Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Se trata de um diário pessoal aberto, onde as pessoas podem ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, reflexões psicológicas, sociais ou pessoais.

A vida e suas voltas - no amor

20.06.19, Rodrih
Quando eu tinha 16, você estava com 16, mas gostava de um cara de 20. Quando tive 20, você com 20 gostava de um cara de 35. Tive 35, você também 35 e gostava de um cara de 38. Aos 38 anos, você com 38 anos gostava de um cara de 43. Estou com 43, você está com 43 e aceita qualquer idade, 30, 40, 50 anos... até já sorri pra mim! Mas eu estou com uma mulher de 28 anos, que tinha 20 anos quando a gente estava com 35. A vida e suas voltas.

A energia da vida nas leis do ser vivente (revisado)

30.11.17, Rodrih
 Post criado em 17/06/2011, às 14:16h, revisado em 23/11/2017, às 23h.    Ao longo de minha caminhada solitária que tenho percorrido, tive tempo para refletir minhas falhas de conduta, mas também pude perceber quão rica é minha essência e quão belos são os meus valores. Quando me casei em meados de 2006 vislumbrava uma vida conjugal perfeita, mas as coisas deram (...)

A vida é efêmera, agradeça, pois...

06.06.17, Rodrih
São 04:42h da manhã, estou com muito sono, mas me deu uma vontade enorme de provocar uma reflexão interessante. Enquanto escrevo milhares de pessoas estão dormindo, algumas estão tendo pesadelos, outras sonhos saudosos com alguém querido, outros dormem dopados por algum remédio que apaga mais do que a pessoa, mas os sonhos dela também. Enquanto escrevo esta linha, pessoas estão chorando um abandono, outras choram por luto, outras por dores fortes que não conseguem diagnosticar, (...)

Qual o limite do humor?

24.09.16, Rodrih
Encontrem este cara, e chegará ao cretino que fez o vídeo e espalhou na internet, sob boatos caluniando a vítima.   Mulher nua na BR 101 em Itapema-SC não é piada! (atente-se para a reflexão complementar) Assistindo a um programa do Fábio Porchat num momento em que ele recebeu seus colegas de "porta dos fundos", sucesso no YouTube, vi que rolou um desconforto em que ele dizia sobre a pergunta que ele não gosta de responder: "-Qual o limite do humor?". Rafinha Bastos também foi (...)

No ápice do TDAH, ajudem seus filhos e filhas!

20.08.16, Rodrih
Revisado em 20/08/2016, às 13h. Post original de 11/06/2011, às 13h.  Eu já falei aqui sobre um transtorno que atrasa ou extingue a vida sócio-financeira e cultural de uma pessoa portadora de TDAH - Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade em 24 de Julho de 2009, praticamente a 1 ano, para alertar pais e mães do perigo que estraga os sonhos, projetos e toda a vida social de uma (...)

48 horas

29.07.16, Rodrih
Veja. Olhe para fora da janela dos seus olhos e veja. Percebe? O que enxerga? Olha o tamanho desse mundo, é imenso, não tem fim. O que vê? É muita informação. Olhe quantos seres vivos habitam o ecossistema, dos parasitas aos insetos, das aves aos plânctons nos oceanos, dos peixes aos cães. E nós, humanos. Há problemas por todos os lados. Vê? Dos parasitas aos cães, todos têm que lutar para a sobrevivência. Veja, entenda, nada batalha a própria aniquilação. É pela vida (...)

Ninguém se cruza por acaso

20.07.16, Rodrih
Por que as pessoas entram na sua vida? Pessoas entram na sua vida por uma "razão"...é, geralmente, para suprir uma necessidade que você demonstrou. Elas vêm para auxiliá-lo numa dificuldade, lhe fornecer orientação e apoio, ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente. Elas poderão parecer como uma dádiva de Deus, e são! Elas estão lá pela razão que você precisa que elas estejam lá, então sem nenhuma atitude errada de sua parte ou em uma hora inconveniente esta pessoa (...)

Renuncie à bengala!

12.07.16, Rodrih
Uma das coisas que mais procuro recomendar às pessoas - e até a mim mesmo - é a necessidade de renunciar à bengala. Todos nós usamos uma terceira perna para nos mantermos em pé. São muletas, bengalas, andadores ou mesmo os ombros alheios. A maior covardia que fazemos contra nós mesmos é nos permitir andar apoiados sobre algo que não sejam nossas próprias pernas. Quando você se permite ter a nova experiência de andar com suas pernas perceberá o quanto a vida se torna gigante (...)

E depois da morte, o que fazer?

11.07.16, Rodrih
Pessoas morrem todos os dias, o tempo todo. Eu sempre fico impressionado em como a vida é breve e a morte é eterna, mas são nos rostos belos, quase que esculpidos à mão pelo artista os que me chamam a atenção para as mortes antecipadas, como a jovem Loanne Rodrigues da Silva Costa, as estudantes da boate Kiss, outras do ônibus em Mogi Mirim, dentre tantas outras beldades. Qual será a mensagem? O que será que se passa na vida, que temos que assistir a isso passivos e impotentes? (...)

Deus não, mas a TV realiza.

17.06.16, Rodrih
Estava assistindo a uma entrevista com o roteirista e ator Pedro Cardoso, pessoa a quem eu nutria generosa antipatia, por sempre vê-lo como o Pudor em pessoa. Foi no programa do simpaticíssimo antipático Danilo Gentili, a quem tenho admiração e antipatia fusionada, talvez porque ele seja o meu reflexo e ao mesmo tempo o melhor do que eu poderia ser e não fui por não tentar. Fiquei estasiado com Pedro Cardoso, encantado com sua perspicácia e senso crítico, portador de uma (...)