Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

Homens astronautas

01.03.16, RodrihMC
Em todas as relações os homens têm que passar pela insuportável experiência de um DR (discutir a relação) com uma mulher. É um inferno, algo que não foi feito para o ser humano masculino, o homem, cabra macho. Não há homem nesse planeta que vê com bons olhos uma mulher sendo dramática, fazendo das tripas coração, vomitando tudo o que ela imagina que exista, materializando fantasmas, desenterrando defuntos e alimentando zumbis. A mulher dramática é um pé-no-saco, consegue (...)

Mulheres Descartáveis

15.09.15, RodrihMC
Há algumas semanas conversando com um conhecido sobre as coisas da vida, toquei no assunto sobre mulheres, o quão é maravilhoso estar com elas, porque aprendemos tanto quanto ensinamos, além de sentirmos verdadeira alegria nos gozos de nossas existências, até mesmo quando elas são indigestas com cobranças intragáveis. Ainda assim, mesmo com essa "falha" - dentre tantas outras, é muito bom estar com elas. Então esse conhecido, um homem de idade avançada, experiente na vida (...)

O império da vaidade e a paranóia do corpo

18.02.14, RodrihMC
          Apesar que eu definitiva e realmente vou morrer apaixonado pela beleza física, não posso concordar com a realidade que hoje consome, dilacera e aniquila jovens teens e adultos jovens de nosso século. Há muita verdade na ilusão que consumimos hoje, e penso que talvez eu adore a beleza real de um físico normal, sensual e dentro dos limites ético-humanos. Mulheres bombadas, masculinizadas, cuja até a voz é alterada, não, destas eu não considero fator de beleza e (...)