Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

http://blogdorodrigocaldeira.blogs.sapo.pt

Desde 2008 - 716.000 visualizações em todo o mundo. Diário pessoal aberto, onde se pode ler experiências pessoais de vida, de relacionamentos, vislumbrar reflexões psicológicas, sociais e até pessoais.

Ninguém reinventa ninguém, aprendi.

30.12.21, Rodrigo Caldeira
Durante 12 anos acreditei que pessoas pudessem ser reinventadas. Parei minha vida para que a vida de outras pessoas pudessem ir para a frente. Deixei de ganhar para ver pessoas ganharem no meu lugar, viverem coisas que nunca vivi, sentirem e ter experiências que nunca tive. Desde quando casei, todas as diversões, shows, festas, eu cedia meu lugar para que esse prazer fosse usufruído por outra pessoa. À esposa; sua irmã, à amiga; outra amiga ou alguém próximo. Me privei de (...)

Finalmente aprendi como render meu dinheiro.

08.08.19, Rodrigo Caldeira
Até 2006 eu era um cara próspero. Tinha uma empresa em ascenção, estava casado com uma bela mulher, tinha amigos, primos e primas gostavam da minha presença e minha conta bancária girava em torno de cem mil reais mensais. Com a separação conjugal no último mês de 2008 toda minha vida desmoronou-se, minha empresa fechou as portas, os amigos sumiram, primos e primas me olhavam torto e minha conta bancária mal tinha mil reais para me manter. Fiquei por mais de dez anos procurando (...)

Vontade, projeto, foco, objetivo e meta

02.01.17, Rodrigo Caldeira
Feliz Ano Novo para todos! Que 2017 seja inteiro para mim e pra você, porque se não for inteiro será por termos morrido n'algum mês deste ano - e sinceramente não desejo isso para mim nem para ninguém! Bom, perguntei para algumas pessoas: "-Qual a sua meta para Janeiro?". Todos me responderam coisas como: "Quero economizar; quero rezar mais; concurso público; viajar; sair da tristeza e do comodismo; ter atitudes diferentes; pagar dívidas", etc. Mas tudo isso que disseram são (...)

o eQuilíbrio da viDa

26.05.16, Rodrigo Caldeira
Por: OSHO O Tantra tem uma atitude sobre o sexo. A razão? A sociedade reprimiu o sexo. Tantra chega como um remédio para ajudá-lo a recuperar o equilíbrio. Vocês inclinaram-se demasiado para a esquerda; o Tantra chega e auxilia-vos a inclinarem-se para a direita. E para recuperar o equilíbrio, às vezes vocês têm que tender demais para a direita, só assim o equilíbrio é restaurado. Vocês nunca viram um equilibrista na corda? Aquele que anda sobre a corda esticada? Se ele (...)

Saúde!!!

08.01.13, Rodrigo Caldeira
Saúde Na poderosa voz de: Zélia Duncan   Me cansei de lero-lero Dá licença Mas eu vou sair do sério Quero mais saúde   Me cansei de escutar opinião De como ter um mundo melhor Mas ninguém sai de cima Nesse chove-não-molha   Eu sei que agora Eu vou é cuidar Mais de mim!   Como vai? Tudo bem! Apesar, contudo, todavia, mas, porém As águas vão rolar Não vou chorar Não!   Se por acaso morrer Do coração... É sinal que amei demais Mas enquanto estou viva Cheia de graça

Para ouvir e acreditar piamente nisso!

11.02.12, Rodrigo Caldeira
Todos os dias quando acordo / Não tenho mais o tempo que passou / Mas tenho muito tempo / Temos todo o tempo do mundo... / Todos os dias antes de dormir / lembro e esqueço como foi o dia / Sempre em frente / Não temos tempo a perder / Nosso suor sagrado é bem mais belo que esse sangue amargo / E tão sério / E Selvagem! / Selvagem! / Selvagem! / Veja o sol dessa manhã tão cinza / A tempestade que chega é da cor dos teus olhos / Castanhos... / Então me (...)

O resgate de si mesmo

09.06.10, Rodrigo Caldeira
    É verdade!   Enquanto estive na mais profunda depressão, com meu espírito habitando o vale dos mortos, nada fazia sentido e toda minha capacidade intelectual estava estacionada, inanimada.   Há dois tipos de jazidos: Os que de fato morreram, desencarnaram e os zumbis, aqueles que não desencarnaram mas a alma está tão consumida de tristeza e desilusão, decepção e infelicidade que (...)

Quem virá para preencher?

27.04.10, Rodrigo Caldeira
      Quando temos uma relação rompida, quer por vontade, quer contra nossa vontade, e depois que atravessamos nosso deserto ou quando ainda estamos atravessando esse extenso deserto, uma viagem solitária pelo luto da perda de um amor nos deparamos com uma pergunta silenciosa que custamos querer ouvi-la e até de reproduzi-la em voz alta: "Quem virá para preencher?".   Certamente não é a (...)

Não alimente os Monstros!

23.04.10, Rodrigo Caldeira
Eu tenho notado o quanto alimentamos os monstros que nos atormentam. Se já é fato que existem, por que os alimentamos? Mas primeiro pergunta-se de que monstros estamos falando? Depois perguntamos de que alimento nos referimos?   Sim, a pergunta está correta e é muito propícia que tenham muitas respostas, porém - e certamente - são respostas que convocam a um pensamento novo, resiliente, (...)

1º dia da 1ª dezena do SÉC.XXI

01.01.10, Rodrigo Caldeira
    Momento propício para virar a página, com as dores e os pesadelos do passado, mortos, enterrados e esquecidos para nunca mais.   Momento ideal para escrever nova história, com enredo de felicidade, contentamento e resiliência, vivos, renascidos e estimulados para sempre.