Caso Encerrado: Pastor mentiu quando disse que foi a Igreja Católica e falou de Nossa Senhora

O gaiato pastor Cláudio Duarte gabava-se no vídeo abaixo, gravado numa igreja evangélica e que circula na internet, de ter questionado os dogmas marianos diante dos católicos dentro de uma igreja católica. Veja o vídeo:

 

Fomos investigar essa bravata do pastor e confirmamos que esse embuste nunca aconteceu. O pastor de fato foi palestrar em uma igreja católica, mas sequer citou o nome de Maria.

A igreja católica a que o pastor Cláudio esteve presente em palestra é a Paróquia Nossa Senhora Rainha, da Arquidiocese de Belo Horizonte. A paróquia negou em comunicado que o pastor tenha tratado de dogmas marianos em suas dependências como podemos ver abaixo:

Pessoas como a Mariana Monge que estiveram presentes a palestra do pastor na igreja, confirmam que em nenhum momento o pastor tratou sobre dogmas marianos:

Fica assim provado, que o gaiato e bravateiro pastor Cláudio Duarte é um grande mentiroso, que consegue assim enganar seus seguidores dentro de sua religião, mas jamais os católicos.

Fonte: http://fimdafarsa.blogspot.com.br/

Minha reflexão sobre isso: Quando o sujeito diz que Maria pode até ser mãe de Cristo, mas que é um absurdo dizer que seria mãe de Deus, eu paro, respiro e contemplo a doutrina católica apostólica romana por um grande motivo: CULTURA. A fé católica é repleta de arte, ciências, metafísica, leis, matemática, geografia, história, física, cores, química e tantos outros conhecimentos que NENHUMA outra doutrina possui. E também a interpretação de texto - neste caso, no Brasil, o português, no que quando se diz "Mãe de Deus" estamos fazendo uma analogia de que se Cristo é o Pai, o Filho e o Espírito Santo, a Trindade Divina, 3 em 1, loooogo podemos compreender que Cristo é o próprio Deus, e sendo Deus, Maria é a Mãe de Cristo e contudo (também) é a Mãe de Deus. Então, a este pobre "pastor" um pouquinho de cultura não faria mal algum. Já sobre ele pedir desculpa não influencia em quase nada, porque ato maior de retratação seria se ele tirasse do ar seu vídeo inglório. Para isso existe a justiça e suas punições. 

