Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

50% da culpa na relação é SUA!

25.05.17, Rodrih
Tenho recebido muitos e-mails, pelos quais agradeço a todas as mulheres que quebraram o gelo e o silêncio em si mesmas, se encorajando na confiança de expor suas experiências desastrosas nas relações com seus companheiros, cujos homens acreditaram ser eternamente maravilhosos. Só que não (SQN)! Todas, sem exceção, dizem que se encantaram o o homem maravilhoso que conheceram, o príncipe encantado, o garanhão alado que desceu do Olimpo para exaltá-las com a benção de (...)

Que tal curar sua mente para curar sua vida?

02.12.16, Rodrih
Divino Criador: Pai, Mãe, Filho, todos em Um, Se eu, minha família, meus parentes e antepassados Ofendemos tua família, parentes e antepassados Em pensamentos, palavras, fatos ou ações Desde o inicio de nossa criação até o presente;   Nós pedimos teu perdão Deixe que isto se limpe, purifique, libere E corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas Transmuta essas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.   Para limpar meu subconsciente De toda a (...)

Prisioneira de si mesma

26.05.16, Rodrih
Tenho observado que muitas pessoas vivem prisioneiras de si mesmas. Já há aquelas que se dão Carta de Alforria e seria melhor se tivesse continuado prisioneiras. Existem pessoas que são fugitivas e não duram muito tempo em liberdade, voltando a ser prisioneiras de si mais tardar. Também tem aquelas que dão pequenas escapadelas, mas não demoram muito tempo em liberdade, retornando gratuitamente para suas celas. Não posso esquecer das que se iludem dentro de suas prisões de que (...)

Depois de 8 anos

17.04.16, Rodrih
É fato que nada melhor do que o tempo para apagar dores e mágoas, traumas e pesadelos. Ficamos mais tempo ruminando arrependimentos do que renovando sentimentos, simplesmente porque nos tornamos nosso pior inimigo. Nos denunciamos, julgamos e nos sentenciamos - muitas vezes à morte ou à prisão perpétua. Quando isso acontece na ruptura de (...)

A sina pela culpa

13.07.13, Rodrih
Vou postar essa reflexão com data retroativa, pois não quero que seja lido tão logo, já que sei que existem pessoas que acompanham esse blog quase que diariamente - e a coisa que não suporto é a autopiedade, sentir pena de mim mesmo, muito embora já tenha sentido muito e me arrependido ainda mais. E pode ser que quem me conhece mais de perto, mesmo que de longe, sinta (...)

Não posso estar deprimido, posso estar distraído..

17.04.10, Rodrih
Adaptação sobre a reflexão original de Facundo Cabral, "Não estás deprimido, estás distraído." - dita em primeira pessoa. As colocações em itálico também são adaptações. Eu não estive deprimido, estive distraído, distraído em relação à vida que me preenche. Distraído em relação à vida que me rodeia: Golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios. Eu não devo cair como caiu (...)

é

26.07.09, Rodrih
é uma saudade é a voz que falta é o corpo sem tato   é a falta que faz é o cheiro que some é o gosto sem sabor   é a dor da partida é a alegria da chegada no sonho na noite esquecida   é o amor que morre aos poucos é o calor que esfria com o tempo é o suor que gela a mente é a mentira que se sustenta no ar   é o cansaço da perda distante é o pensamento que não pára de pensar é a imaginação que projeta os amores é a tristeza que não deixa eu viver