ano. Fiz isso até Julho ou Agosto, nem lembro mais, porém, sempre bloqueado. E desisti de tentar entrar. Meses se passaram, também fui desanimando de escrever no blog, porque quando você está amarrado num sistema que só te sacaneia, você quer evitar de se intoxicar com o ódio disso tudo, e foi o que eu fiz. Fui tocar minha vida, e às vezes até começava a digitar, mas batia um desânimo durante a construção dos posts, que salvava em rascunhos e saía do site. Eu preciso sentir tesão para escrever, refletir e ter insights das coisas, e estar bloqueado no e-mail era uma das coisas que eu não precisava estar. Larguei pra lá e fui tentando esquecer essa porra toda. Hoje tomei uma chuva daquelas, fui atender uma cliente num bairro nobre, e ela começou a pechinchar tanto meu preço pelos serviços de marketing e publicidade, que meu sangue começou a subir. Acho que a chuva caiu bem na hora que eu estava indo pro carro, que estava longe, porque precisava esfriar a cabeça, literalmente. Eu detesto gente que tenta depreciar meu trabalho para conseguir derrubar meu preço - que nem é caro, diga-se de passagem, para quem quiser ver, basta acessar chillibe.com. Fiz para ajudar empreendedores que estão com baixo orçamento e acabei deixando lá, funcionando, e nem faço propaganda, justamente para não divulgar algo que é canseira de fazer, e por um preço baixo demais, se comparado com outros profissionais de agências, enfim. Cheguei no meu cafofo e deu vontade de ver como estava uma moça, a quem iniciei um namoro à distância, ela é (ou era) de Uberaba-MG, mas por algum motivo torpe e infantil de minha parte, o namoro não fluiu. Acho que era porque ela entendia muito de futebol, mas muito mesmo, mais do que os taxistas, era coisa que me incomodava bastante, eu, que nem futebol assisto.. pensa na treta!? E não a encontrei no Facebook, daí comecei a procurar pelo nome dela, que não lembrava, depois lembrei e deu vontade de enviar e-mail. Não queria enviar do meu e-mail pessoal, certamente ela o bloqueou, então restou o e-mail do blog, e sem pensar no bloqueio, em nada, acessei o Gmail e joguei a senha de sempre, e pá, o FDP abriu, normalmente, para minha surpresa. Constava lá na caixa postal que o Google conferiu as documentações em 08/05/2020 (VSF esse Google), e que liberaram a conta para acesso em 30/11/2020, depois de estourar o prazo para a parte reclamante contestar. Não havendo o manifesto do capeta que reinvindicou o MEU e-mail, eles liberaram a conta. Tinha um monte de e-mail de pessoas que me procuraram, deu até dor no peito, mas não foi culpa minha, senão do FDP do Google e toda patifaria que faz o controle do sistema.  Enfim, peço desculpas pelo inconveniente e reitero que o e-mail está funcionando (nem vou trocá-lo mais), porém ativei toda forma possível de recuperação de senhas que lá me coube. Se bloquearem novamente sem me dar chance de recuperar, então é briga pessoal e os caras querem me ferrar mesmo. Do contrário tá de boa agora.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.