Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Enquanto o amor não vem

29.09.15, Rodrih
Oi Rodrigo, bom dia!?? Sou Tábata de Alencar, estou a morar em Gaia - Portugal e meus pais são brasileiros. Sou portuguesa mas aprendi a falar mais o português brasileiro do que de portugal. Estou com 26 anos e a desenvolver a profissão de nutricionista. Estou a navegar assiduamente pelo teu sítio e sempre quis saber sobre uma coisa, mas tu nunca te pronunciaste a respeito directamente. Se tu puderes reflectir sobre o que se pode estar a fazer enquanto não se encontra a pessoa (...)

Por que sofro tanto?

18.06.11, Rodrih
  Sofrimento é qualquer experiência aversiva (não necessariamente indesejada) e sua emoção negativa correspondente. Ele é geralmente associado com dor e infelicidade, mas qualquer condição pode gerar sofrimento se ele for subjetivamente aversivo. Antônimos incluem felicidade ou prazer. Em uma frase como "sofrendo de uma doença" a ênfase está mais em ter a (...)

Até quando se sofre por amor... (não correspondido)?

21.02.10, Rodrih
Renascer - óleo sobre tela 2007 - 60 x 60 cm - Fernanda Martins     Sinceramente eu também gostaria muito de saber. Sim, porque estou por demais desgastado, feio e sem muita energia boa para compartilhar com as pessoas realmente boas que conheci a pouco.   É muito sofrível sofrer uma dor que atinge em cheio o fígado, depois os rins e em seguida o coração. O timo vai pro espaço e todo o corpo se (...)

Eu, Rodrigo Caldeira, digo...

27.07.09, Rodrih
Dificil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que mais se ama.Eu desisti, mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer. O início do blog, do meu blog. Um deserto para atravessar, digerindo dores, vomitando decepções, respirando curas e caminhando sem direção. Minha vida parou em 18.12.2008 com uma ruptura do casamento, pelo qual penso que vou morrer todas as noites e não sei se terei forças para seguir (...)

Estou triste demais

27.07.09, Rodrih
Ah! Se o mundo inteiro Me pudesse ouvir Tenho muito prá contar Dizer que aprendi... E na vida a gente Tem que entender Que um nasce prá sofrer Enquanto o outro ri.. Mas quem sofre Sempre tem que procurar Pelo menos vir achar Razão para viver... Tim Maia Azul da cor do mar (fragmentos)