Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Considerações fundamentais na decisão de casar-se.

13.08.15, Rodrih
Uma amiga psicóloga, com quem tenho grande afeição e admiração, e também tenho constantes reflexões sobre o comportamento humano, me fez uma pergunta que me chamou a atenção. Não tanto pela pergunta em si, mas por eu que tanto falo de relações, não ter falado desse tema ainda, muito embora haja fragmentos deste assunto em alguns posts, como o título Acometido. A pergunta que (...)

MADRINHA e PADRINHO para quê?

16.04.15, Rodrih
Publicado em 12/08/2013 - 02:23h, revisado e atualizado em 16/04/2015 15h Não lembro em que época já digitei um post aqui falando sobre madrinhas e padrinhos de casamento, da minha indignação desse papel que ninguém presta com o mínimo de respeito. Mas naquele tempo eu era comedido, hoje estou mais maduro e seguro de minhas opiniões, doa a quem doer. E essa reflexão se estende aos padrinhos e madrinhas de batismo, enfim, a todo tipo de segundo pai e segunda mãe escolhidos para (...)

Você sabe o que é um MISÓGINO?

04.08.12, Rodrih
RELACÕES AMOROSAS TUMULTUADAS: SERÁ QUE VOCÊ CONVIVE COM UM MISÓGINO?    O termo grego "misógino" é utilizado pelos psicólogos para designar a pessoa que odeia mulheres: miso = odiar e gyne = mulher. Isso, teoricamente falando, porque, na vida real, nem sempre é fácil reconhecer um misógino. Antigamente a palavra que (...)

Acometido

25.06.10, Rodrih
Por: Rodrigo Caldeira     Depois da nova vida a que fui acometido, voltando à situação de recém-solteiro ou ex-casado pude refletir muitas coisas. Eu refleti sobre os erros que cometi e a outra parte cometeu contra minha vida, meus valores e meu desenvolvimento. É, não posso dizer que foi bom, porque não foi, sofrer pelo tumor que se instala nos órgãos da vida a dois é doloroso demais (...)