Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Destino ou Dívida? Ou Destino de Dívidas? Eis a questão...

24.07.15, Rodrih
Há muito tempo escuto que os acontecimentos oriundam das casualidades, que tudo o que nos ocorre é fruto de ações que nós mesmos fazemos, decisões e iniciativas que tomamos, e isso difere uns de outros. Mas será mesmo? Será que estamos vivendo uma vida pelo acaso das coisas acontecerem? Eu não sei se acredito no acaso. A cada dia que passa eu observo as coisas e elaboro minhas opiniões sobre o destino, que, mais precisamente eu denomino como "Destino de Dívidas". Não sei se (...)

Se soubesse como te encontrar...

20.04.15, Rodrih
Lua e FlorOswaldo MontenegroEu amava Como amava algum cantor De qualquer clichê De cabaré, de lua e flor Eu sonhava como a feia Na vitrine Como carta Que se assina em vão Eu amava Como amava um sonhador Sem saber porquê E amava ter no coração A certeza ventilada de poesia De que o dia, amanhece não Eu amava Como amava um pescador Que se encanta mais Com a rede que com o mar Eu amava, (...)

...estou sentado à beira de um caminho que não tem mais fim...

21.07.09, Rodrih
Eu não posso mais ficar aqui A esperar! Que um dia de repente Você volte para mim... Vejo caminhões E carros apressados A passar por mim Estou sentado à beira De um caminho Que não tem mais fim... Meu olhar se perde na poeira Dessa estrada triste Onde a tristeza E a saudade de você Ainda existe... Esse sol que queima No meu rosto Um resto de esperança De ao menos ver de perto O seu olhar Que eu trago na lembrança... Preciso acabar logo com isso (...)