Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

Não julgue, não cobre e não compare.

14.01.20, Rodrih
Há mais de 10 anos levanto a bandeira de uma tríade que tenho ensinado às pessoas amigas a seguir: Três pilares para iniciar um processo de reinvenção, a fim de tornar a vida mais leve e fechar as torneiras para a perda de energia diária. Quando era procurado para reinventar alguém, depois de muito conversar com a pessoa - geralmente mulheres - e localizar o mesmo problema em todas essas, propunha que, para continuarmos com os diálogos e a didática, a parte interessada teria que (...)

A energia da vida nas leis do ser vivente (revisado)

30.11.17, Rodrih
 Post criado em 17/06/2011, às 14:16h, revisado em 23/11/2017, às 23h.    Ao longo de minha caminhada solitária que tenho percorrido, tive tempo para refletir minhas falhas de conduta, mas também pude perceber quão rica é minha essência e quão belos são os meus valores. Quando me casei em meados de 2006 vislumbrava uma vida conjugal perfeita, mas as coisas deram (...)

Que tal curar sua mente para curar sua vida?

02.12.16, Rodrih
Divino Criador: Pai, Mãe, Filho, todos em Um, Se eu, minha família, meus parentes e antepassados Ofendemos tua família, parentes e antepassados Em pensamentos, palavras, fatos ou ações Desde o inicio de nossa criação até o presente;   Nós pedimos teu perdão Deixe que isto se limpe, purifique, libere E corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas Transmuta essas energias indesejáveis em pura luz. E assim é.   Para limpar meu subconsciente De toda a (...)

Destino ou Dívida? Ou Destino de Dívidas? Eis a questão...

24.07.15, Rodrih
Há muito tempo escuto que os acontecimentos oriundam das casualidades, que tudo o que nos ocorre é fruto de ações que nós mesmos fazemos, decisões e iniciativas que tomamos, e isso difere uns de outros. Mas será mesmo? Será que estamos vivendo uma vida pelo acaso das coisas acontecerem? Eu não sei se acredito no acaso. A cada dia que passa eu observo as coisas e elaboro minhas opiniões sobre o destino, que, mais precisamente eu denomino como "Destino de Dívidas". Não sei se (...)