Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Saia da rota de colisão

13.04.20, Rodrih
Rota de colisão é uma expressão muito óbvia para dizer que você vai arrebentar não só a sua cara, mas seu corpo inteiro, e, se der sorte, pode sair vivo, apesar das sequelas. Por mais óbvio que isso seja, eu vivi agindo em rota de colisão com muitas coisas, das quais, só lembro para trazer aqui a consciência de que não vale a pena viver assim. Não, não estou dizendo que me afundei em álcool ou drogas, sou do tipo careta mesmo, mas me afundei nas escolhas erradas, nas (...)

Novas famílias doutrinadoras, cuidado!

07.03.20, Rodrih
Tenho percebido ao longo dos anos que somos nós os responsáveis, únicos e exclusivos em nossa particularidade, em nos permitir ao domínio do outro. Por vezes carentes de reconhecimento e atenção, ora necessitados de aprovação, nos damos tão rápido, tão fácil e tão a preço de banana a pessoas que nada acrescentarão em nossas vidas, pelo contrário, só nos usarão, quer psicologicamente, fisicamente, materialmente ou financeiramente, e, contudo, nos permitimos sem reagirmos, (...)

Mulheres à venda.

07.12.19, Rodrih
Há muitos anos acompanho sites de relacionamentos de toda espécie. Há sites e apps de namoro, casamento, encontros sexuais, orgias, traições conjugais, uns que não identifiquei o sentido de existirem, mas todos com a mesma bandeira de fazer novas amizades. Nos sites de traição conjugal se vê de tudo, desde mulheres sofridas precisando de uma válvula de escape àquelas que amam seus maridos, mas sentem necessidade de traí-los. Tanto uma, quanto outra são hipócritas e (...)

Namoro Sério, como ter.

21.09.19, Rodrih
Não é de hoje que casais começam a se formar, com o intuito de fazer a relação dar certo. Muitas pessoas sonham em ter alguém em suas vidas e quando têm começam igual a todos, sem distinção, e vão cometendo delitos, que vão desgastando o relacionamento, até levá-lo aos moldes de futuro incerto. Uma relação mal gerenciada poderá tornar o envolvimento tóxico ou dissaboroso, e isso adoece o casal, tal qual, e também, seus entes queridos. Um namoro sério precisa de (...)

Se tudo dá errado, não insista.

08.09.19, Rodrih
- Digitado pelo smartphone Mais de dois meses aqui tentando o encontro com uma bela garota, em que papo vai e papo vem, as afinidades vão se afinando, entrelaçando em ideias soltas de pensamentos livres. Tudo parece fazer sentido e o propósito de um encontro se torna eminente. Pareceu que a parte de lá também queria se encontrar e provavelmente as minúcias de protocolo na apresentação seriam dispensadas. Os assuntos se autoconclamavam, no sabor das palavras que se encaixavam, (...)

Mulheres ingênuas vs Homens malvados

04.09.19, Rodrih
A maioria das mulheres com quem converso ouço a mesma coisa, isto é, que não conseguem ter um namorado, quiçá um companheiro, marido, enfim... Estão cansadas de caras que não prestam pra nada, senão para algumas transas, quando muito, mal feitas. São reclamações recorrentes, porque todo cara que elas se envolvem é sempre o mesmo perfil de patife, com algumas diferenças de insanidade, mas todos parecem fazer parte da mesma origem de ogros. Chegam a dizer que na cidade onde (...)

A vida e suas voltas - no amor

20.06.19, Rodrih
Quando eu tinha 16, você estava com 16, mas gostava de um cara de 20. Quando tive 20, você com 20 gostava de um cara de 35. Tive 35, você também 35 e gostava de um cara de 38. Aos 38 anos, você com 38 anos gostava de um cara de 43. Estou com 43, você está com 43 e aceita qualquer idade, 30, 40, 50 anos... até já sorri pra mim! Mas eu estou com uma mulher de 28 anos, que tinha 20 anos quando a gente estava com 35. A vida e suas voltas.

Misoginia versus Feminicídio

25.01.19, Rodrih
Prezado Rodrigo, bom dia O que pensar do homem misógino em relação ao número de assassinato de mulheres (feminicídio)? O que você poderia refletir, segundo suas observações? Obrigada. Fernanda Caetano a 25 de Janeiro de 2019 às 06:37   Olá, Rodrigo!  Com tantos fatos envolvendo pessoas (homens e mulheres) em misoginia, procurei algo a respeito, buscando conhecer melhor o termo misoginia. Para mim, uma coisa leva à outra (misoginia pode levar ao feminicídio). Achei muito (...)

Flash Mob x Calor Humano Social

03.11.18, Rodrih
Considere: "Houve um encontro de sociólogos, antropólogos e psicólogos em Genebra para tratar da catastrófica defasagem populacional nativa nos países europeus, principalmente os nórdicos. Os movimentos feministas em muitos destes países "desmasculinizaram" os homens, além da diminuição considerável de nascimentos de bebês nos relacionamentos heterossexuais em que estão dando preferência para pets, no lugar de ter-se 2 ou 3 filhos. Os que ainda têm filho, têm apenas 1. O (...)

O poder da traição conjugal

26.10.18, Rodrih
Esse texto é mais para os homens do que para as mulheres, muito embora seja de imenso interesse delas, já que se trata especificamente da mulher em si, da namorada, da noiva e principalmente da esposa. Para entender o contexto será necessário, primeiramente, abordar um pouco sobre a metafísica, em que é importante frisar a existência da energia que cada ser humano produz e reproduz em si, para si e para o outro, não obstante, para outros também. A energia que vamos abordar é a (...)