Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

SAUDADE DE ME APAIXONAR

03.03.22, Rodrigo Caldeira
Releitura de 21/07/2009 - inclusão de áudio.mp4  Sinto tanta saudade daquela sensação de ser amado, ainda que fosse uma sensação ilusória de momentos de enganação e exploração, nossa! Como sinto falta daquela ilusão. Não consigo me adaptar à solidão. Sinto tanta saudade daquele sentimento de paixão, que me tira os pés do chão, que me enche o coração de ar quente, me infla, me comprime e me esvazia, me enchendo novamente, me arrepiando, me arrancando sorrisos (...)

Poema de Tecumseh

09.01.13, Rodrigo Caldeira
Viva sua vida de forma que o medo da morte nunca possa entrar em seu coração. Nunca incomode ninguém por causa de sua religião: Respeite os outros em seus pontos de vista, e exija que eles respeitem os seus. Ame sua vida,aperfeiçoe sua vida,embeleze todas as coisas em sua vida.Busque fazer sua vida longa e de serviços para seu povo. Prepare uma canção fúnebre nobre para o dia quando você atravessar a grande passagem. Sempre dê uma palavra ou sinal de saudação quando (...)

Não alimente os Monstros!

23.04.10, Rodrigo Caldeira
Eu tenho notado o quanto alimentamos os monstros que nos atormentam. Se já é fato que existem, por que os alimentamos? Mas primeiro pergunta-se de que monstros estamos falando? Depois perguntamos de que alimento nos referimos?   Sim, a pergunta está correta e é muito propícia que tenham muitas respostas, porém - e certamente - são respostas que convocam a um pensamento novo, resiliente, (...)