Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Opinadores sem causa

09.11.17, Rodrih
A internet realmente veio para mudar o mundo e todo o conceito da humanidade. Nada mais se faz sem a internet, do campo às masmorras de lugares inóspitos há a cobertura da internet, quer seja no Google, quer seja no Waze. Todos estão envolvidos de alguma maneira com a internet, quer seja através do facebook, whatsapp, linkedin, instagram, twitter ou mesmo e-mail ou skype. Tem tantos outros meios de comunicação que envolvem e prendem as pessoas à internet, como sites de (...)

Raio X do autor não vale

02.03.17, Rodrih
Paula a 26 de Fevereiro de 2017 às 19:28 Em: Prisioneira de si mesma  Oi Rodrigo Caldeira, boa noite. Primeiramente preciso dizer algo que você já sabe, que seu blog é imensamente interessante! Sou sua fã, adoro seus pensamentos, suas reflexões, às vezes, seus devaneios. Já cheguei a ler por cerca de horas seus textos, como um livro que a gente não quer (...)

Amor X Paixão (respondido)

03.10.16, Rodrih
Caro Rodrigo, antes de tudo peço que poste esta carta, porque em comentários ela não coube. conheci seu blog em 2009 ainda qdo você vomitava mágoas e tristezas de uma relação de casamento sofrida. Era tanta dor e tanto rancor que me sentia mal de tentar compreender seu psicológico. Enviei algumas mensagens mas você nunca (...)

Encontre uma pessoa ideal (respondido)

15.08.16, Rodrih
Janaina a 14 de Agosto de 2016 às 22:23 Em: Passado boa noite Rodrigo. meu nome é Janaina e tenho 21 anos. Eu lei oseu blog muito muito mesmo e as vzs acho q vc é um genio outras vzs acho q é um louco (risos). Eu fico encantada c a sua cultura e a forma q desenvolve os raciocinios, as reflexões e como faz o fechamento dos (...)

Todos conectados a seu tempo

13.07.16, Rodrih
No quarto mês de meu Ano Sabático me sinto em harmonia pessoal para explorar meu ego e afirmar que estou sozinho de fato e de direito. Levo uma vida solitária desde a separação, que culminou em divórcio em dezembro de 2008, quando me vi encenando uma presepada bem articulada de uma acusação infame e de muito mal gosto. Me rendeu oito anos de um sentimento de culpa, cultivando traumas sociofóbicos num ostracismo interminável. Esse acontecimento mudou todo o curso de minha vida, (...)

Prisioneira de si mesma

26.05.16, Rodrih
Tenho observado que muitas pessoas vivem prisioneiras de si mesmas. Já há aquelas que se dão Carta de Alforria e seria melhor se tivesse continuado prisioneiras. Existem pessoas que são fugitivas e não duram muito tempo em liberdade, voltando a ser prisioneiras de si mais tardar. Também tem aquelas que dão pequenas escapadelas, mas não demoram muito tempo em liberdade, retornando gratuitamente para suas celas. Não posso esquecer das que se iludem dentro de suas prisões de que (...)

Viver sem culpa, renascer

26.03.16, Rodrih
Post de 17.04.2010 (5:05h) Revisto e atualizado.   Todos nós precisamos de alguém que precise da gente, mas quando chega um momento em que, infelizmente, nos tornamos dispensáveis, quer por termos perdido o "valor", o status, a beleza, a credulidade, a simpatia ou seja, o interesse em geral (frisa-se: "interesse"), então somos lançados na vala dos (...)

No silêncio de você

16.12.15, Rodrih
“Solteiro não é um status. É uma descrição para uma pessoa forte o suficiente para viver e aproveitar a vida sem depender dos outros” Existem muitos artigos, textos, posts sobre a coisa de ser solteiro, viver sozinho. No entanto são textos prolixos ou acadêmicos, até mesmo jornalísticos, que já dão canseira já no começo. A menos que esteja fazendo uma pesquisa a respeito do assunto, o tema que vou refletir aqui é meramente de opinião pessoal. Tenho muito mais amigas do (...)

Viciados na Solidão (denúncia)

23.11.15, Rodrih
Um dia todas as pessoas conhecem o sentimento de paixão e amor, saudade e da alegria do reencontro. O abraço do perdão, a reconciliação. Um dia conhece a dor da partida e a felicidade de um encontro, o sorriso que vem no sorriso que vai. O sentimento de paixão dá sentido à vida, faz vitórias acontecerem, realiza milagres e gera vida nova. Ressuscita o moribundo descrente, cura o enfermo do coração ferido. É impressionante o quanto dá para viver bem estando com quem se deseja (...)

Misandria, mulheres que tem raiva de homem

20.11.15, Rodrih
Postado em 08.05.2011 / Revisado em 20.11.2015 Misandria é a repulsa, desprezo ou ódio contra o sexo masculino. Esta é uma forma de aversão patológica aos homens, enquanto gênero sexual, sendo considerada o oposto da misoginia, que é o sentimento de repulsa e ódio pelo sexo feminino. Etimologicamente, o termo "misandria" surgiu do grego misosandrosia, composto pela junção das partículas misos, que quer dizer "ódio", e andros que significa "homem". Atualmente, o (...)