Publicado por Rodrih às 13:21 | Link do post

Uma coisa que eu aprendi com o tempo em solidão é que se você sente necessidade de trair a pessoa que está assumindo um compromisso de futuro com você, como um longo namoro, noivado ou casamento, por favor, não jogue sujo com essa pessoa. A traição é um mal que estragará a sua vida, entristecerá a sua alma e esvaziará o seu espírito. É como um vírus que infecta sua essência, danifica suas defesas e potrifica suas qualidades. Não traz paz, nem glória, tampouco orgulho ou mesmo honra à sua vida. Talvez as pessoas apodrecidas por chafurdarem os escrementos da vida sorriam e aplaudam seu ato insano e patético, mas as pessoas de bem, as sãs, as conscientes não te apoiarão em seus deslizes. Não venha com o escárnio de que o desejo e o tesão falam mais alto, porque eu te garanto que não é isso que conta, mas sua integridade moral, sua reputação íntima, isto é, aquela que ninguém fica sabendo, mas sua consciência sabe do mal que você está fazendo consigo primeiramente. Trair e coçar é só começar. Mas a coceira é na consciência, na mente e no coração. Uma coceira danosa, irritante e que inflama. Há um sujeito que perdeu a consciência honesta e íntegra a ponto de vir a público, mesmo como anônimo, dizer no post sobre o ato de brochar que está casado há 6 anos e traiu a esposa SÓ quatro vezes. Eu acredito que um deslize é até tolerável, dependendo do universo que a pessoa está vivendo, as pressões, desavenças ou mesmo incertezas, mas mais do que isso, isto é, uma sequência de deslizes já tem outro nome, chama-se "maucaratice", além de burrice e extrema ausência de compromisso com a pessoa que deveria ser a parte amada. Trair não é legal, não é honroso, não é coisa de gente adulta e tampouco responsável. Mas é atitude de gente que merece sofrer os remorsos e agonizar a oportunidade jogada no lixo. Assim a história nos conta e nos ensina que trair não vale a pena, como não valeu a Judas, traidor de Jesus. A pessoa que se envolve com outra sabendo que vai trair merece todo o mal do mundo, toda a dor e toda a humilhação possível e imaginável. A traição não é para os fortes, mas para os fracos, absolutamente medíocres, o tipo de gente que não é digna de pena. A esse tipo de pessoa toda a má sorte por muito tempo. A traição não é só a infidelidade física e sexual, mas também são os pensamentos longínquos, as armações contra a pessoa que confia e acredita em suas atitudes com ela, ou que planeja um golpe conjugal esperando o melhor momento para aplicar o plano de destruir a relação. Pessoas que traem olhando na sua cara e se fazendo de vítima para a família, parentes e amigos. A essa laia de gente toda sorte ruim e negativa por toda geração de sua vida, pois merece. Se sabe que vai trair, por favor, não se envolva, não conquiste a confiança e muito menos iluda a parte que confia em você. Tenha um mínimo de amor próprio e se afaste das pessoas que poderiam gostar de você. Mais honroso viver só, a ter que viver com alguém e ser uma pessoa podre por dentro.  21/05/2016 - Gato Felix BR respondeu-me a meu feedback sobre sua postura de esposo infiel: Caro Rodrigo, perdoe-me...não sabia que o tema infidelidade fosse algo tão repugnante assim pra vc...certamente vc nunca foi casado, ou se foi deve ter sido por período curtíssimo...concordo que infidelidade não é correto, mas se vc já traiu uma namorada é infidelidade, se vc já traiu sua noiva é infidelidade da mesma forma que o é a traição conjugal...na "minha" opinião é utópico achar que por vc ter feito um enlace matrimonial vc conseguirá ter somente sua esposa como parceira por toda a vida...da mesma forma o contrário...quando vc tiver muitos anos de casado vc se lembrará desse bate papo...falar que uma pulada de cerca transforma o cara automaticamente em um mau esposo ou mau pai "ao meu ver" é hipocrisia"...pra mim soa piór o cara que abandona a família pelo primeiro par de seios voluposos que lhe é insinuado...Mas enfim, não sabia que uma simples pulada de cerca soaria tão perverso que não merecesse nem respondida minha demanda...mas mesmo assim obrigado por expor sua opinião!👍Anônimo (Gato Felix BR) a 21 de Maio de 2016 às 05:38 Respondendo: Caro "Gato Felix BR", obrigado por responder novamente e por suas conjecturas expostas ante minha opinião coerente sobre homens (ou garotos) que são infiéis em seus casamentos. Infelizmente não sei seu nome, já o meu está aqui, bem como minha cara e minha opinião - sinal de que eu defendo um conceito sem medo de que seja conhecido. Já quem se diz tão correto no que faz, o faz sob um codinome apenas, o que torna mais fácil discorrer tantas palavras em sua defesa. Bom, sim, fui casado e não deu certo. Houve traições de ambas as partes e resultou num fim ruim, amargo. Justamente por acreditar em opinião como a sua é que não encontrei a felicidade na "pulada de cerca". Hipocrisia é se envolver com alguém com esse conceito superficial de que "...é utópico achar que por vc ter feito um enlace matrimonial vc conseguirá ter somente sua esposa como parceira por toda a vida..."[sic]. Isso é tão hipócrita quanto aquele que abandona a esposa com filho no colo ou filhos em casa - não há diferença entre você e este que foge, pois ambos estão negligenciando o caráter e omitindo-se da responsabilidade adquirida. Ao que você, Anônimo, diz: "...quando vc tiver muitos anos de casado vc se lembrará desse bate papo..." [sic] eu, sinceramente, te respondo não apenas como homem mais velho, mais maduro e mais consciente, mas como homem mais experiente do que você: Meu caro, você é quem se lembrará desse nosso papo e dirá: "Pôxa, ele tentou me avisar, mas orgulhoso de mim não dei trela e ainda quis provar que era inocente", pois é isso que acontecerá, cedo ou tarde, pode acreditar, nenhum adúltero escapa desse julgamento de consciência e com você não será diferente. Mas a vida é feita de escolhas, não é mesmo?! Você está fazendo sua escolha, ainda que seu pau broche com outras - um claro aviso de que sua consciência não admite sua postura antiética (o que é algo positivo, pois daria para dizer que alguma coisa em você ainda estende a mão em pedido de socorro), e é por isso que você não consegue ter uma boa ereção com suas amantes. A consciência, meu brother, a consciência brocha e vai além, ela não te salvará de si mesmo nem de suas péssimas escolhas. Então é isso, se você está pensando em se envolver com alguém e ter o conceito do tal Gato Felix BR, pare onde está, pense muito bem e não cometa o mesmo devaneio que ele. Não se iluda com esse conceito egoísta e estupidamente machista, você não é um touro que precisa ter várias vacas para copular. Os animais fazem isso para manter a espécie com a melhor linhagem, mas você, como um homem, seja correto no que faz e não cometa a infeliz ideia de se envolver para poder ser infiel. A infidelidade, ainda que a outra parte não saiba, é toda sua e sempre existirá. Você nunca estará isento dessa culpa e dizer que sexo liberta será uma estupidez acreditar que isso enquadra o sexo infiel, pois não enquadra. A única coisa que enquadra para um infiel é o título de imbecil do ano. E não há nada que justifique o conceito imaturo e imprudente do tal Gato Felix BR, um filósofo de botequim da boemia paulistana, em outras palavras, um tolo. Esse tipo de gente nunca saberá o que é ser feliz, porque o pau que possui é a razão da alegria abstrata que sentem, mas dentro do peito um coração vazio, frio e inseguro, desconfiado, imaturo, sujo. Se você, que é mulher, pensar em casar-se ou unir-se com um cara para traí-lo, saiba que você não merece o título de mulher, nem de puta, de de vadia ou piranha, adjetivos sensatos para a mulher insensata em você. Até os atores e atrizes pornôs entram em depressão por tanta encenação sexual, porque a vida perde sentido, o sexo perde o encanto - justamente o sexo, um fenômeno que liberta. Se quem trepa por dinheiro se sente um lixo num dado momento da vida, imagine você, que se aventura em vadiar por sexo... Por isso que Gato Felix BR é o tipo de homem que terá curta carreira afetiva, justamente porque é vaidoso e acredita que seu pau é a razão de sua existência. Está dito, acontecerá, e se ele tiver hombridade um dia virá aqui dizer que foi uma besta em pensar como pensou e pensa hoje.

