Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

Alheio

09.01.18, Rodrigo Caldeira
Imagem retirada da internet Acabei de ver uma série de fotos e vídeos de um casal da polícia, em que ao invés de me sentir tentado ante à beleza estonteante da moça, fiquei, na verdade, constrangido pelo casal. Não é bem tomar as dores dos outros, mas é me sentir parte de um meio de malfeitores, invasores do alheio, da vida alheia, da vida íntima de alguém que não me convém. Enquanto via a intimidade do casal, uma parte de mim se preocupava com a invasão de privacidade, da (...)

Considerações fundamentais na decisão de casar-se.

13.08.15, Rodrigo Caldeira
Uma amiga psicóloga, com quem tenho grande afeição e admiração, e também tenho constantes reflexões sobre o comportamento humano, me fez uma pergunta que me chamou a atenção. Não tanto pela pergunta em si, mas por eu que tanto falo de relações, não ter falado desse tema ainda, muito embora haja fragmentos deste assunto em alguns posts, como o título Acometido. A pergunta que (...)

A culpa é de quem?

08.08.15, Rodrigo Caldeira
Uma das coisas que mais tenho visto - e até já aconteceu comigo - se trata dessa pergunta que gira em torno do comportamento das pessoas, em geral, de uma parte do casal. Se trata da liberdade de uma parte dar às outras de aproximação, elogios, bajulações, propostas e muitas vezes indecorosas. Quando uma garota dá atenção para um cara numa balada, por exemplo, e chega a ficar com o jovem mancebo, a culpa nisso é de quem e por que? É da garota, exclusiva e unicamente. Sim. O (...)

HOMENS: Brochar dá pra evitar... (ou não) [Atualizado]

07.08.13, Rodrigo Caldeira
    Sexo bom é sexo feito com carinho e muita cumplicidade. Se você é um cara do tipo pensador, crítico e reflexivo como eu, não leve a mulher que você ainda vai conhecer para o motel. Você irá brochar, pode acreditar. Se você está acostumado a ter seus momentos de tesão com um tipo de mulher (alta, baixa, branca, negra, fofinha ou magrinha, inteligente ou avoada), não mude de repente, porque você irá brochar também. Se ainda assim você dormiu pouco na noite anterior, fez (...)