Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

A vida e suas voltas - no amor

20.06.19, Rodrih
Quando eu tinha 16, você estava com 16, mas gostava de um cara de 20. Quando tive 20, você com 20 gostava de um cara de 35. Tive 35, você também 35 e gostava de um cara de 38. Aos 38 anos, você com 38 anos gostava de um cara de 43. Estou com 43, você está com 43 e aceita qualquer idade, 30, 40, 50 anos... até já sorri pra mim! Mas eu estou com uma mulher de 28 anos, que tinha 20 anos quando a gente estava com 35. A vida e suas voltas.

Não acreditar no amor

24.07.15, Rodrih
Venho ao longo dos anos tendo cada vez mais entendimento de que não devo/devemos acreditar no amor. Partindo do princípio lógico de que por amor Deus criou a Terra e seu firmamento, e depois de um monte de blablabla ele criou Adão e Eva, que pisaram na bola e foram expulsos do paraíso, mas por amor Deus poupou aos dois e entram aí mais um monte história. Por amor uma porrada de gente morreu no dilúvio por amor aos inocentes, as Cruzadas matou muita gente senão por amor a Deus, (...)

O amor não é para você

04.05.15, Rodrih
Queria tanto poder falar sobre o Amor, mas há dias que tento e não consigo. A inspiração vem enquanto estou só pensando, depois se esvai quando me aproximo do computador. E a vida vai se encarregando de me dar assunto, exemplos, motivações para eu falar deste assunto quase impossível de ser dito. O amor... Para mim o amor não existe, é uma utopia, algo que o ser humano criou para que pudéssemos escravizar outras pessoas, torná-las inseguras e desarmadas. Também para (...)

o Coma

23.08.14, Rodrih
Sabe quando você está num lugar que não sabe onde é, nem que dia ou hora, e de repente cai em si de que está só sem saber como chegou até ali, mas também não faz ideia como sair, tampouco o que fazer dali em diante, ainda que seja para mudar o cenário? Pois'é, eu sinto isso todos os dias inteiros em minha vida há quase exatos 25 anos. É um sentimento de coma profundo, no qual sinto estar vivendo no coma e meu corpo está deitado, entubado nalgum lugar lá fora, mas dentro de (...)

Se liga e pare de se iludir, poupe-se!

11.05.10, Rodrih
Todos nós precisamos de alguém que precise da gente, mas quando chega um momento em que, infelizmente, nos tornamos dispensáveis, quer por termos perdido o "valor", o status, a beleza, a credulidade, a simpatia ou seja, o interesse em geral (diga-se de passagem: o "interesse"), então somos lançados na vala dos mortos, dos moribundos e dos zumbis.  Lá ficamos perdidos, sem saber que universo é aquele tão fétido, tão sombrio, tão vazio, apesar de estarmos cheio de morte, tristeza (...)

Socorro

21.10.09, Rodrih
  Socorro Cássia Eller Composição: Arnaldo Antunes/Alice Ruiz Socorro, não estou sentindo nada Nem medo, nem calor, nem fogo Não vai dar mais pra chorar, nem pra rir Socorro, alguma alma, mesmo que penada Me entregue suas penas Já não sinto amor, nem dor, já não sinto nada