Publicado por Rodrih às 03:16 | Link do post

"Eu quis o perigo e até sangrei sozinho. Entenda. Assim pude trazer você de volta pra mim..." 

Teria alguma coisa a ver com Cristo, que, sendo crucificado, salvou a humanidade de seus pecados e trouxe os homens para perto de Deus, afastando Sua ira para sempre? 

Se não, como interpretar essa estrofe, já que a canção inteira ele faz menção a Deus: 

"Entender como um só Deus ao mesmo tempo é três."
(Pai, Filho e Espírito Santo) 
"E esse mesmo Deus foi morto por vocês."
(Cristo morreu crucificado para a salvação dos homens) 
"Sua maldade, então, deixaram Deus tão triste."
(Na véspera da Páscoa os judeus caçaram, acusaram e condenaram Jesus à morte, e Deus partiu o Templo ao meio)
"Fazer com que o mundo saiba que seu nome está em tudo e mesmo assim ninguém lhe diz ao menos obrigado."
(Deus criou tudo, todas as criaturas, toda a matéria, o sol para o dia, as estrelas para a noite e ninguém agradece tanta beleza)
Publicado por Rodrih às 04:10 | Link do post
Estado de Espírito:
Foto: Ave, María, grátia plena, Dóminus tecum, benedícta tu in muliéribus, et benedictus fructus ventris tui Jesus. Sancta María, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc et in hora mortis nostrae. Amen
Ave, María, grátia plena, Dóminus tecum, benedícta tu in muliéribus, et benedictus fructus ventris tui Jesus. Sancta María, Mater Dei, ora pro nobis peccatóribus, nunc et in hora mortis nostrae. Amen

Publicado por Rodrih às 00:29 | Link do post
Estado de Espírito:

Mesmo antes do filme "A Paixão de Cristo" de Mel Gibson, havia um grupo de pessoas e estudiosos reconstituindo o corpo do cruxificado que existe no "Santo Sudário". Pontos para Mel, que fez a mesma coisa com base em leituras da própria bíblia e outros textos informativos. O resultado desse trabalho minuncioso tira a imagem chapada do "Santo Sudário" que vivemos acostumados em ver como se fosse uma grande xerox e a reproduz em 3D, milimetricamente calculado. Pontos para o professor espanhol e a equipe de estudiosos. 


Acho interessante ser um professor espanhol a pessoa que recria o corpo esfacelado do Cruxificado, sendo a Espanha um país que esfacela, humilha, maltrata e crucifica os animais por diversão e lazer, como fazem com os touros dentre outros animais domésticos, como os gatos. O Cristo crucificado diante à zombaria da multidão, assim são cada touro cristificado pelo mesmo ato covarde e insano: a necessidade de torturar e matar.

 

Mas voltando ao assunto em questão, reflito como é que não pensaram nisso antes? Reconstituir um corpo saído do "Santo Sudário"? Ou será que já estavam fazendo isso na surdina? Sim, pois para pegar com precisão cada chibatada, cada rasgo e ferimento de um corpo através de um tecido milenar é algo que requer um bom e certo tempo, penso.


Também paro um pouco para falar sobre o costume católico de expor o Cristo crucificado nas Igrejas. Por muito tempo eu pensava que seria para deixar o apelo mais dramático, para sensibilizar os fiéis da causa de Cristo. Entretanto, com a maturidade batendo à porta de minha experiência de vida, comecei a entender o porque das coisas. Fui, num tempo de jovialidade, um garoto devoto nos grupos jovens católicos, me auto-policiava e cobrava de mim coisas que hoje vejo que são desnecessárias. Com o tempo fui perdendo a referência dessa devoção cega e passei a gerir perguntas sobre muitas coisas da própria Igreja onde fui doutrinado. 


Os apelos dos canais católicos de tevê começaram a me despertar para o "simancol" cristão, passei a enxergar um "cristo" pidão, que só funcionava à base de dindin, muito dinheiro. As palestras - que os fiéis e cegos devotos católicos chamam de "pregação" (detesto essa colocação, parece que os católicos querem ser visto como os protestantes (crentes, evangélicos e por aí vai) e usam de definições apelativas, assim como estão procurando representar seus papéis no mesmo tom choroso, deprimente e malicioso.

 

Daí pude parar tudo e separar "homens" (pessoas, fiéis, humanos) do Cristo. Comecei a entender o propósito do porque nas Igrejas está o Crucificado e não um Cristo sorridente, pop-star, feliz da vida e cheio de gracinha. Percebi que esse Cristo, o Crucificado, está assim para lembrar os mais jovens - principalmente, que o Deus para quem se faz reverência não é o Rhá (deus do sol), nem o Buda (Ásia meridional), nem Bhrama (Índia) ou Pe. Marcelo Rossi, mas para um igual ou pior do que nós mesmos. Está lá uma mensagem que diz para que tenhamos humildade ante os demais, porque se o próprio Filho de Deus caiu no pré-sal da humilhação e da dor, por que deveríamos nos sentir melhores do que aquele que está na merda? Passei a enxergar que o Cristo Crucificado não está lá à tôa, ele tem o seu propósito e seu significado que está muito além da prosa dos pastores (estes sim, pregadores pidões, chorões e apelões) que diz que os católicos veneram o Cristo morto e eles o Cristo ressuscitado. Na verdade, aquela estátua ou escultura lá exposta é para nos lembrar que mesmo depois de tanta humilhação e fuleragem que fizeram com Ele, hoje, após 2.011 anos vivemos sua ressurreição. Acho bacana essa doutrina, justo pois é mais pé no chão e mais realista. Infelizmente algumas Igrejas católicas cedem às críticas vazias da concorrência e tiram o Crucificado do altar e colocam um Cristo visualmente bonito, leve e até sorridente, como se a doutrina católica precisasse de sorrir para o leigo que chega, como se Ele fosse um anfitrião de um estabelecimento comercial, como vemos nos restaurantes, hotéis e churrascarias.


Mas somos humanos, e diferentes que nos tornamos também falhamos cada um a nossa maneira.

Voltando novamente ao assunto em questão, o Crucificado choca pela riqueza de detalhes genuínos, certamente um dia alguém melhorará a aparência do Crucificado por causa da alta tecnologia de precisão. Ôpa, digo que melhorará no sentido de que deixará cada vez mais realista e, quem sabe, mais chocante, não pela vontade de ver carne e sangue de um Deus, mas para termos melhores e mais exatos exemplos do que foi ser o cristo na pele do Cristo daquele tempo.

Então vejamos a matéria a seguir:

Professor faz Crucificado seguindo os dados do Santo Sudário 

O escultor espanhol e catedrático da Universidade de Sevilha, Juan Manuel Miñarro estudou durante dez anos o Santo Sudário de Turim. Como resultado esculpiu um Crucificado que, segundo o artista, seria uma reprodução científica do estado físico de Nosso Senhor Jesus Cristo depois de sua morte.

Prof. Juan Manuel Miñarro explica seu trabalho


O autor não visava provar a existência de Jesus de Nazaré, mas destacar os impressionantes acertos anatômicos constatados no estudo científico do Santo Sudário. O professor Miñarro disse à BBC Brasil que, embora tenha privilegiado a “exatidão matemática”, “essa imagem só pode ser compreendida com olhos de quem tem fé”.
A princípio, ela pode chocar pelo realismo, mas ela reproduz com fidelidade a cena do Calvário. Miñarro levou mais de dois anos para concluir sua obra.


O escultor não trabalhou só. Ele presidiu o trabalho de um grupo de cientistas que levaram adiante uma investigação multidisciplinar do Sudário de Turim. O crucificado é o único “sindônico” no mundo, pois reflete até nos mais mínimos detalhes os múltiplos traumatismos do corpo estampado no Santo Sudário:
  • A imagem representa um corpo de 1,80 metros de altura, de acordo com os estudos no Sudário feitos pelas Universidades de Bolonha e Pavia. 
  • Os braços e a Cruz formam um ângulo de 65 graus. 
  • A Coroa de Espinhos tinha forma de casco, cobrindo toda a cabeça, e foi feita com jujuba“ziziphus jujuba”, uma espécie de espinheiro cujas agulhas não se dobram. 
  • A pele apresenta exatamente o aspecto de uma pessoa morta há uma hora. 
  • O ventre aparece inchado por causa da crucifixão. 
  • O braço direito aparece desconjuntado pelo fato do crucificado se apoiar nele à procura de ar durante a asfixia sofrida na Cruz.
  • O polegar das mãos está virado para dentro, reação do nervo quando um objeto atravessa a munheca.
  • A maçã do rosto do lado direito está inchada e avermelhada pela ruptura do osso malar. 
  • A língua e os dedos do pé apresentam um tom azulado, característicos da parada cardíaca.
Coroa de espinhos segundo o Santo Sudário

A escultura reflete também a presença de dois tipos de sangue: o vertido antes da morte e o derramado post mortem. Também aparece o plasma da ferida do costado, de que fala o Evangelho. A elaboração destes pormenores foi supervisionada por hematologistas. A pele dos joelhos está aberta pelas quedas e pelas torturas. Há grãos de terra incrustados na carne que foram trazidos de Jerusalém. As feridas são típicas das produzidas pelos látegos romanos, que incluíam bolas de metal com pontas recurvadas para rasgar a carne, chicote triplo com hastes de ferro laminado com pontas recurvadas de três garras para escarificar a pele. Não há zonas vitais do corpo atingidas pelos látegos porque os verdugos poupavam essas partes para que o réu não morresse na tortura.

Foram 10 anos de pesquisas com uso de equipamentos de alta precisão


Por fim, embaixo da frase em hebraico “Jesus Nazareno, rei dos judeus”, a tradução em grego e em latim está escrita da direita para a esquerda, erro habitual naquela época e naquela região. A escultura esteve exposta na igreja de São Pedro de Alcântara, Córdoba, Espanha, e saiu em procissão pelas ruas da cidade durante a Semana Santa. Com os mesmos critérios e técnicas, Miñarro está criando outras imagens que representam a Nosso Senhor em diferentes momentos de sua dolorosa Paixão.
Fonte: Ciência confirma
Significado de "sindônico": modelo reproduzido em três dimensões através de uma foto.
Publicado por Rodrih às 11:30 | Link do post
Estado de Espírito:
Pontos vermelhos = acessos no mundo!
VISTO POR
fast stats
Get Voip Service
Comentários
Funciona  isso ai
Olá já li essa resposta umas três vezes e poderia ...
oi. vja soh eu sou cristao e a pastora faz todos o...
EU ERA UM IDIOTA UTILEU ACHAVA Q TAVA LUTANDO CONT...
Estou assustada como não conhecemos a pessoa com q...
Oi Flaviana, obrigado por comentar e trazer uma ex...
ola rodrigo, me chamo Flaviana. li o seu blog e go...
obrigado por emanar energia suficiente para minha ...
Oi gente! Obrigada pelas dicas. Eu não penso em vo...
Drika, Drika, que situação! Estou conversando com ...
Rodrigo, voltei. Aqui é a Drika, aquela que bagunç...
Sim! Vida nova numa nova vida! Mas sem se autossab...
ERA O QUE EU PRECISAVA. ALGUMAS COISAS JÁ ESTAVA C...
Rodrigo Caldeira obrigada pelo texto incrível e es...
Vanessa Xavier, eu quem agradeço seu carinhoso com...
"Divindade, limpe em mim as memórias que estão cau...
Gostei cara! tirou a ideia de budismo . tencnca é ...
Oi Eliana, sou muito grato por tê-la no blog e pri...
Natanaela, obrigado por compartilhar aqui sua expe...
Prezado Rodrigo,Que texto maravilhoso e esplanador...
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar
 
Posts mais comentados
Outubro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
SAPO Blogs